Tag Archives: Campus São Carlos

Calourada: Novos estudantes são recepcionados com atividades de integração e iniciativas solidárias

calourada_soro

Em Sorocaba, estudantes participam do corte de cabelo solidário, para doação para confecção de perucas para pacientes com câncer (Foto: Arquivo CCS)

Nesta semana, a UFSCar deu início à recepção de seus novos estudantes de graduação, com a Calourada 2016. Com atividades realizadas nos quatro campi, os estudantes foram recebidos com atividades de integração e solidariedade. Eles também puderam conhecer o campus onde estudarão nos próximos anos e algumas das oportunidades oferecidas pela Universidade.

Em São Carlos, o grande destaque deste ano foi a campanha de corte de cabelos e doação para confecção de perucas para pacientes em tratamento de câncer. A atividade se repetirá no próximo sábado (5/3), na Praça do Mercado, das 9 às 13 horas. Em Araras, apresentações culturais de diferentes estilos animaram a recepção, e os calouros participaram de atividades esportivas nas quadras. Em Sorocaba, uma parceria com a Sociedade Beneficente de Coleta de Sangue (Colsan) deu oportunidade para que toda a comunidade universitária pudesse fazer a doação, e também houve corte de cabelo solidário. Já no Campus Lagoa do Sino, foram realizadas atividades sobre agricultura familiar, com a presença de pequenos agricultores, e a Calourada Tropeira volta a ser realizada hoje, apresentando a cultura da região.

Ao longo deste primeiro semestre, outras atividades acontecerão em todos os campi para apresentar a Universidade aos calouros. A Feira Acadêmica será realizada pela primeira vez neste ano, reunindo representantes das pró-reitorias de Graduação (ProGrad), Extensão (ProEx), Pesquisa (ProPq) e Assuntos Comunitários e Estudantis (ProACE); da Secretaria Geral de Relações Internacionais (SRInter); do programa Idiomas sem Fronteiras (IsF); das bibliotecas; e do Programa de Capacitação Discente para o Estudo (ProEstudo). Em São Carlos, a Feira acontece no próximo dia 16, para apresentação das diversas possibilidades de vivenciar a rotina acadêmica oferecidas pela Universidade. No mesmo dia, o Reitor Targino de Araújo Filho ministrará Aula Magna, e a Secretaria Geral de Gestão Ambiental e Sustentabilidade (SGAS) ficará responsável por palestra sobre Educação Ambiental e pela distribuição de canecas para uso no Restaurantes Universitário. Em Araras, as atividades ocorrerão no dia 23, em Sorocaba no dia 30 e no Campus Lagoa do Sino em 6 de abril.

Já no dia 17, simultaneamente em todos os campi, a ProACE e seus departamentos promoverão um dia para informar os estudantes sobre o Programa de Assistência Estudantil; sobre os departamentos da Pró-Reitoria, com orientações sobre os serviços disponíveis e a quem recorrer para utilizá-los; e realizar atividade de conscientização sobre o consumo excessivo de bebidas alcoólicas. As datas e outros detalhes sobre a programação da Calourada 2016 em todos os campi da UFSCar estão disponíveis em www.calourada.ufscar.br.

Terceira chamada

Foi publicada ontem a lista de candidatos convocados para a manifestação presencial de interesse da terceira chamada, para o preenchimento das 740 vagas restantes nos cursos de graduação. Os convocados deverão comparecer aos respectivos campi na sexta-feira (4/3) das 9 às 11 horas, e no mesmo dia será publicada relação dos candidatos que conseguiram a vaga, que farão a matrícula imediatamente.

