Tag Archives: Mobilidade acadêmica

UFSCar participa de encontro internacional de universidades

Na Universidade de Salamanca, dezenas de reitores de vários países. Foto: Divulgação

Em maio passado, a Reitora Wanda Hoffmann realizou uma séries de visitas à universidades parceiras ou que tem interesse nas áreas de pesquisa da UFSCar. A primeira visita aconteceu no dia 14/5, quando a Reitora esteve na Universidade de Coimbra (UC), onde participou de reuniões referentes à visita de estudos no âmbito do Projeto Caminos (Enhancing and Promoting Latin America Mobility), cofinanciado pelo Programa Erasmus + Capacity Building da Comunidade Europeia. O Projeto Caminos é um consórcio de 28 diferentes instituições europeias e latino-americanas da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Uruguai, Espanha, Itália, Portugal, França e Alemanha. Nas reuniões, foram debatidos temas como planejamento estratégico – plano de ações, elaboração e monitoramento; estrutura organizacional e sistema de gestão da qualidade; processo de internacionalização – o papel do Escritório de Relações Internacionais.
Em seguida, a Reitora teve reuniões com os Vice-Reitores Joaquim Ramos de Carvalho (Relações Internacionais/Estudantes Internacionais) e Madalena Alarcão (Assuntos Acadêmicos, Ação Social, Planejamento e Qualidade) para a consolidação e expansão das oportunidades da parceria UC x UFSCar. Hoffmann apresentou aos colegas Reitores um resumo das atividades acadêmicas já desenvolvidas entre as instituições e as possibilidades de futuras ações conjuntas. Nesse mesmo dia, a Reitora ao visitar o Instituto Pedro Nunes (IPN) de promoção da inovação e o estabelecimento da ligação entre o meio científico e o meio empresarial, reuniu-se com o Diretor de Inovação, Carlos Cerqueira, e o Diretor Adjunto do Laboratório de Ensaios, Desgaste e Materiais, João Paulo Dias. “Foi uma excelente oportunidade de fortalecer as parcerias que já temos com essas universidades e possibilitamos a abertura de novas oportunidades. Nesse sentido termos mobilidade tanto estudantil quanto de servidores docentes e pesquisadores é muito importante”, disse Hoffmann.
A próxima visita da Reitora foi à Universidade do Minho (UMinho) com a qual a UFSCar mais possui publicações científicas conjuntas, segundo a Web of Science. Hoffmann foi recebida pelo Presidente da Escola de Medicina, Nuno Sousa, com quem conversou sobre a aproximação da área da Saúde da UFSCar com a Universidade do Minho. Já está programado que o docente do Departamento de Medicina (DMed) da UFSCar, Bernadino Souto, irá para a Universidade do Minho onde desenvolverá atividades de pós-doutorado. Também ocorreram reuniões com o Reitor da UMinho, Rui Vieira de Castro, e a Pró-Reitora de Internacionalização, Carla Martins, quando a Reitora Wanda Hoffmann pode apresentar, como na Universidade de Coimbra, um resumo das atividades acadêmicas desenvolvidas entre a UFSCar e a UMinho. Ainda houve a assinatura de um acordo de cooperação, renovando assim o vínculo formal pré-existente entre as duas universidades. Por conta da parceria já consolidada entre a UFSCar e a UMinho na área das Engenharias, a Reitora visitou a Escola de Engenharia – campus de Azurém, e participou de reuniões com o Presidente, João L. Monteiro, e o Vice-Presidente da Escola de Engenharia, António Gomes Correia. Também participou da reunião José António Covas, professor do Departamento de Engenharia de Polímeros e membro do Conselho do Polo de Inovação em Engenharia de Polímeros.
Na Universidade do Porto, a Reitora reuniu-se com a Vice-Reitora, Maria de Fátima Marinho. Novamente foi apresentado um resumo das cooperações acadêmicas entre as duas instituições, sendo um ponto forte da cooperação a mobilidade discente no âmbito da graduação, bem como na pós-graduação, na área de Psicologia na qual já foram firmados dois acordos de cotutela de tese. Durante a reunião, foi discutida a perspectiva da implantação de um curso de Pós-graduação/Mestrado Profissional em Inovação e Empreendedorismo Tecnológico na UFSCar em parceria com a Uporto.
Com relação à viagem à Espanha, a Reitora participou do IV Encuentro de Rectores Universia 2018, evento que teve a participação de mais de 700 Reitores de universidades ibero-americanas e de diversos outros países. Considerando o tema do encontro “Universidade, Sociedade e Futuro”, a Reitora participou de debates nos seguintes eixos: “Formar e Aprender num Mundo Digital”; “Investigação na Universidade: Um Paradigma em Avaliação?” e “Contribuição para o Desenvolvimento Social e Territorial”. Ainda durante todo o evento, houve a oportunidade da realização de networking com diversas universidades participantes, como por exemplo, com a Professora Pila Jiménez Tello, Vice-Secretária General da Universidad de Salamanca. “Participamos de uma das comemorações dos 800 anos da Universidade de Salamanca, uma situação oportuna para que pudéssemos ter uma interlocução entre Reitores de universidades com as quais já temos parcerias, mas também de iniciarmos um diálogo que aquelas que interessam à UFSCar e também com as instituições que demonstraram interesse em nossas linhas de pesquisa e ensino”, concluiu Wanda Hoffmann.

