Category Archives: Sem categoria

ConsUni recebe convidados externos para a pauta do cenário orçamentário nesta sexta

Devido à gravidade do cenário orçamentário da UFSCar em 2022, que sofreu novo corte de cerca de R$ 2,3 milhões, e à importância do tema, a questão orçamentária será pauta única da 262ª Reunião Ordinária do Conselho Universitário (ConsUni) que acontece nesta sexta-feira (1/7), às 9 horas, com transmissão ao vivo pelo canal UFSCar no YouTube.
A reunião contará com a presença dos representantes do Conselho de Curadores da UFSCar e de convidados externos que trarão informações sobre o impacto do corte orçamentário nas IFES, na Ciência e Tecnologia, além de discussão sobre o cenário político e econômico e movimentos que estão sendo organizados pela reversão do cenário. Acompanhe!


Leave a Comment

Filed under Sem categoria

Programa para Formação de Competência em Informação investe no aperfeiçoamento contínuo da equipe do SIBi

Com o intuito de promover a educação continuada da sua equipe, bem como aprimorar os produtos e serviços oferecidos pelas bibliotecas para a comunidade interna e externa da UFSCar, o Sistema Integrado de Bibliotecas (SIBi) implementou, em 2021, o  Programa de Formação de Competência em Informação (CoInfo SIBi-UFSCar), que acaba de finalizar o seu segundo ciclo de formação. A expectativa é que, futuramente, seja oferecido um programa de competência em informação para a comunidade acadêmica.

A diretora do SIBi, Camila Cassiavilani, destaca que, para além da capacitação, o Programa permite uma maior integração da equipe das bibliotecas e unidades do SIBi que estão nos quatro Campi, além de proporcionar momentos de compartilhamento e trocas de experiências entre os membros da equipe, o que enriquece as relações, o fluxo de trabalho, resultando em benefício tanto para os profissionais quanto para os usuários. 

“Coordenado pela bibliotecária do SIBi, Cristina Marchetti Maia, o Programa CoInfo já apresenta resultados positivos, pois, além das aulas, que servem como base para novos aprendizados, são produzidos conteúdos que auxiliarão as equipes nas rotinas das bibliotecas ao mesmo tempo que colocam novos conteúdos à disposição da comunidade de usuários”, explica.

As temáticas abordadas até o momento e que em breve estarão disponíveis para a comunidade são: “Pesquisa acadêmica: busca e avaliação da informação” e “Boas práticas na pesquisa acadêmica e científica”. 

O trabalho foi iniciado a partir de rodas de conversa internas para o mapeamento das ações promovidas. A partir daí, foram delineadas as estratégias formativas estruturadas em Ciclos semestrais temáticos on-line que são organizados no Google Classroom. Ao final de cada Ciclo, é criado um conteúdo de forma colaborativa pelos profissionais do SIBi que participaram do curso, tendo como base o conteúdo das aulas, que será disponibilizado em acesso aberto para a comunidade da UFSCar e externa.

O primeiro ciclo de formação, iniciado em setembro de 2021 com o tema “Pesquisa acadêmica: busca e avaliação da informação”, teve como foco a dimensão técnica da Competência em Informação e foi composto por seis aulas. Como resultado desse Ciclo de formação, foi desenvolvido o “Guia Prático de Recursos Informacionais da UFSCar”, com lançamento previsto para julho de 2022.

O segundo ciclo, iniciado em março de 2022, com o tema “Uso ético da informação e boas práticas na pesquisa acadêmica”, trabalhou com a dimensão ética da Competência em Informação e foi composto por três aulas. A partir do trabalho realizado, a equipe envolvida está elaborando um conteúdo educativo sobre boas práticas na pesquisa acadêmica e científica, com lançamento previsto para o segundo semestre deste ano.

O Programa faz parte do Plano de Desenvolvimento de Pessoas (PDP) da Divisão de Desenvolvimento de Pessoas (DiDP) da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (ProGPe) e conta com o apoio da Pró-Reitoria de Extensão (ProEx) e parcerias com a Coordenadoria de Inovações Pedagógicas e Formativas (CIPeF) da Secretaria Geral de Educação à Distância (SEaD) da UFSCar e do Grupo de Competência em Informação (GT-CoInfo) da Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas de Informação e Instituições (FEBAB). 