Comentários desativados em Calourada: Novos estudantes são recepcionados com atividades de integração e iniciativas solidárias

Filed under Graduação

UFSCar cria primeiros cursos de doutorado do Campus Sorocaba e um novo mestrado em São Carlos

Neste ano, a UFSCar passará a contar com três novos cursos de pós-graduação: os dois primeiros doutorados do Campus Sorocaba e um novo programa de pós-graduação com mestrado no Campus São Carlos. Os cursos de doutorado em Planejamento e Uso de Recursos Renováveis e em Biotecnologia e Monitoramento Ambiental, bem como o curso de mestrado em Ciência da Informação, foram aprovados recentemente pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), a partir das propostas aprovadas pelo Conselho de Pós-Graduação (CoPG) no ano passado. Com os novos cursos, a UFSCar soma o total de 42 mestrados acadêmicos, 7 mestrados profissionais e 30 doutorados em seus campi, além da participação em dois outros mestrados profissionais em rede nacional. Em 2016, a Pró-Reitoria de Pós-Graduação (ProPG) recebeu cinco novas propostas de cursos, sendo dois novos mestrados e três propostas de doutorado ligadas a mestrados já existentes. As propostas passarão pela Comissão Assessora para Análise de Propostas de Novos Cursos de Pós-Graduação na UFSCar, que emitirá parecer para análise do CoPG.

Para a Pró-Reitora de Pós-Graduação, Débora Cristina Morato Pinto, que se reuniu no início do mês com o corpo docente dos programas contemplados do Campus Sorocaba, os novos cursos de doutorado são uma ótima novidade para o Campus e exigirão de todos os envolvidos dedicação ímpar para oferecer formação de excelência nas duas áreas de conhecimento. “A reunião foi muito produtiva e tratou das primeiras providências para garantir o início do funcionamento dos dois cursos ainda no primeiro semestre. As aprovações da Capes mostram a vitalidade das atividades de pós-graduação na Instituição e significam um passo fundamental para a consolidação da pesquisa e da formação de profissionais altamente qualificados em Sorocaba”, comemora a Pró-Reitora. “O novo mestrado em Ciência da Informação vem coroar o trabalho dos docentes do Departamento de Ciência da Informação, que já atuam no ensino, na pesquisa e na extensão há muitos anos, vários deles já com experiência em pós-graduação. A área do mestrado tem bastante relevância para uma instituição como a UFSCar e virá contribuir inclusive com muitos projetos de pesquisa em andamento em outros programas de pós-graduação”, complementa. Continue reading

Comentários desativados em UFSCar cria primeiros cursos de doutorado do Campus Sorocaba e um novo mestrado em São Carlos

Filed under Pós-graduação

Administração Superior conclui rodada de apresentações do relatório parcial da Gestão 2012-2016 e diálogo com a comunidade universitária

centros

Reitor e pró-reitores na apresentação do relatório parcial da gestão 2012-2016 aos servidores técnico-administrativos (Foto: Mariana Pezzo – AECR/UFSCar)

O Reitor da UFSCar, Targino de Araújo Filho, acompanhado de sua equipe administrativa, realizou nas últimas semanas reuniões nos campi São Carlos e Lagoa do Sino para apresentação do relatório parcial da gestão 2012-2016 e diálogo com a comunidade universitária. Anteriormente, a apresentação já havia sido realizada para o Conselho Universitário e para as comunidades dos campi Araras e Sorocaba.

Em diálogo com os servidores técnico-administrativos, realizado no dia 9 de dezembro, o Reitor destacou como o crescimento sem precedentes da Universidade a partir de 2008, no contexto do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), foi realizado sem a reposição dos quadros de servidores docentes e técnico-administrativos. “É importante resgatar que, de 1996 a 2006, nós não tivemos a reposição de docentes aposentados, assim como não foram preenchidas as vagas de técnico-administrativos aposentados entre 1996 e 2010. O Banco de Professor-Equivalente e o Quadro de Referência de Servidores Técnico-Administrativos foram grandes conquistas nesse sentido, ao permitirem a reposição automática, mas temos, hoje, um déficit de 386 servidores técnico-administrativos reconhecido pelo Ministério da Educação”, relatou o dirigente. De outro lado, o Reitor enfatizou os esforços empreendidos ao longo da gestão para modernização da administração da Universidade, especialmente os investimentos na área de tecnologia de informação e a reestruturação organizacional e administrativa de todos as unidades vinculadas à Administração Superior. Araújo Filho destacou também a prioridade atribuída pela gestão ao envolvimento e participação dos servidores técnico-administrativos na gestão e em processos de tomada de decisão – exemplificando essa prioridade com a realização dos Fóruns Integração UFSCar e com a criação das Câmaras de Assessoramento Técnico do Conselho de Administração – e aos investimentos em capacitação e qualificação.