Leave a Comment

Filed under Eventos, Internacionalização, Políticas de Educação e CTI, Pós-graduação

Pós-graduação: Balanço do PAEC aponta crescimento da visibilidade da UFSCar na América Latina

A coordenação do Programa de Alianças para a Educação e Capacitação (PAEC OEA/GCUB) divulgou nos últimos dias um balanço do Programa, iniciativa conjunta da Organização de Estados Americanos (OEA) e do Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras (GCUB). Implantado em 2011, o programa de bolsas para oriundos dos 34 países membros da OEA, em especial aqueles com baixo nível de desenvolvimento humano, abrange 58 universidades brasileiras, já tendo ofertado quase duas mil vagas de pós-graduação. Na avaliação realizada pelos estudantes participantes da primeira edição do PAEC, 44% dos entrevistados classificaram o Programa como excelente e 40% como muito bom. Na avaliação do ensino, 56% avaliou como excelente, e 84% dos entrevistados indicou não haver um programa de estudos melhor ou compatível em seus países de origem, e que não poderiam ter realizado seus estudos sem a ajuda financeira da universidade de acolhimento e do subsídio da OEA. Questionados se recomendariam o Programa, 100% dos entrevistados responderam positivamente.

A UFSCar aderiu ao PAEC em 2014, quando ofertou 19 vagas, às quais mais de 100 candidatos concorreram, e 14 foram aprovados. No ano seguinte, foram ofertadas 30 vagas, com cerca de 800 candidatos e 25 aprovados de 12 países da América Latina. Para o Pró-Reitor Adjunto de Pós-Graduação da UFSCar, Guillermo Antonio Lobos Villagra, o sucesso da participação em 2014 estimulou outros programas de pós-graduação da UFSCar a ofertarem vagas, o que faz com que a Universidade avance no cenário internacional. “Quando a UFSCar decidiu aderir ao PAEC, estivemos entre as 12 instituições brasileiras que mais receberam estudantes. No ano seguinte, mais programas se interessaram em oferecer vagas, e nos tornamos a sexta que mais recebeu estudantes, na frente de instituições que participaram da iniciativa desde seu primeiro ano. A ProPG mantém o diálogo com os programas de pós-graduação incentivando-os a disponibilizar vagas para o PAEC e explicando os impactos que essa participação traz para a visibilidade dos programas e da Universidade nos países da América Latina e Caribe”, relata Villagra.

