I Congresso de Pesquisadores de Economia Solidária discute desafios globais do trabalho com mediação solidária

conpes

Da esquerda para a direita, Wagner de Souza Leite Molina, Coordenador do NuMI-EcoSol; Débora Cristina Morato Pinto, Pró-Reitora de Pós-Graduação; Targino de Araújo Filho, Reitor da UFSCar; Wilson José Alves Pedro, Coordenador do PPGCTS; e Regina Yoneko Dakuzaku Carreta, Vice-Presidente da ABPES, durante a mesa de abertura do Congresso (Foto: Beatriz Maia/AECR)

De 17 a 19 de junho, a UFSCar sediou o I Congresso de Pesquisadores de Economia Solidária, com o tema “Desafios globais do trabalho com mediação solidária”. O evento foi organizado pela Associação Brasileira de Pesquisadores de Economia Solidária (ABPES) e pelo Núcleo Multidisciplinar Integrado de Estudos, Formação e Intervenção em Economia Solidária (NuMI-EcoSol) da UFSCar, com o apoio dos programas de pós-graduação em Ciência, Tecnologia e Sociedade (PPGCTS), em Sociologia (PPGS) e em Terapia Ocupacional (PPGTO) da Universidade.

O encontro promoveu reflexões sobre conceitos e práticas da economia solidária, tendo como contexto os aspectos do universo empírico de empreendimentos econômicos associativos e das políticas públicas. A programação contou com mesas redondas e grupos de estudos que trataram de temas como trabalho, cooperativismo, autogestão, desenvolvimento territorial e políticas públicas de geração de renda.

A mesa de abertura do Congresso contou com a presença do Reitor da UFSCar, Targino de Araújo Filho; da Pró-Reitora de Pós-Graduação, Débora Cristina Morato Pinto; do Coordenador do NuMI-EcoSol, Wagner de Souza Leite Molina; do Coordenador do PPGCTS, Wilson José Alves Pedro; e da Vice-Presidente da ABPES, Regina Yoneko Dakuzaku Carreta. Em sua fala, o Reitor ressaltou a importância do NuMI-EcoSol na UFSCar. “O NuMI é uma das preciosidades desta Universidade, e nos orgulha muito a forma pela qual ele concretiza a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão em todas as atividades que desenvolve. Desde 1998, quando o NuMI era uma incubadora, já o reconhecíamos como uma iniciativa pioneira, que nos dá o exemplo de como não podemos falar de excelência acadêmica sem compromisso social. Eu gostaria de parabenizar todos os pesquisadores envolvidos nessa iniciativa, e a ABPES, que comemora seus 10 anos na nossa casa, reunindo um grupo internacional de pesquisadores para discutir os desafios da economia solidária”, afirmou Araújo Filho.

A Vice-Presidente da ABPES, doutora pela UFSCar, destacou o início de sua carreira científica na antiga Incubadora da Universidade, e o momento de reflexão sobre o tema do evento. “Estamos comemorando os 10 anos da Associação com este evento que pela primeira vez reúne no Brasil pesquisadores da economia solidária de diversos países. É muito importante que possamos refletir sobre a questão mundial e os desafios que esta questão nos estimula a pensar, promovendo o intercâmbio de pesquisadores e ideias. É, também, muito especial para mim que isso aconteça aqui na UFSCar, onde fiz graduação, mestrado e doutorado e iniciei minha carreira sob a influência do que hoje é o NuMI-EcoSol”, disse Carreta.

Comentários desativados em I Congresso de Pesquisadores de Economia Solidária discute desafios globais do trabalho com mediação solidária

Filed under Eventos

Comments are closed.