Já no CCBS, onde o encontro foi no dia 8, a ênfase recaiu sobre o processo de federalização do Hospital Escola – agora Hospital Universitário – e o equacionamento de demandas relativas a docentes dos cursos da área da Saúde. “Das únicas 25 vagas docentes que conseguimos no Banco de Professor-Equivalente para reposição do quadro, 23 foram destinadas à área da Saúde, resultando na contratação de 47 docentes em regime de 20 horas (sendo 29 para o Departamento de Medicina, 9 para o Departamento de Terapia Ocupacional e 9 para o Departamento de Fisioterapia) e dois em regime de dedicação exclusiva (um para o Departamento de Enfermagem e um para o Departamento de Gerontologia). Em relação ao Hospital Universitário, todos conhecem as dificuldades que enfrentamos, que exigiram toda a nossa capacidade de persuasão e persistência nas negociações com a Prefeitura Municipal de São Carlos. Mas, felizmente, hoje esta é uma etapa superada, e já estamos colhendo os frutos dessa conquista”, relembrou o Reitor. Reconhecendo esses esforços e avanços, os presentes à reunião registraram que essas negociações devem continuar, já que há outros desafios a serem superados na articulação com o sistema municipal de atendimento à Saúde, especialmente frente às novas diretrizes dos ministérios da Saúde e da Educação para a formação na área. Outras sugestões apresentadas dizem respeito à segurança nos laboratórios da Instituição e à sustentabilidade.

No CCET, em reunião realizada na tarde do dia 9, a questão do déficit de servidores também foi abordada, bem como a preocupação com o contingenciamento de recursos e uma possível redução no ritmo de contratações. “Tenho trazido para as reuniões a informação de que o Ministério da Educação reconhece o déficit de 386 servidores técnico-administrativos na UFSCar. É uma situação bastante grave, que está constantemente sendo negociada por meio da Andifes [Associação dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior]. Com essa escassez que já conhecemos em nosso dia a dia, a situação se agrava ainda mais com as greves. Temos uma posição de respeitar e não interferir nos movimentos paredistas, mas cobramos sempre que tanto o Ministério quanto os servidores negociem”, afirmou o Reitor.

No CECH, em encontro realizado no dia 10 de dezembro, foram destacadas algumas demandas particulares relacionadas à natureza das atividades do Centro, como, por exemplo, compras de materiais específicos e a conclusão de alguns edifícios, especialmente o do Departamento de Artes e Comunicação. O Reitor explicou como, frente aos cortes orçamentários, foi necessário transferir recursos da alínea de investimento (destinados a obras e equipamentos) para custeio, visando garantir o funcionamento adequado da Universidade, o que deve diminuir o ritmo de realização das obras. “Estamos terminando o estudo da situação financeira e um novo cronograma de obras deverá ser apresentado ao Conselho Universitário em sua próxima reunião”, registrou o dirigente. Quanto às compras, o Pró-Reitor de Administração, Néocles Alves Pereira, destacou a opção feita por ampliar o uso das atas de registro de preços, processo que já facilitou e agilizou a aquisição de vários materiais e que deverá continuar a ser ampliado.

Já no Centro de Ciências da Natureza do Campus Lagoa do Sino, em encontro realizado no dia 14 de dezembro, a ênfase recaiu sobre o próprio processo de implantação do Campus, caracterizado como um dos principais desafios desta gestão. Após a apresentação, a conversa com a comunidade do Campus foi marcada pela possibilidade de esclarecimento de dúvidas diversas, relacionadas a temas como o próprio processo de implantação do Campus, às ações voltadas à capacitação e à qualificação dos servidores e ao Programa de Ações Afirmativas da UFSCar.

