Tag Archives: AUGM

UFSCar seleciona trabalhos de estudantes de graduação e pós graduação para as Jornadas de Jovens Pesquisadores da AUGM

Estudantes da UFSCar participantes das Jornadas de Jovens Pesquisadores da AUGM de 2015, na Universidad Nacional de La Plata, na Argentina (Foto: Arquivo Pessoal)

Estudantes da UFSCar participantes das Jornadas de Jovens Pesquisadores da AUGM de 2015, na Universidad Nacional de La Plata, na Argentina (Foto: Arquivo Pessoal)

Estão abertas até sexta-feira (17/6) as inscrições de trabalhos para as XXIV Jornadas de Jovens Pesquisadores da Associação de Universidades Grupo Montevidéu (AUGM). A UFSCar selecionará 20 trabalhos de estudantes de graduação e 20 trabalhos de estudantes de pós-graduação para apresentação de pôsteres no evento, que neste ano será realizado pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), de 24 a 26 de outubro, na cidade de São Pedro, São Paulo.

Estudantes dos cursos de graduação e pós-graduação da UFSCar com menos de 35 anos e que não tenham participado das edições anteriores do evento podem encaminhar trabalhos em um dos 29 temas propostos, que contemplam diversas áreas do conhecimento. Estudantes de graduação selecionados receberão R$ 500 cada para financiar a viagem e a estadia durante o evento. No site da Secretaria Geral de Relações Internacionais (SRInter), responsável pela coordenação da seleção na Universidade, estão disponíveis os editais para graduação e pós-graduação, bem como todas as informações para a submissão dos resumos. Os trabalhos serão avaliados por pareceristas da própria UFSCar, e o resultado final será divulgado em 8 de julho. Continue reading

Comentários desativados em UFSCar seleciona trabalhos de estudantes de graduação e pós graduação para as Jornadas de Jovens Pesquisadores da AUGM

Filed under Internacionalização, Oportunidades

AUGM elege nova presidência no marco das comemorações de seus 25 anos

augm

Atividade cultural realizada para marcar o lançamento das comemorações dos 25 anos da AUGM (Foto: Divulgação – Universidad Nacional de Itapúa)

O Reitor da UFSCar, Targino de Araújo Filho, participou nos dias 9 e 10 de maio da LXIX Reunião do Conselho de Reitores da Associação de Universidades Grupo Montevidéu (AUGM), realizada na Universidad Nacional de Itapúa, no Paraguai. Na Reunião, foram eleitos os novos Presidente e Vice-Presidente da Associação, para o período de maio de 2016 a maio de 2017: os reitores Juan Manuel Zolezzi Cid, da Universidad de Santiago de Chile, do Chile, e Eduardo Rivero Zurilla, da Universidad Mayor, Real y Pontificia de San Francisco Xavier de Chuquisaca, da Bolívia.

O encontro de dirigentes universitários também marcou o lançamento das comemorações dos 25 anos da AUGM, celebrados em 2016, e teve debates sobre o fortalecimento da Associação, relacionados, por exemplo, a critérios para o ingresso de novas universidades na AUGM e à avaliação das atividades de seus Comitês Acadêmicos e Núcleos Disciplinares. Também estiveram na pauta informes sobre o andamento de atividades e programas da Associação, como o Espaço Latino-Americano e Caribenho de Educação Superior (Enlaces); o I Fórum Aberto de Ciências da América Latina e Caribe (Cilac), que acontece de 6 a 9 de setembro em Montevidéu, no Uruguai; e as XXIV Jornadas de Jovens Pesquisadores da AUGM, que neste ano acontecerão no Brasil, de 24 a 26 de outubro, sob a organização da Universidade Estadual Paulista. As reitoras e reitores presentes também deram continuidade ao planejamento da participação da Associação na III Conferência Regional de Educação Superior (CRES), que acontecerá em 2018 na Universidad Nacional de Córdoba, Argentina, como evento preparatório da III Conferência Mundial de Educação Superior, planejada para acontecer em 2019 em Paris.