Leave a Comment

Filed under Sem categoria

UFSCar inicia entrega de propostas para políticas de Educação e CT&I

A Administração Superior da UFSCar iniciou hoje (9 de junho) uma programação de entrega de pauta de reivindicações para políticas – nos âmbitos federal e estadual – de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação a dirigentes partidários, pré-candidatos e/ou, futuramente, candidatos, e outros atores relevantes no contexto do processo eleitoral que se concretizará em 2022.
A pauta traz 11 temas considerados fundamentais para que a UFSCar e as demais instituições públicas de Ensino Superior possam cumprir sua missão de promover o ensino, a pesquisa e a extensão com excelência e compromisso social.
As reivindicações presentes no documento dizem respeito à implementação de políticas públicas que tenham compromisso com a garantia da autonomia universitária, com o Ensino Superior gratuito e com as ações de democratização do acesso e de permanência estudantil na graduação e pós-graduação. Os tópicos incluem financiamento adequado; ampliação dos quadros de pessoal; investimentos em pesquisa e inovação; manutenção da indissociabilidade entre formação e produção do conhecimento; ampliação e aprimoramento contínuo da relação com os órgãos de fomento; oferta de políticas de indução que fortaleçam o papel das universidades no desenvolvimento tecnológico, social e ambiental em suas regiões de atuação; estímulo à extensão universitária e reconhecimento de seu papel no fortalecimento das políticas públicas; e expansão do Hospital Universitário da UFSCar.
Nesta quinta-feira, a carta foi entregue pela Reitora, Ana Beatriz de Oliveira, a Fernando Haddad, pré-candidato ao governo de São Paulo, professor da Universidade de São Paulo (USP) e ex-ministro da Educação (2005 a 2012), que esteve em São Carlos em agenda que incluiu visitas à USP e à UFSCar.

Leave a Comment

Filed under Sem categoria

CoGePe cria Comissão de Conciliação para acompanhar e mediar situações referentes ao retorno presencial das atividades

Em reunião online, Conselho de Gestão de Pessoas (CoGePe) criou Comissão de Conciliação

O Conselho de Gestão de Pessoas (CoGePe) criou uma Comissão de Conciliação para acompanhar e mediar durante o retorno às atividades presenciais possíveis conflitos entre chefias e servidores do grupo de risco da Covid-19, com comorbidades, que não têm indicação médica de afastamento, mas não se sentem confortáveis para o retorno às atividades presenciais – mesmo com todos os protocolos de segurança, como máscaras e distanciamento. A Comissão conta com representantes docentes, técnico-administrativos e da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (ProGPe).

O encaminhamento para a criação do espaço de mediação surgiu na última reunião do Conselho Universitário (ConsUni), que definiu que qualquer pessoa que não se sentir segura em realizar atividades presenciais deve reportar a sua chefia. A comissão criada entra em ação para propor alternativas intermediárias quando não houver acordo entre as partes. O grupo será responsável por ouvir os envolvidos, analisar as situações, verificar possibilidades e tentar negociações e encaminhamentos, inclusive com os departamentos acadêmicos.

“O servidor não pode deixar de cumprir as suas obrigações, mas pode pensar em formas de fazer o seu trabalho e estar mais protegido. Com bom senso e com paciência, a ideia é acolher e tentar entender como podemos mediar para que essa pessoa consiga retomar gradualmente as suas atividades de uma forma que ela se sinta segura”, afirmou Jeanne Liliane Marlene Michel, Pró-Reitora de Gestão de Pessoas.

Considerando a ausência de dispositivo legal que viabilize o afastamento de pessoas com comorbidades de atividades presenciais, já que o Governo definiu que todo servidor tem que voltar à atividade presencial a partir do dia 6 de junho, a intenção é buscar ferramentas para viabilizar menos estresse e mais possibilidades, sem prejuízo para a atividade finalística da instituição. “Devemos proteger os servidores, mas sem desobedecer às normas. Alguns acordos entre servidores e chefias já têm ocorrido para redistribuição de tarefas que devem ser executadas de maneira presencial”, ressaltou a gestora.

“É louvável que tenhamos uma Comissão desse tipo. É uma tarefa que não é fácil, mas é muito importante o acompanhamento das pessoas com comorbidade que estejam com dificuldade na sua transição para o retorno das atividades presenciais”, avaliou o professor Daniel Vendruscolo, docente do Departamento de Matemática e integrante do CoGePe. Os acordos devem ser pensados até outubro, fim do primeiro semestre letivo de 2022. “Até lá já saberemos com mais certeza o rumo que essa pandemia vai tomar”, conclui a Pró-Reitora.

