Série “EaD na UFSCar”: Universidade desenvolve tecnologias voltadas à garantia da acessibilidade nos cursos de graduação a distância

Nas duas últimas reportagens da série “EaD na UFSCar”, mostramos como a produção de materiais didáticos inovadores em diferentes plataformas e formatos midiáticos, a manutenção do Ambiente Virtual de Aprendizagem e o desenvolvimento de novas tecnologias tornam os processos educativos a distância mais eficazes. Agora, você vai conhecer o trabalho da Secretaria Geral de Educação a Distância (SEaD) da UFSCar para tornar todos esses materiais e ferramentas de ensino acessíveis também a pessoas com deficiências sensoriais.
Desde 2011, a UFSCar, por meio da SEaD, vem trabalhando para tornar os cursos de graduação oferecidos na modalidade a distância acessíveis a pessoas com deficiências sensoriais (cegueira e surdez, em suas diferentes gradações). A iniciativa, inclusive, foi contemplada com o terceiro lugar no Prêmio Nacional de Acessibilidade na Web 2012, promovido pela W3C (Consórcio World Wide Web – comunidade internacional com o objetivo de conduzir a Web ao seu potencial máximo) e pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil. Naquele momento inicial, o trabalho para garantir a acessibilidade já estava em andamento, mas a aprovação de um estudante com deficiência visual no vestibular para o curso de Bacharelado em Sistemas de Informação (BSI) incentivou ainda mais as equipes técnico-pedagógicas da SEaD a tornarem o Ambiente Virtual de Aprendizagem (Moodle), bem como os materiais didáticos utilizados no curso de BSI, acessíveis a partir de tecnologias assistivas.

Tradução de vídeos e áudios para a Língua Brasileira de Sinais (Libras) é uma das atividades realizadas


Dentre as atividades realizadas para promover a acessibilidade nos cursos a distância da UFSCar, estão a audiodescrição dos materiais audiovisuais (ilustrações, vídeos e animações); produção de audiolivros; desenvolvimento de player de mídia acessível (com controles etiquetados para acesso por meio de softwares de leitura de tela, controles acessíveis por teclado, identificação alternativa das mudanças de status e progresso de execução, inclusão de audiodescrição e de legenda); tradução de vídeos e áudios para Libras; legendamento e adequação dos materiais digitais e do Ambiente Virtual de Aprendizagem aos padrões nacionais e internacionais de acessibilidade; além do programa de formação continuada dos professores, tutores e equipes da SEaD. O desenvolvimento das tecnologias assistivas tem foco na realidade dos alunos com deficiências sensoriais, mas os recursos concretizados ampliam as possibilidades de acesso de todos os usuários.
O projeto é realizado pela Coordenadoria de Inovações em Tecnologias na Educação (CITE) da SEaD – sob a responsabilidade da professora Joice Otsuka –; por suas equipes de Material Audiovisual e Impresso – supervisionadas, respectivamente, por Mariana Derigi Ambrózio e Douglas Pino –; e pelo Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção da UFSCar – por meio das pesquisas da estudante de doutorado Carina Magri Mari e do professor Miguel Bueno da Costa na área de Ergonomia. A iniciativa conta com audiodescritores e especialistas em ergonomia, usabilidade e acessibilidade, além da participação de pessoas com deficiência sensorial, que ajudam na elaboração e nos testes dos materiais, e do próprio estudante do curso de BSI, que atua como bolsista do Laboratório de Objetos de Aprendizagem da SEaD, no desenvolvimento do player de mídia acessível e de jogos educativos acessíveis.
A meta é que todos os cursos de graduação oferecidos pela UFSCar na modalidade a distância atendam satisfatoriamente a alunos com deficiências sensoriais, em um esforço voltado à democratização da Educação Superior de qualidade para todos. Vale destacar que as ações da SEaD estão sintonizadas com as políticas institucionais de acessibilidade da UFSCar que, especialmente por meio do Núcleo Incluir, vem trabalhando na eliminação das barreiras pedagógicas, arquitetônicas, de comunicação e atitudinais dentro da Universidade.

Comentários desativados em Série “EaD na UFSCar”: Universidade desenvolve tecnologias voltadas à garantia da acessibilidade nos cursos de graduação a distância

Filed under Educação a distância

Comments are closed.