Comentários desativados em Administração Superior conclui rodada de apresentações do relatório parcial da Gestão 2012-2016 e diálogo com a comunidade universitária

Filed under Gestão

Censo da Moradia Estudantil busca diagnosticar o espaço pelo olhar dos estudantes

A Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (ProACE), por meio da Divisão de Assistência Social (DiAS) em parceria com a Seção de Moradias (SeM) e a Divisão de Saúde e Esportes (DiSaE), realizou no final de maio o Censo da Moradia Estudantil Interna do Campus São Carlos. O levantamento buscou avaliar as condições de ocupação do espaço, saúde dos estudantes e condições do mobiliário. Foi disponibilizado também um questionário para que os moradores pudessem avaliar a Moradia, a convivência, os procedimentos adotados pela ProACE e outros aspectos, de forma anônima. Dos 561 ocupantes da Moradia, cerca de 200 responderam ao questionário, que está sendo analisado pela Pró-Reitoria e subsidiará os próximos investimentos no espaço. Paralelamente, foram avaliadas também as moradias externas, casas alugadas pela Universidade para receber os estudantes que a Moradia Interna não comporta. A ProACE visitou as 15 casas em São Carlos e, em diálogo com os estudantes, decidiu-se por encerrar o contrato de quatro imóveis, sendo os moradores realocados para as outras casas, ou passando a receber a bolsa moradia em espécie.

A Pró-Reitora Adjunta de Assuntos Comunitários e Estudantis, Maria Aparecida Mello, explica que a iniciativa gera indicadores importantes para avaliar a política de permanência da Universidade. “Nosso objetivo é olhar para as moradias a partir do olhar dos estudantes, para entender as condições de vida nos espaços da Universidade e propor projetos de melhoria baseados nas necessidades levantadas. Mais do que os números que estão sendo tabulados, queremos criar condições para que os estudantes se manifestem através do questionário e tenham a oportunidade de avaliar e sugerir caminhos para a Moradia. É o primeiro censo que fazemos, mas a boa avaliação da experiência já nos mostrou a importância de realizá-lo duas vezes ao ano, no começo do primeiro semestre, após a distribuição das vagas, e no final do segundo semestre, para planejarmos o ano seguinte. Trata-se também de uma consequência da nossa reestruturação organizacional, que valorizou a DiAS e a DiSaE, dando condições para que juntos possamos realizar esforços para aprimorar cada vez mais a assistência estudantil em diversas frentes, que, combinadas, promovem a qualidade de vida dos nossos estudantes”, afirma Mello.

Comentários desativados em Censo da Moradia Estudantil busca diagnosticar o espaço pelo olhar dos estudantes

Filed under Assuntos Comunitários e Estudantis

UFSCar inaugura Laboratório Integrado de Documentação e Estatísticas Políticas e Sociais

lideps

Da esquerda para a direita, Wanda Ap. Machado Hoffmann, Diretora do CECH; Thales Haddad N. de Andrade, líder do Lideps; o Reitor da UFSCar, Targino de Araújo Filho; e o Vice-Reitor da Universidade, Adilson de Oliveira. (Foto: Beatriz Maia / AECR-UFSCar)

Na última quinta-feira (14/5), foi inaugurado o edifício do Laboratório Integrado de Documentação e Estatísticas Políticas e Sociais (Lideps), vinculado ao Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). O prédio, localizado na área Sul do Campus São Carlos, foi construído com recursos do Fundo de Infraestrutura (CTInfra), em um valor total de R$ 607.801,60. O espaço abriga 12 laboratórios multidisciplinares das áreas de Antropologia; Ciência, Tecnologia e Sociedade; Ciência Política; Comunicação e Linguagem; Educação; e Sociologia.

O líder do Lideps, Thales Haddad Novaes de Andrade, docente do Departamento de Ciências Sociais da UFSCar, comentou, durante a inauguração, a importância de consolidar um espaço com as características do Laboratório. “É uma satisfação muito grande inaugurar este espaço que aglutina pesquisadores das Ciências Humanas, reunidos em torno do mesmo objetivo, que é pensar a pesquisa e a formação de pesquisadores nessa área. Trabalhamos com a reflexão sobre o processo de formação e a qualidade da pesquisa, e essa estrutura é fundamental para nos dar suporte e permitir que juntos nos tornemos referência”, afirmou Andrade, resgatando também em sua fala a relevância da participação do professor Eduardo Garuti Noronha, autor da proposta encaminhada ao CTInfra, que não pôde estar presente à cerimônia por motivos de Saúde.

Comentários desativados em UFSCar inaugura Laboratório Integrado de Documentação e Estatísticas Políticas e Sociais

Filed under Espaço físico, Inaugurações