A AUGM reúne, atualmente, 31 universidades argentinas, uruguaias, paraguaias, chilenas, bolivianas e brasileiras, dentre elas a UFSCar, que ingressou na Associação em 1994. Mais informações sobre a AUGM e seus programas podem ser conferidas no site da Associação.

Comentários desativados em AUGM elege nova presidência no marco das comemorações de seus 25 anos

Filed under Internacionalização

SRInter: UFSCar oferece vagas de intercâmbio para Argentina, Chile e Paraguai a estudantes de 14 cursos de graduação

Até a próxima terça-feira (3/5), estudantes de 14 cursos de graduação dos quatro campi da UFSCar podem concorrer a uma das 12 vagas de mobilidade estudantil por meio do programa Escala de Graduação, promovido pela Associação de Universidades Grupo Montevidéu (AUGM). Dentre outros requisitos determinados pelo edital, quem concorrer às vagas deve ter concluído entre 40% e 90% do curso.

Nesta oferta, podem concorrer estudantes dos cursos de Música, Pedagogia, Biblioteconomia e Ciência da Informação, Psicologia, Fisioterapia, Linguística e Letras com habilitação em Espanhol, no Campus São Carlos. No Campus Sorocaba, os cursos são Administração, Ciências Econômicas e Geografia. No Campus Araras, podem concorrer estudantes de Biotecnologia, e, em Lagoa do Sino, pela primeira vez poderão concorrer estudantes das engenharias Agronômica, Ambiental e de Alimentos. Os resultados serão divulgados até o final da próxima semana.

A Secretaria Geral de Relações Internacionais (SRInter) da UFSCar faz a gestão do Programa na Universidade, sendo responsável pela definição das universidades parceiras, acordadas em reunião dos Delegados Assessores da AUGM, e pelo recebimento e homologação das inscrições. As ofertas são recíprocas, ou seja, o mesmo curso que enviar estudante a uma universidade recebe outra pessoa da mesma universidade. Ambas as instituições destinam recursos próprios para custear as estadias.

A UFSCar participa desde 2001, e ao longo dos anos vem aumentando o número de oportunidades oferecidas. Desde o ano passado são oferecidas 12 vagas por semestre, distribuídas entre os cursos de graduação em sistema de revezamento. Com o expressivo aumento das oportunidades de intercâmbio a partir da implantação do programa Ciência sem Fronteiras (CsF), a SRInter passou a priorizar os cursos que não são contemplados pelo CsF, e neste ano pôde incluir o Campus Lagoa do Sino, que pela primeira vez tem estudantes com mais de 40% do curso concluído para atender à exigência da AUGM.

O Escala (Espaço Acadêmico Comum Ampliado Latino-Americano)  é identificado pela AUGM como um programa que orienta o desenvolvimento de suas atividades, ao buscar impulsionar e fortalecer o processo de construção de um espaço acadêmico comum regional por meio da mobilidade de estudantes, docentes e pessoal técnico-administrativo. Seu princípio é que a convivência entre pessoas de diferentes universidades e países fomenta o intercâmbio acadêmico-cultural e promove o melhor conhecimento dos diferentes sistemas de Educação Superior instalados na América Latina. Fazem parte da AUGM 31 universidades, sendo 11 brasileiras e as outras da Argentina, da Bolívia, do Chile, do Paraguai e do Uruguai.
Outras informações devem ser consultadas no edital, disponível no site da SRInter. Informações sobre acordos de cooperação e programas de intercâmbio para estudantes de graduação podem ser consultadas pessoalmente na SRInter, localizada no edifício da Reitoria, na área Sul do Campus São Carlos, pelo e-mail srinter@ufscar.br ou pelo telefone (16) 3351-8402.

