Tag Archives: ProACE

Relatório de 10 anos do Programa de Ações Afirmativas destaca promoção da equidade

Imagem da fachada da Área norte da UFSCar

Aprovação do documento reitera compromisso com a transformação da Universidade (Divulgacão)

A UFSCar foi pioneira na aprovação e implementação de seu Programa de Ações Afirmativas, em 2007, cinco anos da Lei Federal 12.711, conhecida como “Lei de Cotas”, que instituiu a reserva de vagas como política pública nacional aplicada a todas as Instituições Federais de Ensino Superior (IFES). Assim, a Instituição começou, a partir de 2007, a dar passos muito importantes rumo a uma universidade realmente diversa, justa e democrática.

Esse legado, construído a base de muito estudo e de debates plurais, está retratado no Relatório de Avaliação dos 10 anos do Programa de Ações Afirmativas e do Ingresso por Reserva de Vagas (2007-2017), apreciado e aprovado pelo Conselho Universitário em sua 248ª Reunião Ordinária, realizada na última sexta-feira (30/4).

Ao apresentar a pauta, a Reitora Ana Beatriz de Oliveira salientou sua alegria e emoção em presidir a reunião. “Estou na UFSCar desde 2000 e pude vivenciar toda essa transformação que faz a Universidade se tornar cada vez mais diversa, constituindo-se em um espaço representativo que se aproxima da realidade brasileira. O que vimos ser apresentado nesta reunião nos dá mais força para defender as políticas de ações afirmativas para que sigam sendo uma política pública, permitindo às universidades se consolidarem como o lugar da convivência das diversidades e fortalecendo uma formação cidadã e plural”, disse.

Construído a partir da análise das concepções estruturantes do Programa de Ações Afirmativas da UFSCar, do impacto do Programa para a vida acadêmica na UFSCar e da proposta permanente de sua avaliação, o estudo foi desenvolvido por uma comissão composta por discentes, docentes e técnico-administrativos e coordenada pela Secretaria Geral de Ações Afirmativas, Diversidade e Equidade (SAADE).

A partir da apresentação do Relatório, foi aprovada a criação de uma Comissão Permanente de Avaliação do Programa de Ações Afirmativas e do Ingresso por Reserva de Vagas, a ser instituída no âmbito da SAADE. Também foi deliberado que deverá haver aprimoramento das ferramentas de coleta e análise de dados sobre ingresso e sobre indicadores acadêmicos e de permanência estudantil; a operacionalização de diretrizes que já constam na Política de Ações Afirmativas, Diversidade e Equidade da UFSCar; e a criação de portal de egressos para acompanhamento de suas trajetórias após a conclusão da sua formação.

“Tão importante quanto garantir o acesso de todos e todas à Universidade é assegurar a sua permanência e, para isso, faz-se fundamental o compromisso com o acolhimento integral do estudante”, explicou Natalia Rejane Salim, docente do Departamento de Enfermagem (DEnf) e Secretária da SAADE.

A avaliação permanente do Programa foi vista como fundamental pelos conselheiros, assim como o trabalho formativo com a comunidade interna para uma mudança cultural voltada a que todos compreendam o processo de inclusão e sua importância para a transformação da sociedade.

Na reunião, Maria Sílvia de Assis Moura, docente do Departamento de Estatística (DEs) e integrante da comissão que coordenou os trabalhos, apresentou a avaliação quantitativa dos 10 anos do Programa de Ações Afirmativas, com destaque para dados referentes aos critérios de classificação dos ingressantes e ao desempenho dos discentes das diferentes modalidades de ingresso na UFSCar de 2008 a 2016.

“Diante dos dados, fica claro que não há diferenças relevantes entre as trajetórias dos estudantes em relação a modalidade de ingresso, desempenho e evasão. Porém, reitero que precisamos intensificar os cuidados com o Programa e com esses estudantes, para seguirmos alcançando seu propósito, que é o de fazer da UFSCar um espaço cada vez mais acolhedor e diverso”, defendeu Moura.

