Tag Archives: Língua Estrangeira

UFSCar cria seu Instituto de Línguas, com atuação inicial nas áreas de Inglês, Espanhol, Português e Libras

O Conselho Universitário (ConsUni) da UFSCar aprovou na última sexta-feira (4/3) a criação do Instituto de Línguas da Universidade, a partir de propostaque vinha sendo elaborada por docentes do Departamento de Letras desde 2013, em interlocução com a Pró-Reitoria de Extensão, e que contou também com a colaboração de docentes das áreas de Educação Especial e Língua Brasileira de Sinais (Libras), além do diálogo com estudantes do Centro de Culturas Indígenas (CCI) da UFSCar.

A Pró-Reitora de Extensão da UFSCar, Cláudia Maria Simões Martinez, que apresentou a proposta aos conselheiros, relembrou uma história de quase 20 anos de oferta de atividades de extensão na área de Línguas. “Com a criação dos cursos de Licenciatura em Letras Português-Inglês e Português-Espanhol, em 1996, surge também a expectativa das comunidades interna e externa pela oferta de atividades envolvendo essas línguas. O caminho para atendimento a essa expectativa foi via extensão, com a oferta de cursos de idiomas curriculares e extracurriculares, elaboração de provas de proficiência, cursos preparatórios para exames de certificação e atividades de tradução e revisão de textos. Agora, a criação do Instituto de Línguas vem consagrar e possibilitar a expansão do trabalho já desenvolvido por nossos docentes, juntamente com seus estudantes, ao longo de todos esses anos”, situou a Pró-Reitora. Além dos esforços do Departamento de Letras, Martinez também destacou a oferta de atividades de ensino de Língua Brasileira de Sinais (Libras) na UFSCar desde 2012 e a criação, em 2014, do curso de Bacharelado em Tradução e Interpretação em Libras/Língua Portuguesa. Continue reading

Comentários desativados em UFSCar cria seu Instituto de Línguas, com atuação inicial nas áreas de Inglês, Espanhol, Português e Libras

Filed under Conselhos, Extensão, Internacionalização

Inglês sem Fronteiras: UFSCar lidera projeto que oferecerá cursos gratuitos de Inglês a estudantes de universidades federais

A UFSCar está coordenando a estruturação do projeto denominado Inglês sem Fronteiras, iniciativa da Secretaria de Educação Superior (SESu) do Ministério da Educação com apoio da Capes e do CNPq. O objetivo é organizar núcleos de formação em Língua Inglesa nas universidades federais e uma das primeiras ações previstas é a realização de diagnóstico da proficiência em Inglês dos estudantes dessas instituições e a oferta de cursos nos próximos anos. O projeto foi motivado pela constatação de que, no âmbito do programa Ciência sem Fronteiras – voltado ao fomento à internacionalização das universidades brasileiras por meio de intercâmbios de estudantes, pesquisadores e professores para instituições de excelência em diversos países –, tem sido baixa a demanda por vagas em universidades que exigem proficiência em Inglês.
Em sua primeira fase, o Inglês sem Fronteiras oferecerá cursos aos estudantes com perfil para se candidatarem às vagas do Ciência sem Fronteiras. O começo está previsto ainda para 2012. Entre agosto e setembro, serão aplicados testes de nivelamento que proporcionarão o diagnóstico do conhecimento de Língua Inglesa dos estudantes das universidades federais. Em seguida, aqueles que possuírem nível próximo do necessário para realizarem o TOEFL e o IELTS, exames de proficiência exigidos por grande parte das universidades estrangeiras, serão selecionados como público prioritário para a realização de cursos intensivos. Estima-se que 7.500 estudantes das universidades federais possam participar.
Denise de Paula Martins Abreu e Lima – Coordenadora de Administração e Planejamento Estratégico da Secretaria Geral de Educação a Distância (SEaD) da UFSCar e Presidente do Fórum Nacional de Coordenadores da UAB (Universidade Aberta do Brasil) – preside a comissão responsável por elaborar o projeto do Inglês sem Fronteiras. Abreu e Lima avalia que a atuação do Reitor da UFSCar, Targino de Araújo Filho, na presidência da Comissão de Relações Internacionais da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) foi de grande importância para a percepção na necessidade, bem como para a viabilização do projeto. Destaca-se também a experiência de Abreu e Lima com processos de ensino e aprendizagem da Língua Inglesa, educação a distância e gerenciamento de projetos e equipes. Esses fatores contribuíram de forma expressiva para a liderança da UFSCar na coordenação do Inglês sem Fronteiras. Continue reading

Comentários desativados em Inglês sem Fronteiras: UFSCar lidera projeto que oferecerá cursos gratuitos de Inglês a estudantes de universidades federais

Filed under Internacionalização

UFSCar coordena elaboração de proposta para oferta de cursos de Língua Estrangeira para estudantes de todas as IFES

