UFSCar divulga balanço de adesão de servidores ao Programa de Gestão

48% do total de servidores aptos aderiram ao primeiro edital do Programa de Gestão

A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (ProGPe) divulgou, na reunião do Conselho de Gestão de Pessoas (CoGePe), um balanço da primeira fase de implantação do Programa de Gestão na Instituição. No total, 465 técnico-administrativos e docentes da carreira do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (EBTT) que atuam na Unidade de Atendimento à Criança (UAC),responderam ao primeiro edital publicado, o que representa 48% do total de servidores aptos a aderirem ao Programa nos quatro campi da UFSCar – São Carlos, Araras, Sorocaba e Buri. Como era esperado, nesta primeira edição a maioria das adesões foi feita por servidores interessados no regime de teletrabalho, sendo 309 em teletrabalho parcial e 73 em teletrabalho integral. Por fim, 93 servidores escolherem aderir ao Programa de Gestão em regime de trabalho presencial. 497 servidores da UFSCar ainda não aderiram ao Programa. Estes números devem ser atualizados, já que neste momento ocorre a interposição de recursos.

O Programa de Gestão concretiza uma concepção mais moderna da gestão do trabalho no serviço público. Trata-se de uma alternativa ao acompanhamento das atividades desenvolvidas por servidores, feito comumente com base apenas no registro do cumprimento do horário de trabalho. Agora, há como opção a mensuração da realização das atividades por meio de planos de trabalhos construídos em parceria com as chefias, excluindo a necessidade do ponto eletrônico. A novidade oferece mais flexibilidade e permite a regulamentação do teletrabalho, integral ou parcial, para esses servidores.

“Nós consideramos uma excelente adesão, levando em conta o curto espaço de tempo. A equipe da Câmara Técnica fez um trabalho primoroso de acompanhamento e um esforço imenso durante a implementação do Programa de Gestão na Instituição. Foram várias demandas de dúvidas, pedidos de orientação e solicitações de informação. Depois, foi feita uma força tarefa para sistematizar todos os processos e publicar a portaria com os resultados”, relatou Jeanne Liliane Marlene Michel, Pró-Reitora de Gestão de Pessoas da UFSCar. “Não houve nenhum pedido de conciliação na Câmara Técnica, até o momento”, complementou durante a 8ª Reunião do Conselho de Gestão de Pessoas (CoGePe) da Universidade. Vania Goncalves, representante dos servidores técnico-administrativos no Conselho, também agradeceu ao trabalho desempenhado pela Câmara Técnica. “Foi colocado em prática tudo aquilo que a gente vinha discutindo desde o início do ano de forma muito satisfatória”, afirmou.

Outros servidores da UFSCar já sinalizaram que vão aderir ao Programa de Gestão, cujo edital tem fluxo contínuo até 15 de janeiro para receber novos interessados. “Todo mês, do dia 1 ao dia 10, podem ser feitos pedidos de inscrições. Basta preencher o formulário e encaminhar o plano de trabalho”, lembra Jeanne. Ela ainda ressalta que é recomendado que aquelas pessoas que estejam trabalhando presencialmente também entrem no Programa de Gestão como uma forma de terem mais flexibilidade e optarem pela avaliação do plano de trabalho como alternativa ao registro de ponto eletrônico para controle de frequência. Em breve, será divulgado como os chefes de cada unidade deverão proceder para avaliar o plano de trabalho de cada servidor.

Leave a Comment

Filed under Conselhos, Gestão de pessoas

Comments are closed.