Docente da UFSCar integra coordenação do Fórum Nacional dos Mestrados Profissionais

A Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Gestão de Organizações e Sistemas Públicos (PPGGOSP) da UFSCar, Maria Cristina Comunian Ferraz, foi eleita Vice-Coordenadora da região Sudeste do Diretório Nacional do Fórum Nacional de Mestrados Profissionais (Foprof) para o biênio 2016-2017. O Foprof congrega coordenadores de mestrados profissionais de todas as áreas do conhecimento de todo o País, de universidades públicas e privadas, e é voltado à proposição de políticas e diretrizes básicas que permitam a institucionalização e a articulação entre os cursos. Além disso, funciona como interlocutor com a Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), encaminhando propostas aprovadas pelo plenário e promovendo constante diálogo. A Coordenação da Região fica a cargo de Teresa Cristina Janes Carneiro, da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).

Ferraz explica que a diversidade de áreas do conhecimento e regiões geográficas reunidas no Fórum proporciona debates ricos, que dão aos coordenadores um extenso panorama do cenário dos mestrados profissionais no País. “Estamos habituados a discutir com colegas de nossas áreas de conhecimento, subdivididas pela Capes, nas quais os desafios comuns são debatidos. No espaço do Foprof, vislumbramos soluções para problemas que por vezes ainda não enfrentamos, e que podem aparecer no futuro. Além disso, os critérios de avaliação da Capes são diferentes para mestrados acadêmicos e profissionais, então é importante termos um espaço específico para que possamos discutir esses critérios, e contribuir para o aprimoramento dessa modalidade de pós-graduação”, avalia. De acordo com a definição da Capes, o objetivo do mestrado profissional é contribuir com o setor produtivo nacional no sentido de agregar um nível maior de competitividade e produtividade a empresas e organizações, sejam elas públicas ou privadas.

Para esta gestão, Ferraz destaca que as formas de financiamento dos mestrados profissionais estão entre os principais pontos de discussão do Foprof. “Entre os temas que trabalharemos neste biênio estão, principalmente, as formas de financiamento e as regulamentações federais acerca deste ponto. Também daremos continuidade aos debates sobre os critérios de avaliação da Capes. Também pretendemos dar início ao que chamamos de consolidação do perfil do egresso, discutindo formas de avaliar a qualidade da formação oferecida ao aluno. Considero muito importante representar a UFSCar neste Fórum, pois é mais um espaço em que a Universidade tem a oportunidade de levar suas propostas e conhecer a diversidade da pós-graduação de nosso país, para seguir contribuindo com sua experiência e aprendendo junto às demais instituições”, avalia Ferraz.

Comentários desativados em Docente da UFSCar integra coordenação do Fórum Nacional dos Mestrados Profissionais

Filed under Gestão de pessoas, Políticas de Educação e CTI, Pós-graduação

Comments are closed.