Em sua avaliação, um dos resultados desse aumento da visibilidade da UFSCar é a sua inclusão na lista de universidades contempladas pelo programa de bolsas de mestrado e doutorado do governo da República Dominicana. Os programas de pós-graduação em Engenharia Urbana (PPGEU), em Fisioterapia (PPGFt), em Genética Evolutiva e Microbiologia Molecular (PPGGEv) e em Terapia Ocupacional (PPGTO) foram selecionados, de forma que os aprovados daquele país poderão se candidatar a bolsas pagas pelo seu governo. “Atribuo essa escolha da UFSCar em grande medida à visibilidade ocasionada pelo PAEC. Estamos ao lado de 60 instituições de 14 países, como Inglaterra, Estados Unidos e França, com programas de pós-graduação que são reconhecidamente inovadores, e em áreas bastante estratégicas para o desenvolvimento. A partir do momento em que nos dispomos a receber os estudantes pela OEA, levamos o nome da UFSCar para esses países, e vamos, assim, construindo nossas redes e avançando na internacionalização”, avalia o Pró-Reitor.

Comentários desativados em Pós-graduação: Balanço do PAEC aponta crescimento da visibilidade da UFSCar na América Latina

Filed under Internacionalização, Pós-graduação

UFSCar assina convênio de cooperação e de mobilidade estudantil com universidade holandesa

leiden_assinatura

O Reitor da Universidade de Leiden e o Vice-Reitor da UFSCar assinam convênios de cooperação entres as duas instituições (Foto: Beatriz Maia – AECR/UFSCar)

Na tarde da última terça-feira (15/3), o Vice-Reitor da UFSCar, Adilson de Oliveira, acompanhado da Diretora da Divisão de Convênios para Relações Internacionais da Secretaria Geral de Relações Internacionais (SRInter) da Universidade, Maria Estela Antonioli Pisani Canevarolo, esteve com comitiva da Universidade de Leiden, da Holanda, para a assinatura de dois convênios de cooperação. Os convênios – um geral de cooperação e outro de mobilidade estudantil com a Faculdade de Humanidades da universidade holandesa – foram assinados pelo Vice-Reitor e pelo Reitor de Leiden, Carel Stolker. Estiveram presentes também os docentes Wilson Aires Ortiz, do Departamento de Física (DF), e Leandro Innocentini Lopes de Faria, do Departamento de Ciência da Informação (DCI), e o pós-doutorando vinculado ao Departamento de Engenharia de Materiais (DEMa) Douglas Henrique Milanez. Participou também o docente aposentado da UFSCar João Roberto Martins Filho, responsável pelo contato inicial entre as duas universidades e pelas articulações que resultaram nas assinaturas, quando, em 2015, ocupou a Cátedra Rui Barbosa de Estudos Brasileiros em Leiden.

Durante a tarde, a comitiva da universidade holandesa, composta por dirigentes da Instituição e professores de diferentes áreas do conhecimento, pôde conversar com os representantes da UFSCar com o objetivo de trocar experiências e estabelecer novas possibilidades de parcerias de pesquisa. Fundada em 1575, a Universidade de Leiden possui mais de 25 mil alunos e é uma das mais importantes da Europa. Para o Vice-Reitor da UFSCar, os convênios representam uma grande oportunidade de formação de estudantes e de fortalecimento da parceria entre as instituições. “A Universidade de Leiden ministra cursos em mais de 80 línguas e possui uma grande diversidade de áreas de conhecimento. Acredito que a UFSCar pode aprender bastante com uma instituição tão antiga, e oferecer aos nossos estudantes e docentes oportunidades de desenvolver excelentes pesquisas nessa parceria”, afirma Oliveira.

Comentários desativados em UFSCar assina convênio de cooperação e de mobilidade estudantil com universidade holandesa

Filed under Internacionalização

Be_a_doc: UFSCar oferece 145 vagas em programas de pós-graduação para pesquisadores europeus

A UFSCar está participando da primeira oferta do programa BE_a_DOC, iniciativa conjunta do Grupo Coimbra (CG) de universidades europeias e do Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras (GCUB) para apoiar estudantes de doutorado e professores ou pesquisadores vinculados às universidades associadas aos grupos da Europa e do Brasil.

Os candidatos europeus poderão concorrer às 74 vagas de doutorado-sanduíche e 71 vagas de pesquisador visitante oferecidas em 21 programas de pós-graduação da UFSCar pelo período de um ano. Os selecionados terão os mesmo direitos de estudantes regulares de pós-graduação da Universidade, como acesso às bibliotecas e restaurantes universitários, além de cursos de Português para estrangeiros. A lista com os programas de pós-graduação e as vagas oferecidas na UFSCar pode ser consultada aqui.