Leave a Comment

Filed under Sem categoria

Propostas de gestão da alimentação e de suprimentos e logística são apresentadas no CoAd

Presidida pela Reitora, Ana Beatriz de Oliveira, reunião terá segunda sessão na próxima sexta, às 14 horas

A segurança alimentar da comunidade universitária, um dos temas centrais da atual administração da Pró-Reitoria de Administração (ProAd), foi um dos pontos de pauta da 62ª Reunião Ordinária do Conselho de Administração (CoAd), realizada na última sexta-feira (6/5), a partir da apresentação da proposta de gestão da alimentação nos campi, desenvolvida pela Coordenadoria de Rede Integrada de Segurança Alimentar (CRISA).

A proposta foi apresentado pelo coordenador da CRISA, Fernando Henrique Donizeti Paganelli, que falou sobre o surgimento do projeto, em 2021, a partir da aprovação da coordenadoria que desenvolveu essa proposta, em conjunto com a Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (PRoACE). A proposta traz um conceito de sistema integrado de segurança alimentar que envolve os quatro campi na mesma estratégia de atuação, padronizando os serviços do Restaurante Universitário (RU), as atividades das lanchonetes, dos serviços de food trucks, a partir da instalação de praças de alimentação em locais e com estrutura adequadas, e dos vendedores autônomos por meio de capacitação e normativas para a realização das atividades de forma segura.

A proposta prevê também a criação de espaços para a agricultura familiar, de hortas comunitárias – com o envolvimento dos estudantes -, espaços comunitários para alimentação nos campi e a oferta de espaços com minimercado em containers.

Também foram apresentados os principais pontos do contrato do RU para o segundo semestre de 2022 que traz o diferencial de ser unificado para todos os campi, além da melhoria no cardápio, com a oferta de suco, duas opções de proteína e de desjejum.

Além disso, Paganelli destacou as ações de planejamento do retorno do atendimento presencial, como, por exemplo, a adaptações de espaços, com novos mobiliários, aumento do número de catracas e de balcões para os alimentos, para evitar filas e melhorar o fluxo. Para esse planejamento, foi montado o Grupo de Apoio à Gestão do Restaurante Universitário, que conta com a participação de representantes da CRISA, ProAd, ProACE e de estudantes para pensar nas estratégias para o RU, a partir de encontros semanais.

Paganelli tratou ainda da atuação do RU durante a pandemia no atendimento à comunidade universitária, principalmente dos estudantes, para garantir o acesso às refeições através de entrega de refeições, kits e do sistema de entrega em domicílio.

Outro importante ponto de pauta foi a apresentação da Coordenadoria de Suprimentos e Logísticas (CSLog) sobre a gestão de suprimentos, incluindo análise do fornecimento de máscaras entre os meses de janeiro e abril de 2022.

Fábio Zuccolotto Ferreira, coordenador da CSLog, destacou a implementação do novo sistema de requisições de materiais, a partir de um módulo dentro do Sistema de Apoio à Gestão Universitária Integrada (SAGUI) – SAGUI Suprimentos, com novas funções que incluem uma vitrine de produtos de fácil visualização, ferramentas para o levantamento de chamadas para exercícios seguintes e as modalidades de requisição: almoxarifado, ata de registro e licitação.

Outro ponto abordado foi o orçamento da ordem de R$ 581 mil para as demandas de materiais de estoque e do almoxarifado virtual e de 1,5 milhões para investimentos em equipamentos e mobiliários.

A aquisição de materiais para o retorno total das atividades presenciais nos campi, como máscaras e álcool 70%, bem como testes para a Covid-19, e os necessários para as aulas práticas foram também compartilhados com os conselheiros.

O conselho deliberou pela homologação das aprovações ad referendum de adesão de docentes aos programas de Professor Sênior e de Docência Voluntária, de aquisição de materiais para os departamentos de Física, Química e Engenharia de Materiais, bem como a prorrogação do Projeto de Desenvolvimento Institucional (ProDIn) “Ampliação do parque de usinas solares fotovoltaicas na UFSCar”.

A proposta de projeto de extensão que contempla ações voltadas à área de vegetação do Campus São Carlos e a análise do ProDIn “ Ensino-aprendizagem e formação de estudantes em contextos práticos”, submetido pela Secretaria de Educação a Distância (SEaD), serão apreciadas em reunião extraordinária do CoAd a ser realizada na próxima sexta-feira (13/5), às 14 horas, com transmissão ao vivo no canal UFSCar Oficial no YouTube.

Leave a Comment

Filed under Sem categoria