Projetos temáticos de extensão reúnem docentes de diferentes departamentos e campi da UFSCar

Os projetos aprovados no Edital Especial de Apoio à Realização de Projetos Temáticos de Extensão, nova modalidade de fomento criada em 2015 pela Pró-Reitoria de Extensão (ProEx), começam a ser desenvolvidos na UFSCar com atividades que envolvem a comunidade universitária de diferentes campi da Universidade. Ao todo, foram 27 projetos aprovados, sendo nove com aporte de recursos. O objetivo do edital é incentivar a formação de redes de atividade extensionista, que aglutinem diferentes programas, áreas de conhecimento e campi em torno de temas de natureza multi e transdisciplinar.

Isabela Aparecida de Oliveira Lussi, docente do Departamento de Terapia Ocupacional (DTO), coordena o projeto “Inclusão social pelo trabalho por meio da Economia Solidária: rumo ao cooperativismo social”, que envolve, além do DTO, os departamentos de Ciências Sociais (DCSo), Sociologia (DS) e Enfermagem (DEnf), bem como o Núcleo Multidisciplinar Integrado de Estudos, Formação e Intervenção em Economia Solidária (NuMI-EcoSol). O projeto trabalha com a formalização de uma cooperativa social de São Carlos, além de sensibilizar grupos de pessoas em desvantagem social de diferentes regiões do Estado de São Paulo para iniciativas de inclusão social pelo trabalho, fundamentadas nos princípios da economia solidária. Segundo Lussi, a estratégia geral do projeto é produzir conhecimento científico e tecnológico que aprofunde o debate relativo a Saúde Mental, desvantagem social, inserção laboral, cooperativismo social e economia solidária, e também gerar intervenções nas realidades dos grupos atendidos, que envolvem cerca de 300 pessoas. “Promovemos a articulação entre ensino, pesquisa e extensão nos moldes do que o NuMI-EcoSol vem fazendo na última década, e o edital de temáticos nos oferece outras possibilidades de promover ações institucionais que resultam em intervenções bastante práticas nas realidades. Trabalhamos com o fortalecimento de grupos que já existem, promovendo ações de inserção laboral de pessoas em desvantagem social, como jovens cumprindo medidas socioeducativas, pessoas com transtorno mental e pessoas em situação de rua. Um exemplo das ações é a rádio virtual autogestionada por esses jovens, que se capacitam profissionalmente e são estimulados através das ações do projeto”, conta a docente.

Em uma linha temática distinta, o projeto “Sistema da aquisição e transmissão de dados da aquicultura”, coordenado pelo docente do Departamento de Engenharia Elétrica (DEE) Osmar Ogashawara, trabalha com tecnologia para aprimorar a criação de peixes com equipamentos de baixo custo. Em parceria com os departamentos de Engenharia Mecânica (DEMec), de São Carlos; Biotecnologia e Produção Vegetal e Animal (DBPVA), do Campus Araras; e o Centro de Ciências da Natureza (CCN), do Campus Lagoa do Sino, o projeto prevê o desenvolvimento de um equipamento para aferir a qualidade da água de uma das lagoas do novo campus e relacioná-la com os parâmetros identificados para a boa criação de peixes. Ogashawara explica que a parte eletrônica do equipamento, com sensores que aferem a presença de oxigênio, a temperatura da água e outras características importantes para a presença dos animais, está sendo desenvolvida no âmbito do DEE, e a estrutura flutuante necessária contará com a colaboração do DEMec. Já o DBPVA contribui com os parâmetros para criação dos peixes e a articulação com pequenos criadores que possam se beneficiar da tecnologia de baixo custo. “Os estudantes terão a oportunidade de participar do desenvolvimento do hardware do equipamento, e com os conhecimentos do curso de Engenharia Elétrica poderão aplicar a base teórica na prática. Além disso, com o envolvimento das outras áreas do conhecimento, articulamos as diferentes experiências em um projeto que deverá gerar uma nova tecnologia com aplicação na região do Campus Lagoa do Sino, e também geramos dados que podem ser analisados em diversas pesquisas, além de promovermos o contato com os pequenos produtores, que se beneficiam do conhecimento produzido na Universidade”, avalia Ogashawara.

Comentários desativados em Projetos temáticos de extensão reúnem docentes de diferentes departamentos e campi da UFSCar

Filed under Extensão

Comments are closed.