Na Universidade, a iniciativa é coordenada pela Coordenadora Acadêmica de Pós-Graduação da Pró-Reitoria de Pós-Graduação (ProPG), Márcia Regina Cominetti, e pela Secretária de Relações Internacionais, Camila Höfling. A partir do aceite da UFSCar em integrar o grupo de instituições participantes do programa, a coordenação do BE_a_DOC na UFSCar entrou em contato com as coordenações dos programas de pós-graduação para organizar o oferecimento de vagas. “O BE_a_DOC é um programa de fomento à cooperação internacional entre universidades brasileiras e europeias que se propõe a articular o oferecimento de vagas nas instituições. O objetivo é criar um grande catálogo de oportunidades internacionais para alunos de doutorado e professores ou pesquisadores. Ainda que não haja pagamento de bolsas pelo programa, os visitantes têm os mesmo direitos dos alunos regulares, o que abre a possibilidade de buscar financiamento por agências de fomento”, afirma Cominetti.

Candidaturas

No Brasil, são oferecidas mais de mil vagas em cerca de 50 universidades. Para os candidatos brasileiros, são 240 vagas em 11 universidades da Espanha, Itália, Portugal e República Tcheca. As inscrições devem ser feitas até 31 de março em formulário eletrônico específico disponível no site do programa, onde também é possível consultar todas as vagas oferecidas. Os resultados serão divulgados até junho e o início das atividades ocorrerá em agosto nas instituições brasileiras e em setembro nas instituições europeias.

Comentários desativados em Be_a_doc: UFSCar oferece 145 vagas em programas de pós-graduação para pesquisadores europeus

Filed under Internacionalização, Pesquisa, Pós-graduação

Instituições de ensino irlandesas visitam UFSCar para divulgar oportunidades de mobilidade acadêmica

roadshow3

Estudantes participam de evento realizado para divulgar oportunidades de mobilidade acadêmica para instituições irlandesas (Foto: Izabela Cardoso – CCS/UFSCar)

Grupo composto por 13 das principais universidades, institutos de tecnologia e faculdades privadas de Ensino Superior da Irlanda veio à UFSCar na última sexta-feira, dia 16, para participar do Road Show – UFSCar e Education in Ireland. Cerca de 100 pessoas passaram pelo evento, uma iniciativa da Education In Ireland em parceria coma Secretaria Geral de Relações Internacionais (SRInter) da UFSCar, e as pró-reitorias de Graduação (ProGrad) e Pesquisa (ProPq).

Os visitantes reuniram-se com a delegação irlandesa para conhecer o acordo de cooperação entre a Science Foundation Ireland (SFI), uma das agências de fomento à pesquisa científica da Irlanda, e 22 Fundações de Amparo à Pesquisa do Brasil, além da cooperação existente entre SFI e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A representante da Education In Ireland, Sarah O’Sullivan, ainda ministrou uma palestra sobre a Irlanda e as oportunidades de estudo no país. Em seguida, os visitantes expuseram suas instituições de origem em estandes montados no saguão da Reitoria, onde os estudantes de graduação e pós-graduação puderam tirar dúvidas e conhecer as oportunidades de mobilidade acadêmica para a Irlanda. Além disso, docentes puderam encontrar pessoalmente seus parceiros de projetos para discutir possibilidades de mobilidade acadêmica e pesquisas colaborativas. No encontro, as instituições visitantes divulgaram ainda a oferta de R$ 350 mil em bolsas de estudo para estudantes brasileiros.

Outras informações sobre oportunidades de mobilidade acadêmica podem ser obtidas na SRInter pelo telefone (16) 3351-8402, pelo e-mail srinter@ufscar.br ou ainda pessoalmente na Secretaria, localizada no prédio da Reitoria, na área Sul do Campus São Carlos.

Comentários desativados em Instituições de ensino irlandesas visitam UFSCar para divulgar oportunidades de mobilidade acadêmica

Filed under Internacionalização