Na sequência, a docente do Departamento de Psicologia (DPsi) Maria Stella Coutinho de Alcântara Gil, que foi Vice-Reitora e, depois, Reitora da UFSCar no momento da elaboração e instalação do Programa, coordenando a comissão de elaboração, fez um detalhado relato sobre o início do processo e todo seu histórico, evidenciando o pioneirismo da UFSCar em adotar essas políticas.

“Foi um período de amplo e intenso debate e manifestações na Universidade e os órgãos colegiados tiveram um importante papel tanto na construção quanto na aprovação do Programa. O relatório nos deixa claro que precisamos preservar as conquistas e ampliar o alcance da democratização, acesso e permanência dos estudantes em todos os níveis de formação, com o planejamento de permanência, avançando na institucionalização das ações afirmativas”, destacou.

Petronilha Beatriz Gonçalves e Silva, Professora Emérita da UFSCar, referência nacional na área de educação das relações étnico-raciais e também integrante da comissão de elaboração do Programa de Ações Afirmativas, esteve presente à reunião do ConsUni, durante a qual foi cumprimentada reiteradas vezes pelo recente recebimento do título de Doutora Honoris Causa pela Universidade Federal do ABC (UFABC).

“O trabalho para constituir a política foi de muita paciência e de um avanço de cada vez para conseguir construir os argumentos para que a comunidade universitária pudesse compreender a relevância desse movimento para corrigir distorções históricas de desigualdade social e abrir as portas da Universidade para que se tornasse um espaço democrático, composto pelas pessoas de baixa renda, negras, indígenas e com deficiência, que sempre estiveram sub-representadas no ambiente universitário”, destacou.

“Vida longa para as ações afirmativas. Que continuemos avaliando e aprimorando o Programa para que a UFSCar seja um ambiente cada vez mais diverso e acolhedor para todos e todas”, concluiu.

O Pró-Reitor de Assuntos Comunitários e Estudantis (ProACE) Djalma Ribeiro Junior destacou a mobilização da ProACE juntos às entidades externas através de manifestos em defesa da continuidade da Lei 12.711 que será alvo de debates por conta da sua revisão 2022.

“Diante do cenário que temos, de ataque às universidades e cortes no orçamento, sabemos que será desafiador esse debate, mas é nosso dever manter o tema das Ações Afirmativas sempre em pauta para que elas sejam não somente mantidas, mas também fortalecidas”, destacou o Pró-Reitor.

Leave a Comment

Filed under Assuntos Comunitários e Estudantis, Conselhos, Equidade

ProACE participa, nesta quarta, do I Encontro do Fórum Nacional de Pró-Reitores de Assuntos Estudantis da região Sudeste

Logo ProACE

Djalma Ribeiro Junior, vai falar das ações que a ProACE tem feito desde o início da gestão (Divulgação)

A Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (ProACE) participa, nesta quarta-feira (7/4), do I Encontro do Fórum Nacional de Pró-Reitores de Assuntos Estudantis da região Sudeste do primeiro semestre de 2021. A iniciativa é realizada pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e tem como tema o “Estado Social, Ações Afirmativas e Permanência Estudantil em análise”.

A proposta do evento é criar um espaço para que os profissionais da área e outras pessoas interessadas discutam tópicos relacionados à assistência estudantil e a outros assuntos correlatos. A programação inclui mesa de análise de conjuntura e encontros de grupos de trabalho de inclusão e diversidade; assistência prioritária; prevenção, promoção, apoio e acompanhamento. O Encontro será realizado virtualmente das 8h30 às 18h e transmitido de forma gratuita pelo canal oficial do evento.

Na reunião com os gestores das universidades, o Pró-Reitor da ProACE, Djalma Ribeiro Junior, vai apresentar a proposta do Programa de Apoio à Permanência Estudantil, que será desenvolvido junto com a Fundação de Apoio Institucional ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FAI•UFSCar) e com a Pró-Reitoria de Administração (ProAd), para ampliar o fornecimento de refeições gratuitas para estudantes em situação de vulnerabilidade.

