Fórum de Pró-Reitores de Extensão discute inserção da extensão nos currículos dos cursos de graduação e a circulação de atividades culturais

Entre os dias 15 e 17 de abril, a Pró-Reitora de Extensão da UFSCar, Cláudia Maria Simões Martinez, participou da reunião da Regional Sudeste do Fórum de Pró-Reitores de Extensão (Forproex), junto com os coordenadores de Cultura, Wilson Alves-Bezerra, e de Atividades de Extensão, Fábio Gonçalves Pinto, da Pró-Reitoria de Extensão (ProEx). A reunião discutiu propostas de internacionalização da extensão, formas de inserção formal da extensão nos currículos dos cursos de graduação e a viabilização do projeto intitulado “Corredor Cultural”.

Na discussão sobre a inserção formal das atividades de extensão nos currículos dos cursos de graduação, a experiência da UFSCar com as Atividades Curriculares de Integração Ensino, Pesquisa e Extensão (Aciepes) foi compreendida como um modelo possível, em razão dos 13 anos de realização bem sucedida da Universidade de uma proposta que valoriza a extensão e, justamente, cria condições para que as atividades componham o currículo dos estudantes de graduação. “As Aciepes são um espaço privilegiado que construímos na UFSCar e que nos permite praticar a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão. O modelo que desenvolvemos valoriza a atividade, a coloca como parte da formação do estudante sem transformá-la em ensino apenas, no lugar que a extensão deve, de fato, ocupar. É uma experiência muito bem sucedida que tem contribuído para o fortalecimento da extensão na UFSCar e, principalmente, para a formação dos nossos estudantes”, avalia Martinez.

O Fórum concluiu pela necessidade de avançar na construção de estratégias para o processo de creditação das atividades de extensão, considerando a meta estabelecida no Plano Nacional de Educação de que 10% dos créditos exigidos nos cursos de graduação digam respeito a atividades desenvolvidas em programas e projetos de extensão. Tais estratégias deverão buscar que as atividades de extensão estejam previstas nos projetos pedagógicos dos cursos, reconhecendo assim a extensão como parte fundamental da formação dos estudantes, a partir de uma discussão que tem envolvido também o Colégio de Pró-Reitores de Graduação (CoGrad) das Instituições Federais de Ensino Superior.

Já o projeto “Corredor Cultural” vem sendo delineado desde o começo deste ano e já conta com a adesão de 20 universidades da região Sudeste – incluindo a UFSCar –, que encaminharam 71 propostas de atividades culturais. O projeto visa promover a circulação de atividades culturais entre universidades públicas de todo o País e, neste momento, enfrenta o desafio de viabilizar o financiamento para tanto. Uma versão piloto deve acontecer ainda este ano, no segundo semestre, a partir de reunião agendada para julho, quando serão definidos calendário e destinos das apresentações. A UFSCar convidou sua Orquestra Experimental, o Núcleo Ouroboros de Divulgação Científica e o coral Madrigal UFSCar para integrar essa primeira versão do Corredor.

Comentários desativados em Fórum de Pró-Reitores de Extensão discute inserção da extensão nos currículos dos cursos de graduação e a circulação de atividades culturais

Filed under Extensão

Comments are closed.