Comentários desativados em SRInter: UFSCar oferece vagas de intercâmbio para Argentina, Chile e Paraguai a estudantes de 14 cursos de graduação

Filed under Internacionalização, Oportunidades

UFSCar sedia seminário sobre cooperação entre países da América do Sul e Europa no Ensino Superior

alisios

Representantes do projeto Ulises discutem estratégias de internacionalização em evento realizado na UFSCar (Foto: Izabela Cardoso – CCS/UFSCar)

Durante os dias 12 e 13 de novembro, a UFSCar sediou a reunião final do projeto Ulises (Universities Linking Initiatives and Synergies in Europe and South America), com o tema “Relacionando mobilidade, empregabilidade e desenvolvimento local: Novas prioridades na cooperação entre Europa e América Latina na Educação Superior”. O encontro, organizado pela Diretora da Divisão de Convênios para Relações Internacionais da Secretaria Geral de Relações Internacionais (SRInter) da Universidade, Maria Estela Antonioli Pisani Canevarolo, reuniu representantes das instituições participantes do projeto e a comunidade universitária da UFSCar e promoveu mesas que apresentaram o projeto e discutiram seus objetivos. Uma das ênfases do Ulises é a empregabilidade associada à internacionalização e, para abordar o tema, estudantes e ex-alunos da Universidade que participaram de programas de mobilidade compartilharam suas experiências, relacionando-as com os desdobramentos da vida profissional.

Um dos destaques do evento foi a apresentação do Vice-Reitor de Relações Internacionais e Mobilidade da Universidade de Coimbra, Joaquim Ramos de Carvalho, sobre os impactos do programa Ciência sem Fronteiras (CsF) nas instituições de Ensino Superior europeias. O tema foi investigado no âmbito do projeto Alisios (Academic Links and Strategies for the Internationalisation of the High Education Sector), coordenado por Carvalho, que reuniu informações institucionais das universidades europeias para traçar um amplo diagnóstico. Uma das questões investigadas foi em que medida o CsF promoveu cooperações mais fortes do que o simples intercâmbio de estudantes. De acordo com os relatórios, 35% das respostas apontaram positivamente para parcerias aprofundadas, enquanto 85% das instituições afirmaram que gostariam de estabelecer mais parcerias com universidades brasileiras. A pesquisa apontou também alguns desafios para a internacionalização, como o reconhecimento por parte das instituições de origem das atividades realizadas pelos estudantes nas universidades europeias, bem como entraves na comunicação entre as instituições. O estudo sugere, também, que se estabeleçam parcerias interinstitucionais que enquadrem a mobilidade, tanto para desenvolver ainda mais o potencial do CsF, como para aumentar a mobilidade de estudantes europeus para o Brasil.

Para o Vice-Reitor da Universidade de Coimbra, é necessário que as instituições de Ensino Superior brasileiras e europeias pensem em novos projetos para aprimorar suas estratégias de internacionalização. “O Ciência sem Fronteiras colocou o Brasil na agenda das universidades da Europa quando promoveu a mobilidade de uma enorme quantidade de estudantes. Como esse processo foi bastante rápido, começamos agora a avaliar os impactos e a pensar em estratégias para o que tenho destacado ser fundamental nesse aspecto – o estabelecimento de relações profundas e consistentes entre as universidades. Para que uma universidade seja verdadeiramente internacional, não basta que ela promova a mobilidade. É necessário que ela atue em diferentes vertentes, inclusive para receber bem seus estudantes de outros países. É preciso investimento, é evidente, mas também é preciso questionamento: será que estamos sendo realmente globais? O estímulo à diversidade é fundamental nesse aspecto, precisamos trabalhar com tradições diferentes e não permitir que as barreiras culturais permaneçam dentro de nossas instituições”, afirma Carvalho.