Em sua apresentação, o Pró-Reitor também vai tratar dos encontros semanais do Grupo de Trabalho da UFSCar que articula ações e estratégias para a permanência estudantil no contexto da pandemia da Covid-19 e dos cortes nos orçamentos das Instituições Federais de Ensino Superior (IFES).

Leave a Comment

Filed under Assuntos Comunitários e Estudantis, Eventos, Permanência

ProACE e ProPG lançam primeiro processo seletivo para a inclusão digital de estudantes da Pós-Graduação

Processo seletivo para a inclusão digital de estudantes da Pós-Graduação

Edital irá fornecer 200 chips com acesso a pacote de dados de Internet (Divulgação)

As pró-reitorias de Assuntos Comunitários e Estudantis (ProACE) e de Pós-Graduação (ProPG) da UFSCar lançam um edital inédito para promover a inclusão digital de estudantes de pós-graduação em situação de vulnerabilidade, a partir do fornecimento de 200 chips com acesso a pacote de dados de Internet, dentro do escopo do Projeto Alunos Conectados RNP/MEC.

Os chips serão destinados, sem custo, para estudantes vinculados aos programas de pós-graduação da Universidade com renda familiar per capita de 1,5 salário mínimo, enquanto estiver vigente o projeto Alunos Conectados.

“Diante dos impactos da pandemia de Covid-19, e mesmo diante de um cenário desafiador no que diz respeito ao orçamento para assistência estudantil, que tem sofrido cortes sistemáticos nos últimos anos, estamos buscando formas de garantir aos estudantes em situação de vulnerabilidade as condições necessárias para realizarem suas atividades acadêmicas”, destaca Djalma Ribeiro Junior, Pró-Reitor da ProACE.

Os estudantes que preencherem os requisitos devem se inscrever no processo seletivo entre os dias 26/3 e 5/4, exclusivamente pelo site www.associal.com.br/ufscar. As pessoas interessadas que, devido a dificuldades de comunicação pela Internet, não conseguirem realizar a inscrição online, podem registrar seu interesse justificando a impossibilidade de envio online por correspondência com Aviso de Recebimento (AR), com data de postagem até 7/4.

Todos os candidatos devem preencher as declarações que constam no edital. Os que fizerem a inscrição online devem responder o Anexo 2 e os que manifestarem o interesse  por correspondência devem enviar para o endereço listado no edital o Anexo 3 devidamente preenchido. Além disso, os estudantes devem apresentar documentos que comprovem a renda de cada membro da família. Todas as informações sobre o processo seletivo estão disponíveis aqui. As dúvidas sobre este edital devem ser enviadas exclusivamente para o e-mail apoiodigital@associal.com.br.

“Sabemos das dificuldades enfrentadas por conta das atividades remotas e, por isso, as pró-reitorias têm trabalhado em conjunto para traçar estratégias que possibilitem aos estudantes minimizar esses entraves, para que possam realizar seus estudos e pesquisas de forma não presencial”, comenta o Pró-Reitor da ProPG, Rodrigo Constante Martins.

Confira os prazos do processo seletivo:

• Inscrição online: 26/3 a 5/4

• Postagem de correspondência com AR (exclusivo para quem não tem acesso à Internet):  até 7/4

• Resultado preliminar: 12/4

• Interposição de recursos: 13/4 a 15/4

• Entrevistas remotas: 15/4 a 23/4

• Resultado do recurso: 26/4

• Resultado final: 27/4

Leave a Comment

Filed under Assuntos Comunitários e Estudantis, Educação a distância, Pós-graduação

Conselho de Assuntos Comunitários e Estudantis (CoACE) realiza 50ª reunião nesta terça

Logo ProACE

Na pauta está prevista a a apresentação das chefias dos departamentos e seções vinculados à ProACE (Divulgação)

Acontece nesta terça-feira (23/2) a 50ª Reunião Ordinária do Conselho de Assuntos Comunitários e Estudantis (CoACE). Na pauta estão a apresentação das chefias dos departamentos e seções vinculados à Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (ProACE) e a nomeação de membros para a composição do Grupo de Trabalho para proposições e monitoramento das ações de permanência e assistência estudantil implementadas durante o Ensino Não Presencial Emergencial (ENPE). Será apreciado também o Relatório Preliminar do Grupo de Trabalho.

