Reitor da UFSCar integra Comitê Coordenador Nacional da Universidade em Rede do BRICS

O Reitor da UFSCar, Targino de Araújo Filho, participou, no dia 11 de setembro, da primeira reunião do Comitê Coordenador Nacional da Universidade em Rede do BRICS, iniciativa que visa promover a cooperação em Educação Superior, Ciência e Tecnologia entre os países do bloco – Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Além de Araújo – que é representante da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) no Comitê – integram o grupo representantes da Secretaria de Educação Superior (SESu) e da Assessoria Internacional do Ministério da Educação (MEC), das diretorias de Avaliação e de Relações Internacionais da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), da Associação Brasileira de Educação Internacional (Faubai) e do Conselho Nacional de Educação (CNE).

A ideia de criação da Universidade em Rede do BRICS surgiu no contexto de entendimentos entre os Chefes de Estados e Ministros de Educação dos países que integram o bloco e foi consolidada na Declaração de Brasília, firmada em 2 de março deste ano, por ocasião da 2ª Reunião de Ministros da Educação dos cinco países. O processo também leva em consideração o Memorando de Entendimento sobre a Cooperação em Ciência, Tecnologia e Inovação entre esses países, firmado em 18 de março. O próximo passo é a assinatura do documento fundador da iniciativa, que esteve em discussão na última semana em reunião na Rússia, com a presença de representantes do Governo brasileiro.

A Universidade em Rede deverá promover a realização de pesquisas colaborativas e intensificar a mobilidade acadêmica entre os países do bloco, com ênfase na criação de programas de pós-graduação que adotem padrões e critérios de qualidade comuns e prevejam o reconhecimento mútuo. A iniciativa também prevê o estabelecimento de algumas prioridades em relação às áreas do conhecimento a serem fomentadas, que ainda estão em discussão, mas devem incluir as áreas de energia; ciências da computação e segurança da informação; estudos sobre os BRICs; ecologia e mudanças climáticas; recursos hídricos e tratamento da poluição; economia, dentre outros.

Já a estrutura de governança da Universidade em Rede – que também ainda está em discussão – prevê a existência dos Comitês Coordenadores Nacionais, de um Conselho Gestor Internacional, de comitês nacionais temáticos ou disciplinares e de grupos de trabalho internacionais sobre as prioridades disciplinares. Dentre as atribuições do Comitê Coordenador Nacional estão: definir e divulgar os critérios e regras para participação das universidades brasileiras na Universidade em Rede; levantar dados, indicadores, experiências e documentos que forneçam os insumos necessários ao estabelecimento das áreas e modalidades de oferta de cursos; estabelecer critérios de seleção de estudantes; e propor sugestões de formas de financiamento, dentre outras.

Comentários desativados em Reitor da UFSCar integra Comitê Coordenador Nacional da Universidade em Rede do BRICS

Filed under Internacionalização

Comments are closed.