SEaD: Programa de residência pedagógica prepara tutores para a docência na educação a distância

A Secretaria Geral de Educação a Distância (SEaD) da UFSCar iniciou no mês de abril as atividades do Programa de Residência Pedagógica em EaD, projeto de extensão concretizado em parceria com as coordenações dos cursos de graduação a distância da Universidade. A iniciativa tem como objetivo principal valorizar o trabalho dos tutores virtuais que atuam nos cursos da UFSCar e, consequentemente, aprimorar a qualidade da educação oferecida pela Universidade na modalidade a distância.

A intenção é que o Programa prepare os tutores – já com domínio de conteúdo em suas áreas – para atuarem como docentes em educação a distância, por meio de um modelo formativo que articula conhecimentos teóricos sobre a docência e sobre EaD, fomenta a interlocução entre profissionais com experiências diversificadas e propicia a imersão em atividades práticas docentes. “Queremos valorizar o tutor virtual ao propiciar a sua qualificação profissional. Para tanto, estamos unindo teorias e práticas pedagógicas e estabelecendo parcerias entre docentes e tutores de modo a habilitar o tutor virtual da UFSCar para a docência na EaD”, afirma Aline Reali, Secretária de Educação a Distância da UFSCar e coordenadora do projeto.

A primeira oferta do Programa conta com a participação de 14 professores e 15 tutores dos cinco cursos de graduação a distância da UFSCar. Para essa primeira experiência, a SEaD convidou professores com experiência em EaD a atuarem como regentes e eles, por sua vez, convidaram os tutores a ingressarem no Programa. Na fase inicial, os tutores residentes estão participando do Curso de Formação Docente para a EaD, oferecido pela Coordenadoria de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento Profissional (CoDAP) da SEaD. Na próxima etapa, os tutores começam o trabalho junto de seus professores regentes, para a oferta de disciplinas já no segundo semestre de 2015.

Durante essa segunda etapa, os tutores apoiarão os professores no planejamento das atividades das disciplinas, na revisão das metodologias de ensino e aprendizagem e das estratégias de avaliação e na elaboração de materiais didáticos em diferentes mídias. “Assim, os conhecimentos adquiridos durante o curso de formação podem ser aplicados, com a parceria e supervisão de docentes com vasta experiência na EaD”, explica Aline Reali.

Os resultados da residência pedagógica serão testados na prática, já que todo o trabalho realizado durante o Programa será concretizado nas disciplinas oferecidas nos cursos de graduação a distância da UFSCar. As atividades do Programa serão finalizadas no início de 2016, com a realização de um seminário para troca de experiências e análise da proposta, após o encerramento das disciplinas que os professores regentes e tutores residentes estiverem oferecendo. Os tutores concluintes terão direito a certificação referente a 180 horas de formação.

O Programa é acompanhado pelas equipes das coordenadorias de Processos de Ensino-Aprendizagem e de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento Profissional da SEaD e terá novas ofertas a partir de 2016. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail secretaria.copea@gmail.com.

Comentários desativados em SEaD: Programa de residência pedagógica prepara tutores para a docência na educação a distância

Filed under Educação a distância

Comments are closed.