Reitor e pró-reitores participam de reunião do Conselho de Centro em Sorocaba

O Reitor da UFSCar, Targino de Araújo Filho, esteve no Campus Sorocaba na última quarta-feira (21/8), acompanhado dos pró-reitores de Administração, Néocles Alves Pereira, e de Gestão de Pessoas, Mauro Rocha Côrtes. Durante a manhã, o Reitor esteve reunido com o Prefeito Municipal de Sorocaba, Antonio Carlos Pannunzio, com o qual visitou o Campus. “Esse encontro foi muito importante para a aproximação da nova gestão do Município. O Prefeito ficou muito bem impressionado com o que conheceu na visita ao Campus Sorocaba. Pudemos conversar sobre o convênio entre as duas instituições, e o Prefeito se comprometeu com a sua continuidade e com a conclusão das obras de infraestrutura pactuadas e ainda não realizadas. Outros temas que abordamos foram a possibilidade de parceria entre a Universidade e a Prefeitura para oferta de vagas na Educação Infantil aos filhos da comunidade universitária e o processo de expansão da área do Campus”, relatou Araújo Filho.

Na parte da tarde, o Reitor e os pró-reitores participaram da reunião do Conselho do Centro de Ciências e Tecnologias para a Sustentabilidade, na qual apresentaram o processo de implementação da estrutura multicampi na Universidade. “Essa discussão foi iniciada no âmbito do processo de atualização do Plano de Desenvolvimento Institucional da UFSCar e, visando conferir mais agilidade e eficiência aos procedimentos administrativos, adiantamos a implantação de algumas unidades nos campi Araras e Sorocaba. Porém, é um processo complexo, com várias etapas. A estruturação das unidades foi feita em diálogo com os Diretores de Centro e, também, com os servidores diretamente envolvidos. Posteriormente, as decisões foram apreciadas e aprovadas no Conselho de Administração e os servidores técnico-administrativos foram transferidos para as novas unidades. Agora, os procedimentos administrativos estão sendo revistos, alguns terão de ser alterados, outros criados, para que possamos ter uma descentralização coordenada, ou seja, para que as diretrizes sejam as mesmas para toda a Universidade, mas a execução aconteça em cada campus, contemplando suas especificidades”, explicou o Reitor.

“As mudanças tornaram as estruturas organizacionais mais homogêneas entre os campi, eliminando contradições e evitando interpretações diferentes de uma mesma norma ou procedimento. Isto é fundamental para que ganhemos em equidade e agilidade. Além disso, eu entendo esse processo como um fortalecimento do Centro enquanto unidade gestora de um conjunto de atividades acadêmicas, uma vez que as atividades-meio nos campi passam a ter como interlocutores as pró-reitorias, a quem cabe a gestão administrativa”, avaliou o Pró-Reitor de Gestão de Pessoas. O Pró-Reitor de Administração, por sua vez, destacou que a intenção é que cada vez mais serviços possam ser realizados nos campi. “No caso das compras, por exemplo, o processo já está sendo todo preparado e revisado aqui em Sorocaba e só vai para São Carlos no momento da realização do pregão. Para isso, os servidores dos campi já tiveram várias oportunidades de receber orientações de seus colegas da ProAd, e tomamos providências relacionadas ao compartilhamento de orientações comuns a toda a Universidade. Em breve poderemos, por exemplo, ter um posto para cadastramento de fornecedores aqui em Sorocaba, o que facilita muito a aquisição de alguns serviços e, futuramente, inclusive o pregão poderá ser realizado nos campi. Mas, para isso, ainda dependemos da contratação de novos servidores técnico-administrativos”, afirmou.

