UFSCar abre dois novos cursos de doutorado na área da Saúde

Em sua 211ª Reunião Ordinária, realizada no último dia 29, o Conselho Universitário (ConsUni) da UFSCar aprovou a criação de dois novos cursos de doutorado na área da Saúde, nos programas de pós-graduação em Enfermagem e em Terapia Ocupacional. Já aprovados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), os cursos se somam aos outros 26 doutorados oferecidos pela Universidade.

Ciências da Saúde

O Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PPGEnf) da UFSCar recebeu sua primeira turma de mestrado em Ciências da Saúde em 2008, consolidando-se desde então em uma área multiprofissional, que abrange a formação de pesquisadores em duas linhas de pesquisa: “Processo de cuidar em Saúde e Enfermagem” e “Trabalho e gestão em Saúde e Enfermagem”. Com 87 mestres já formados pelo PPGEnf, a demanda pela continuidade da formação na UFSCar, com características bastante específicas, cresceu nos últimos anos. O Programa possui parceria com o Sistema de Saúde do município de São Carlos, estabelecendo um diálogo constante e aprofundado com o cuidado na saúde pública.

A Coordenadora do Programa, Rosely Moralez de Figueiredo, explica que o doutorado em Ciências da Saúde objetiva promover o desenvolvimento científico vinculado ao exercício profissional na área da Saúde. “No mestrado, já desenvolvemos trabalhos bastante imbricados com o mundo profissional da Enfermagem, abordando temas diversificados. Nosso objetivo é uma produção científica que alavanque a profissão, para qualificar a assistência em Saúde no sistema público. Agora, com o doutorado, damos mais um passo nesse sentido, dando continuidade à formação dos nossos mestres, que poderão fazer pesquisas mais aprofundadas e fortalecer essa área multiprofissional na UFSCar”, afirma Figueiredo.

O processo seletivo para o doutorado em Ciências da Saúde já está em andamento, e a primeira turma iniciará as atividades em agosto de 2015.

Terapia Ocupacional

Já o curso de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Terapia Ocupacional (PPGTO) da UFSCar, que recebeu a primeira turma em 2010, foi o primeiro da América do Sul na área, e o doutorado, agora, é o primeiro da América Latina. Com 57 dissertações já defendidas, a demanda pela qualificação específica na área foi uma das grandes motivadoras da criação do doutorado. Quase metade dos egressos do mestrado na UFSCar são docentes de universidades públicas, e um quarto deles está cursando doutorado em outros programas.

Para a Coordenadora do PPGTO, Ana Paula Serrata Malfitano, a grande conquista do Programa é a centralidade das discussões na Terapia Ocupacional, com as especificidades que a área compreende. “Temos uma demanda enorme de formação de doutores em Terapia Ocupacional, já que não existia nenhum doutorado no País até agora. Nos voltamos para a pesquisa específica na área, e não para áreas de interface como a Educação, por exemplo. Esses profissionais já estão virando professores em excelentes universidades, e agora ofereceremos a oportunidade para que eles continuem a desenvolver suas pesquisas e suas carreiras acadêmicas na Terapia Ocupacional, ocupando o espaço que essa área conquistou na Saúde”, explica Malfitano.

Ainda neste mês será publicado o edital do processo seletivo para o doutorado em Terapia Ocupacional, com o início das atividades previsto para 2016. As informações estarão disponíveis no site do PPGTO.

Comentários desativados em UFSCar abre dois novos cursos de doutorado na área da Saúde

Filed under Pós-graduação

Comments are closed.