ProACE: Censo da Moradia Estudantil orienta políticas de assistência estudantil da UFSCar

A Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (ProACE) da UFSCar realizou no ano passado o primeiro Censo da Moradia Estudantil no Campus São Carlos. Foram distribuídos 555 questionários nos 72 apartamentos da Moradia, e foi alocada uma urna para que os estudantes depositassem seus questionários anonimamente. As questões abordaram saúde, convivência, vida acadêmica, vida familiar e social, permitindo respostas de avaliação em escala e espaço para justificativas. Com 212 questionários respondidos, a equipe do Departamento de Serviço Social (DeSS) da ProACE analisou os resultados, que apontam acertos e fragilidades, orientando a formulação das políticas de assistência estudantil da Universidade, e, mais especificamente, a atenção ao público da Moradia interna.

Além de características como faixa etária dos moradores, cidade de origem, condições de saúde e prática de atividades físicas, o questionário buscou verificar a satisfação dos estudantes com diferentes aspectos da vida na Universidade. A convivência com moradores de outros apartamentos é boa ou ótima para 71%, e com moradores do próprio apartamento é boa ou ótima para 86% dos respondentes. Os serviços da ProACE foram avaliados como adequados ou razoáveis por 83% dos participantes. Quando questionados sobre o interesse em receber a Bolsa Espécie – auxílio em dinheiro pago em substituição à vaga na Moradia –, 54% dos estudantes respondeu não ter interesse, 12% afirmou o interesse e 34% disse talvez ter interesse. Entre os motivos apontados nas respostas negativas estão a praticidade de morar dentro da Universidade, facilidade de locomoção, satisfação com a Moradia e convívio com colegas. Nas respostas positivas para o interesse, foram indicados pontos como privacidade e conforto.

Para a Pró-Reitora Adjunta de Assuntos Comunitários e Estudantis, Maria Aparecida Mello, o primeiro Censo fornece um rico material para a ProACE, que tem a oportunidade de conhecer a Moradia Estudantil a partir da perspectiva de seus habitantes. “Elaboramos esse questionário com a intenção de olhar para a Moradia Estudantil pelo olhar dos estudantes, para entender suas percepções e aprimorar a relação que temos entre ProACE e estudantes. Buscamos relacionar a vida na Moradia com a vida acadêmica, social, condições de saúde e outros aspectos que são importantes para que conheçamos quem é o público alvo de nossas ações. A partir dessa medida de satisfação dos estudantes, temos mais um suporte para orientar nossas políticas e, também, para planejar mudanças que por vezes são simples e podem contribuir bastante para a qualidade de vida do estudante. Este foi um projeto piloto, e os resultados nos apontam onde precisamos melhorar até mesmo na aplicação do questionário”, avalia Mello. O questionário voltará a ser distribuído neste ano, após a consolidação da ocupação das vagas, e a expectativa é de que se crie uma série histórica, permitindo a avaliação da trajetória das percepções dos estudantes.

Comentários desativados em ProACE: Censo da Moradia Estudantil orienta políticas de assistência estudantil da UFSCar

Filed under Assuntos Comunitários e Estudantis

Comments are closed.