O quadro de servidores também foi abordado durante a reunião. O Reitor explicou que apesar do Governo Federal ter cumprido os compromissos assumidos no âmbito do Reuni (Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais), não houve reposição em relação ao déficit que a Universidade já tinha anteriormente, o que tem sobrecarregado sobremaneira especialmente os setores administrativos. “A ProAd, por exemplo, tem hoje menos servidores do que tinha em 2008 e, enquanto isso, a comunidade universitária dobrou de tamanho. Nós temos empreendido todos os esforços para que as próximas liberações de vagas sejam feitas a partir de um modelo que considere as especificidades de cada universidade, e não apenas como reposição das perdas ocorridas antes de 2010, quando foi implantada a reposição automática. O déficit da UFSCar é muito grande e já foi reconhecido pelo próprio MEC. Nossa expectativa é que novas contratações possam acontecer a partir de março, este é o compromisso do Ministério”, relatou o Reitor.
Targino de Araújo Filho comprometeu-se, durante a reunião, a voltar a Sorocaba nos próximos meses para apresentar o planejamento da atual gestão e, também, um relatório de seu primeiro ano de trabalho. O Reitor falou dos planos de instalação de uma unidade do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP) no Campus Sorocaba, nos moldes do que já acontece em Araras e São Carlos. “A ideia é que, inicialmente, as atividades aconteçam no Núcleo ETC. Nós estamos trabalhando para expandir a área do Campus e, quando esse processo estiver concluído, poderemos ter as instalações definitivas do IFSP no próprio Campus”, explicou Araújo Filho.

O Reitor destacou, durante a reunião, que pretende contar com a presença da Presidenta da República, Dilma Rousseff, no Campus Sorocaba, para a inauguração do edifício ATLab. “Recentemente, fui surpreendido pelo contato da Deputada Federal Iara Bernardi, que estava surpresa porque alguns docentes e técnico-administrativos do Campus Sorocaba a haviam procurado para dizer que a Reitoria não estaria preocupada com o Campus, que ele estaria ‘abandonado’. Eu mostrei a ela que isto não é verdade, e a comunidade universitária sabe o quanto estamos investindo – em recursos financeiros, trabalho e negociações políticas junto ao Governo Federal – para garantir o crescimento do Campus e o equacionamento de seus problemas. Para ter um indicador desse investimento, basta olharmos para os edifícios que estamos construindo aqui! Também foi dito à Deputada que, no MEC, alguns participantes da reunião teriam sido informados de que eu nunca solicitei mais servidores para o Campus Sorocaba, o que obviamente não aconteceu. É importante que vocês tomem ciência desses acontecimentos e que saibam que isso é muito ruim não só para o Campus, mas para toda a Universidade”, alertou Araújo Filho. “Nós não só nos preocupamos com o Campus como ficamos muito orgulhosos do quanto ele se desenvolveu em pouco tempo, e é por isso que queremos trazer a Presidenta aqui, para que ela veja de perto o que é o Campus Sorocaba da UFSCar”, concluiu.

Histórico
O processo de implementação da estrutura administrativa multicampi em Sorocaba começou em 2011, com a criação do Departamento de Gestão de Pessoas, vinculado à Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas.

No final de 2012 foi criada a Prefeitura do Campus Sorocaba e, em maio deste ano, o Conselho de Administração (CoAd) aprovou a estrutura organizacional da Prefeitura, com os departamentos de Manutenção Civil e Elétrica (DeMCE-S), de Serviços Gerais (DeSG-S) e de Administração de Contratos e Finanças (DeACF-S), além da Divisão de Desenvolvimento Físico e Obras (DiDFO-S). Também em 2012, em novembro, foi criada a estrutura vinculada à Secretaria Geral de Informática, com os departamentos de Serviços de Internet (DeSI-S), de Sistemas Computacionais (DeSiC-S) e de Suporte Computacional (DeSC-S).

Em março deste ano, o CoAd aprovou a criação das estruturas vinculadas às pró-reitorias de Graduação e de Assuntos Comunitários e Estudantis. O Departamento de Ensino de Graduação (DeEG-Sor) é composto pelas seções de Apoio Pedagógico (SeAP-Sor), de Controle Acadêmico (SeCA-Sor) e de Apoio Acadêmico (SeAA-Sor). Já o Departamento de Assuntos Comunitários e Estudantis tem seções de Assuntos Comunitários (SeAC-Sor) e de Assistência Social, Saúde e Esportes (SeASSE-Sor).

Em maio, foi aprovada a criação das unidades vinculadas à Pró-Reitoria de Administração e, também, a Seção de Comunicação Social de Sorocaba. A estrutura vinculada à ProAd tem o departamento de Orçamento, Finanças e Contabilidade (DeOFC-S) e o de Contratos, Compras, Almoxarifado e Patrimônio (DeCCAP-S), com seções de Compras (SeCom-S), Patrimônio (SePat-S) e Almoxarifado (SeAlm-S).

Comentários desativados em Reitor e pró-reitores participam de reunião do Conselho de Centro em Sorocaba

Filed under Gestão

Comments are closed.