Servidores ativos da UFSCar podem se filiar ao SESC

Os servidores ativos e as servidoras ativas da UFSCar poderão se filiar ao Serviço Social do Comércio (SESC), na modalidade MIS (Matrícula de Interesse Social), para a utilização dos serviços de esporte, lazer, cultura e sociais da instituição, exceto os serviços odontológicos e de reserva de hospedagem na unidade de Bertioga.

A renovação do convênio se deu a partir de esforços da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (ProGPe), que buscou uma forma de viabilizar o recolhimento e remessa da taxa de inscrição, conforme procedimento padrão do SESC com seus associados. Diante da impossibilidade administrativa/legal, por parte da UFSCar, de efetuar tais procedimentos, foi articulada uma parceria com o Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos da UFSCar (SINTUFSCar) e o Sindicato dos Docentes em Instituições Federais de Ensino Superior (ADUFSCar), com anuência do SESC, de forma que os servidores de ambas as categorias tenham acesso aos benefícios desse convênio.

Para realizar a inscrição no SESC, as servidoras e servidores da UFSCar devem procurar as suas respectivas entidades de classe (SINTUFSCar ou ADUFSCar) e verificar os procedimentos a serem adotados. Será necessário preencher uma ficha de inscrição online e realizar, por meio do sindicato, o recolhimento da taxa anual de R$ 30,00.
A inclusão de dependentes (cônjuge ou filhos com até 21 anos) será possível após a emissão da credencial do titular e deverá ser feita diretamente em uma das unidades do próprio SESC (São Carlos, Piracicaba ou Sorocaba), mediante uma taxa adicional de R$ 30,00, que possibilitará a obtenção da credencial familiar.

A credencial do SESC é digital e, após a confirmação do credenciamento, pode ser adquirida pelo aplicativo Credencial SESC SP, disponível nas lojas Google Play e Apple Store. Para mais informações, entre em contato com os sindicatos nos e-mails: SINTUFSCar: financeiro@sintufscar.org.br / ADUFSCar: adufscar@adufscar.org.br.

Leave a Comment

Filed under Gestão de pessoas

Comments are closed.