CPA divulga resultados da avaliação dos cursos de graduação da UFSCar realizada em 2014

Estão disponíveis no site da Comissão Própria de Avaliação (CPA) da UFSCar os resultados da avaliação dos cursos de graduação realizada em 2014, junto a estudantes e docentes. Em consonância com o ciclo do Sistema Nacional de Avaliação do Ensino Superior (Sinaes), integraram o processo no ano passado os 34 cursos que participaram do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) em 2014, ou que não realizam o Exame.

O processo de avaliação – realizado em parceria com a Divisão de Desenvolvimento Pedagógico da Pró-Reitoria de Graduação e com o Centro de Estudo do Risco do Departamento de Estatística – visa aferir a percepção de estudantes e docentes sobre sete dimensões: Participação em atividades além das disciplinas obrigatórias; Trabalho da Coordenação de Curso; Condições de funcionamento do Curso/Universidade; Condições didático-pedagógicas do professor; Satisfação com o curso; Satisfação com a Universidade; e Valorização da formação. A avaliação é realizada a partir da aplicação de questionários online e, para que os resultados sejam considerados significativos e, assim, sejam divulgados, é preciso atingir a meta estatística determinada.

No caso da avaliação pelos estudantes, participaram do processo 1.817 alunos, sendo 64% do Campus São Carlos, 28% de Sorocaba, 6% de Araras e 2% do Campus Lagoa do Sino. Dos 34 cursos, apenas dois não atingiram a meta estatística e, portanto, não tiveram os seus resultados específicos divulgados.

Os resultados gerais indicam que, em relação à avaliação do envolvimento em outras atividades além das disciplinas obrigatórias de cada curso, há grande participação dos estudantes em congressos, simpósios, palestras e eventos similares e, de outro lado, a percepção de carência de oportunidades de envolvimento em atividades de extensão, disciplinas eletivas, monitoria de disciplinas e atividades esportivas.

Já em relação à coordenação e às condições de funcionamento dos cursos, os estudantes, em média, indicaram estarem parcialmente satisfeitos, com destaques positivos em relação à organização didático-pedagógica e ao funcionamento dos cursos; ao atendimento oferecido nas bibliotecas; e à adequação do apoio de pessoal técnico nas aulas práticas. A partir da análise dessas dimensões, é indicada, de outro lado, a necessidade de aprimoramento do funcionamento dos conselhos de curso e, também, a demanda por melhorias nas orientações oferecidas aos estudantes, dentre outras ações necessárias ou desejáveis. Os resultados evidenciam também a demanda por alterações no horário de funcionamento da Divisão de Gestão e Registro Acadêmico (DiGRA). Porém, quando questionados em relação à sua satisfação com o curso que escolheram, os estudantes, em média, manifestaram-se positivamente, indicando que a escolha feita está de acordo com suas aptidões e capacidades, bem como possibilitará sua realização profissional, além de, em geral, não cogitarem a mudança de curso e/ou universidade.

Nas questões relacionadas às condições didático-pedagógicas dos professores, os estudantes também fizeram avaliações positivas, especialmente quanto ao domínio do conteúdo e à assiduidade e pontualidade dos docentes. E, finalmente, no que diz respeito à valorização de sua formação, os estudantes indicaram estar, em geral, satisfeitos com a formação no que diz respeito às dimensões de aquisição de conhecimento científico; capacidade de aquisição de conhecimento de forma autônoma; desenvolvimento pessoal; e domínio de habilidades de comunicação, negociação e cooperação. De outro lado, a avaliação evidenciou a necessidade de tornar mais frequentes as oportunidades de contato com problemas de pesquisa e extensão relacionados à futura prática profissional e cidadã dos estudantes; diversificar as oportunidades de desenvolvimento da capacidade de questionar; e intensificar processos voltados à compreensão das relações Homem, Ambiente, Tecnologia e Sociedade.

“O processo de avaliação que, historicamente, vimos desenvolvendo na UFSCar, acontece na perspectiva da emancipação, que busca o autoconhecimento e o compromisso político com o aprimoramento constante da formação oferecida aos nossos estudantes. Assim, em dezembro do ano passado nós apresentamos os resultados aos coordenadores dos cursos, já com algumas sugestões de ações urgentes, necessárias e/ou desejáveis. Agora, a expectativa é que a comunidade como um todo discuta esses resultados, visando a implantação de melhorias. Embora possamos avaliar como positivos os resultados no que diz respeito à média dos estudantes e dos cursos – já que apenas 7% dos participantes estão insatisfeitos –, nosso compromisso, sem dúvida, é com a observação das especificidades de cada curso e das diferentes dimensões, para que possamos, coletivamente, estruturar estratégias de aprimoramento dos pontos em que são identificados problemas”, afirma o Coordenador da CPA, José Carlos Rothen.

Os resultados detalhados por curso e para os corpos discente e docente podem ser conferidos no site da CPA, em www.cpa.ufscar.br.

Comentários desativados em CPA divulga resultados da avaliação dos cursos de graduação da UFSCar realizada em 2014

Filed under Avaliação, Graduação

Comments are closed.