A formação em línguas estrangeiras e, particularmente, o conhecimento da Língua Inglesa, têm sido apontados como um dos grandes desafios à internacionalização da Educação Superior e da Ciência e Tecnologia brasileiras. Em março, durante o seminário “Internacionalização das universidades federais” – promovido pela Associação dos Dirigentes das Instituições Federais de Educação Superior (Andifes) –, o Reitor da UFSCar, Targino de Araújo Filho, que preside a Comissão de Relações Internacionais da Andifes, já havia destacado a urgência de projetos que, aproveitando o momento de priorização da internacionalização, promovam oportunidades de formação em línguas estrangeiras a todos os estudantes. Agora, a convergência entre as demandas das universidades e as prioridades do Governo Federal permitirá a concretização desses projetos, a partir de uma proposta que está sendo elaborada por um grupo de IFES sob a coordenação da UFSCar.
Para a apresentação de uma primeira proposta idealizada pela UFSCar – com articulação dos professores Denise Abreu e Lima, coordenadora da Universidade Aberta do Brasil na UFSCar, e Nelson Viana, do Departamento de Letras –, foi realizada reunião no dia 26 de abril com a participação do Secretário de Educação Superior do Ministério da Educação, Amaro Lins, e representantes de sete universidades federais. A ideia é oferecer cursos na modalidade a distância, a partir de uma proposta que preveja ações em curtíssimo prazo (com início das atividades já no próximo mês de julho), médio e longo prazos. “Para esta primeira etapa, foram convidadas instituições que já fazem parte da UAB e têm tradição em educação a distância e na oferta de cursos de Inglês presenciais e/ou a distância, além de contarem com programas de pós-graduação nas áreas de Letras e Linguística. Na reunião do dia 26, nós apresentamos uma primeira sugestão de trabalho e, nesta semana, voltaremos a nos encontrar. A tarefa de cada instituição para essa próxima reunião é apresentar aquilo com o que pode contribuir na estruturação dos cursos de Inglês nas modalidades presencial, semipresencial e a distância”, conta Denise Lima.
“Tenho apontado repetidamente que a formação em línguas estrangeiras é um desafio fundamental no âmbito da internacionalização das universidades. Além disso, vejo a ênfase dada ao programa Ciência sem Fronteiras como uma grande oportunidade para conseguirmos oferecer essa formação a todos os nossos estudantes. Assim, entendo como uma grande conquista que a Presidência da República e o Ministério da Educação estejam, neste momento, priorizando essa proposta de formação abrangente, e fico muito satisfeito que a UFSCar possa estar liderando esse movimento, a partir do reconhecimento de sua atuação na educação a distância e, também, na área de ensino de Língua Estrangeira”, avalia o Reitor da UFSCar, Targino de Araújo Filho, que participou da reunião.
“Este é um momento importantíssimo para que todas as universidades possam se unir neste que, além de um esforço em prol da internacionalização da Educação Superior, é uma iniciativa de inclusão social. Inicialmente, trabalharemos com o Inglês para estudantes que já têm o perfil de participação no Ciência sem Fronteiras. Em seguida, a meta é que todos os alunos tenham essa oportunidade de formação e, como disse antes, não apenas em Inglês. Deverão ser abertos editais aos quais todas as IFES interessadas poderão se candidatar, e o financiamento será do Ministério da Educação”, detalha Denise Lima.

Comentários desativados em UFSCar coordena elaboração de proposta para oferta de cursos de Língua Estrangeira para estudantes de todas as IFES

Filed under Internacionalização

UFSCar oferece curso de Inglês para estudantes indígenas, visando, além de sua formação, a inserção em redes internacionais

Os estudantes de graduação indígenas da UFSCar agora têm a opção de aprender Inglês dentro da própria Instituição, em curso formulado especialmente para atender aos seus interesses. A Universidade conta hoje com 86 estudantes indígenas, de 24 etnias, que ingressaram na UFSCar por meio de processo seletivo específico realizado desde 2008, no âmbito do Programa de Ações Afirmativas da Universidade.
Maria Silvia Cintra Martins, docente do Departamento de Letras e coordenadora do projeto, explica que as aulas são bastante dinâmicas e não lineares, ou seja, não partem dos conteúdos mais simples para os mais complexos. Isto ocorre em função da heterogeneidade da turma e, também, de metodologias que propõem a imersão, método no qual o aluno aprende quando vivencia a língua estrangeira. O curso não possui uma duração previamente estabelecida, e a expectativa da coordenação é que os estudantes permaneçam até o final do ano letivo e continuem frequentando as atividades enquanto estiverem na Universidade. As aulas são ministradas por estudantes de graduação e pós-graduação da UFSCar que já têm experiência no ensino de Inglês e também colaboram na elaboração do material didático. Ao todo, cinco professores se revezam na coordenação das turmas, de forma que haja pelo menos três professores em sala de aula, visando oferecer um acompanhamento próximo aos alunos.
Outro diferencial do curso é a inserção de temáticas indígenas no conteúdo das aulas. Os estudantes vão, por exemplo, aprender ao longo do curso sobre as culturas indígenas dos países de língua inglesa. Maria Sílvia destaca que o aprendizado da língua estrangeira tem também o objetivo de incluir os estudantes indígenas da UFSCar na agenda internacional de debates sobre os direitos indígenas, além de, é claro, oferecer mais um instrumento que contribua para a qualidade de sua formação. Continue reading

Comentários desativados em UFSCar oferece curso de Inglês para estudantes indígenas, visando, além de sua formação, a inserção em redes internacionais

Filed under Equidade