Outro item para apreciação é a prestação de contas referente ao item 10 do Edital ProACE/ProGrad Nº 01, de 21 de agosto de 2020, que dispôs sobre a seleção socioeconômica visando a concessão de suportes à inclusão digital de estudantes dos cursos presenciais de graduação, dentre outros temas.
Confira aqui a pauta na íntegra da 50ª Reunião Ordinária do CoACE, que será transmitida ao vivo pelo canal UFSCar Oficial no YouTube.

Leave a Comment

Filed under Assuntos Comunitários e Estudantis, Conselhos, Permanência

Vice-Reitor abre o 1º Seminário de Acolhimento de Pesquisadores e Estudantes Estrangeiros da UFSCar

O Vice-Reitor Walter Libardi abriu o Seminário de Acolhimento de Pesquisadores e Estudantes Estrangeiros. Foto: Stela Martins (AECR/UFSCar)

Uma solenidade no Auditório Bento Prado Júnior, no Campus São Carlos da UFSCar, abriu nesta quinta-feira, dia 26 de abril, o 1º Seminário de Acolhimento de Pesquisadores e Estudantes Estrangeiros. Na ocasião, o Vice-Reitor da UFSCar, Walter Libardi, falou de sua satisfação com o evento: “É um prazer poder participar desse encontro dando as boas vindas às pessoas estrangeiras que chegam à Universidade. Faço votos que seja um seminário exitoso e o primeiro de muitos, já que é o resultado da identificação da necessidade de uma política institucional de acolhimento específica a esse público”.
Promovido pelo Instituto de Línguas (IL) da UFSCar, em parceria com o Grupo de Trabalho instituído para elaborar a Política de Acolhimento e Acompanhamento dos Estrangeiros na UFSCar – composto pelo IL, as pró-reitorias de Pós-Graduação (ProPG), de Pesquisa (ProPq), de Extensão (ProEx) e de Assuntos Comunitários e Estudantis (ProACE), pela Coordenadoria de Ações Afirmativas e outras Políticas de Equidade (CAAPE) da Pró-Reitoria de Graduação (ProGrad), e pelas secretaria gerais de Ações Afirmativas, Diversidade e Equidade (SAADE) e de Relações Internacionais (SRInter) –, o evento começou com apresentações das unidades institucionais cuja atuação possa ser de interesse direto ou indireto dos estrangeiros que estejam ou que queiram vir para a UFSCar. “Nosso objetivo com esse Seminário é transmitir o maior número de informações a respeito da Universidade, da vida acadêmica e prestar alguns serviços de esclarecimentos aos estrangeiros que estão na UFSCar”, disse Dirceu Cleber Conde, Diretor do IL e coordenador da iniciativa.
A UFSCar tem cerca de 350 pessoas de outros países atuando, principalmente, nos cursos de pós-graduação. E são, atualmente, aproximadamente 150 acordos de cooperação acadêmica e científica com instituições de Ensino Superior e/ou pesquisa de mais de 30 países, abrangendo todos os continentes.
Também durante o 1º Seminário de Acolhimento de Pesquisadores e Estudantes Estrangeiros, foi lançado o Portal Orbis de Acolhimento a Estrangeiros, que vai concentrar as informações disponibilizadas no evento e que serão atualizadas periodicamente. O Seminário teve transmissão ao vivo realizada pela equipe da Secretaria Geral de Educação a Distância (SeaD) da UFSCar. A gravação está disponível aos interessados
em https://youtu.be/8kV32xE4lDU

Leave a Comment

Filed under Assuntos Comunitários e Estudantis, Equidade, Eventos, Internacionalização