UFSCar marca presença em seminário da Andifes sobre saúde nas universidades federais

Reitora e Vice-Reitora da UFSCar participaram do encontro (Foto: Andifes)

A partir de uma proposta da Reitoria da UFSCar, a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), realizou o seminário “Cuidando da Saúde de Todos na Universidade Federal”, com o objetivo de debater sobre a saúde mental na comunidade acadêmica e, principalmente, mecanismos conjuntos de avaliação e acompanhamento de indicadores em saúde mental da rede de universidades federais. A gravação do seminário está disponível no canal oficial da Andifes. Assista!

Na ocasião, a Vice-Reitora, Maria de Jesus Dutra dos Reis, docente do Departamento de Psicologia (DPsi), ministrou a palestra “Saúde Mental na Pandemia: novo cenário, problema antigo”, apresentando elementos sobre saúde mental, com destaque para informações gerais e indicadores da UFSCar, incluindo alguns dados de pesquisas que mostravam indicadores de cuidado em comunidades universitários durante 2019, antes mesmo do início da pandemia.

A vice-reitora destacou a importância de construirmos um conceito unificado do que entendemos como saúde mental e o papel das universidades na promoção da saúde, na qualidade de vida e na prevenção; a importância de acumularmos evidências sobre o fenômeno nas universidades federais, indicadores comuns e específicos, identificação de ações eficazes e eficiente, entre outros. Destacou que a Saúde Mental é uma questão crucial para toda comunidade das universidades, abarcando seus membros discentes, técnicos-administrativos, docentes e terceirizados. 

Na sequência ocorreu a preleção de Maria Rita de Assis César, docente e coordenadora nacional do Fórum Nacional de Pró-Reitores de Assuntos Comunitários e Estudantis (FONAPRACE). A Pró-Reitora de Assuntos Estudantis da UFPR também apresentou um relato geral das condições de vulnerabilidades e cuidados em saúde, registrados continuamente nas reuniões do Fórum Nacional que coordena. Ambas as palestrantes destacaram a importância da construção de uma luta em parceria e fortalecendo os aparelhos do Sistema Único de Saúde (SUS) dos territórios onde as instituições federais estão inseridas.

A programação do seminário incluiu ainda apresentações do docente Rafael Nogueira Furtado (UFABC) sobre “A reforma psiquiátrica e os desafios do modelo comunitário em saúde mental”, e do docente Anderson da Silva Rosa (UNIFESP) sobre “Fatores de risco e proteção da saúde mental de estudantes universitários”. 

“O seminário nos mostrou que as instituições estão empenhadas em aprimorar sua gestão de cuidado com a saúde mental da comunidade universitária. O esforço coletivo para a construção de um plano conjunto é o que almejamos; unirmos forças nas lutas comuns enquanto respeitando as especificidades de cada instituição”, disse a Vice-Reitora.

No encerramento do Seminário, ficou definida a criação de um Grupo de Trabalho sobre Saúde nas Universidades Federais e a produção de um levantamento com dados disponíveis nas universidades para subsidiar a elaboração de uma política de atenção à saúde para todo o sistema universitário. O GT deverá apresentar uma primeira proposta de diretrizes e ações até fevereiro de 2023. Esse GT nacional, com participação de múltiplos representantes de diferentes regiões dos País, terá a Coordenação da Pró-Reitora Maria Rita de Assis César e da Vice-Reitora da UFSCar, Maria de Jesus Dutra dos Reis.

Leave a Comment

Filed under Sem categoria

Comments are closed.