Ulises

O projeto Ulises foi iniciado em outubro de 2013 e vai até dezembro deste ano, no contexto do programa de cooperação e mobilidade Erasmus Mundus. A UFSCar é a única instituição brasileira participante e, juntamente com a AUGM (Associação de Universidades Grupo Montevidéu), a Universidad Nacional de Chilecito (Undec, da Argentina) e a Universidad de La República (Udelar, do Uruguai), compõe o bloco da América Latina. Nos países da Europa, os parceiros são o Observatório das Relaciones Unión Europea – América Latina (Obreal, da Espanha), a Agencia Nacional de Evaluacion de la Calidad y la Acreditacion da Espanha (Aneca), a Tilburg University (holandesa), a Université de Montpellier (França) e a Università degli Studi di Roma “La Sapienza” (italiana). Entre seus objetivos esteve a promoção da mobilidade dentro das regiões e entre elas e, também, das condições de empregabilidade dos graduados, pelo fomento às relações entre as instituições de Ensino Superior e representantes das indústrias.

Comentários desativados em UFSCar sedia seminário sobre cooperação entre países da América do Sul e Europa no Ensino Superior

Filed under Internacionalização

ProEx: Docentes, técnico-administrativos, estudantes de graduação e pós-graduação da UFSCar apresentarão trabalhos no 2º Congresso de Extensão da AUGM

A Pró-Reitoria de Extensão (ProEx) da UFSCar divulgou recentemente a lista de 64 trabalhos aprovados para inscrição gratuita e apresentação no 2º Congresso de Extensão da AUGM (Associação de Universidades Grupo Montevidéu), que acontece de 9 a 11 de outubro na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), com o tema “A indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão”.

Dos trabalhos selecionados, 42 estão inseridos no eixo “Direitos, responsabilidades e expressões para o exercício da cidadania” do evento, que compreende as áreas temáticas de Comunicação; Cultura; Direitos Humanos; Educação; e Serviço Alternativo e Voluntariado. Outros 14 resumos inserem-se no eixo “Os valores para teorias e práticas vitais”, que compreende as áreas de Meio Ambiente; Saúde; e Esportes. Por fim, oito trabalhos da UFSCar estão no terceiro eixo, intitulado “Novas Tecnologias: Perspectivas e Desafios”, que compreende as áreas de Tecnologia e Produção; Trabalho; Geração de Renda; e Tecnologia Social.

“A resposta da comunidade da UFSCar ao convite para participação no evento mostra o grande envolvimento com a extensão universitária. Quero destacar que, dos 64 trabalhos que serão apresentados, mais da metade tem, como primeiros autores, estudantes de graduação, o que indica a indissociabilidade entre as atividades de extensão e o ensino, considerando que temos também oito estudantes de pós-graduação entre os autores principais. Além disso, o fato de termos estudantes, servidores docentes e técnico-administrativos entre os responsáveis pelos trabalhos é outro indicador importante do envolvimento de nossa comunidade com a extensão”, destaca a Pró-Reitora de Extensão da UFSCar, Cláudia Maria Simões Martinez. “Registro também o envolvimento de vários integrantes da equipe da ProEx com a organização do evento. Membros do Conselho de Extensão foram responsáveis pela avaliação dos trabalhos a serem apresentados no Congresso, coordenadores da Pró-Reitoria serão mediadores de sessões temáticas e estivemos envolvidos também com aspectos conceituais das discussões a serem realizadas. E, por fim, o Reitor da UFSCar fará a conferência inaugural do Congresso, falando sobre o tema ‘Indissociabilidade de ensino, pesquisa e extensão – um desafio latino-americano’”, complementa Martinez.

As inscrições no Congresso de Extensão da AUGM vão até o dia 2 de outubro, e as instruções, bem como a programação completa, podem ser conferidas no site do evento. Os participantes da UFSCar selecionados para a inscrição gratuita podem conferir instruções para a inscrição no site da ProEx.

Comentários desativados em ProEx: Docentes, técnico-administrativos, estudantes de graduação e pós-graduação da UFSCar apresentarão trabalhos no 2º Congresso de Extensão da AUGM

Filed under Extensão