Equipe da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas define projetos prioritários na área de Saúde e Segurança do Trabalho para os próximos dois anos

A partir da criação da Divisão de Saúde e Segurança do Trabalho (DiSST) da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (ProGPe) da UFSCar, em 2011, uma série de projetos vêm sendo construídos para consolidar a área e, justamente, aprimorar as condições de Saúde e Segurança nos ambientes de trabalho da Universidade. Como noticiamos recentemente, a partir da conclusão do processo de revisão dos laudos de condições ambientais de trabalho nos campi da UFSCar e do início da identificação das condições de segurança dos laboratórios da Instituição, identificou-se a necessidade de definir políticas de segurança e metas para avançar nesse sentido nos próximos anos.

Para isso, a ProGPe reuniu toda a equipe responsável pela área e delineou oito projetos, que visam dar continuidade às ações já estabelecidas. Os projetos foram pensados a partir do diálogo com gestores das unidades da Universidade e das demandas recebidas pela Pró-Reitoria ao longo dos últimos anos, de forma a promover a responsabilidade compartilhada, envolvendo toda a comunidade universitária.

A Pró-Reitora Adjunta de Gestão de Pessoas, Márcia Cristina dos Santos B. de Oliveira, explica que a equipe está empreendendo esforços para uniformizar os procedimentos de segurança da Universidade. “Esse esforço está apoiado no trabalho que vimos desenvolvendo ao longo dos últimos anos. Os oito projetos que compõem essa ação vêm no sentido de consolidar as ações que desenvolvemos, muitas vezes, isoladamente. Com isso, visamos criar uma política de segurança da Universidade, estruturando de forma bastante objetiva os procedimentos fundamentais que devem ser observados constantemente”, comenta.

Os oito projetos prioritários são: 1. Procedimentos e responsabilidades na temática da segurança; 2. Segurança nos laboratórios acadêmicos; 3. Avaliação ergonômica das condições de trabalho; 4. Equipamentos de proteção individual; 5. Manual de especificação, técnica e de procedimentos; 6. Sistema de combate a incêndios; 7. Laudos e avaliações individuais; e 8. Programa de Prevenção de Riscos Ambientais. Para a implementação, já foram definidas as ações principais de cada um dos projetos, que serão desenvolvidas continuamente. Um exemplo disso é o acompanhamento dos laudos técnicos. O planejamento envolve a definição de um prazo para a próxima revisão, bem como um questionário que os gestores deverão preencher no caso de alteração no ambiente, para que a DiSST possa reavaliar as condições.

Além do acompanhamento de ações já consolidadas, há proposições ainda em caráter experimental, como no que diz respeito à ergonomia. Nesse caso, uma parceria inicial entre a ProGPe, a Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (ProACE), a Pró-Reitoria de Extensão (ProEx) e pesquisadores dos departamentos de Fisioterapia e de Enfermagem está dando suporte a um projeto piloto que visa identificar e aprimorar as condições ergonômicas em ambientes específicos da Universidade. Definições adicionais acerca de cada um dos projetos acontecerão na medida do avanço das ações.

Comentários desativados em Equipe da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas define projetos prioritários na área de Saúde e Segurança do Trabalho para os próximos dois anos

Filed under Gestão de pessoas

Comments are closed.