Category Archives: Inovar

Inscrições abertas para Desafio de Satélites da SNCT

Interessados podem se inscrever de 15 a 17 de outubro. A organização conta com a participação da UFSCar.

Estudantes do Ensino Fundamental II, Médio, Técnico e Superior, além de interessados que não estejam cursando nenhum destes níveis, podem se inscrever para o Desafio da Semana Nacional de Ciência e Tecnolocia (SNCT), no âmbito da 1ª Olimpíada Brasileira de Satélites do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI)Os eventos irão ocorrer de 17 a 23 de outubro.

A atividade é organizada pela 1ª Olimpíada Brasileira de Satélites MCTI, coordenada pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) por meio do Prof. Dr. Rafael Vidal Aroca*. O projeto se dá em parceria ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), à Agência Espacial Brasileira (AEB) e à Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo (EESC-USP).

O Desafio – Podem se inscrever equipes de 2 a 4 pessoas e mais um orientador (responsável legal), que deve ter mais de 18 anos. O desafio conta com palestras e minicursos e, ao final, os participantes deverão enviar seus projetos na forma de vídeos e documentos, os quais que serão avaliados por uma comissão de especialistas. Os melhores projetos poderão ser premiados. Confira a programação aqui.

Para a Reitora da UFSCar, Profª. Drª. Wanda Hoffmann, atuar na linha de frente da organização desta Olimpíada é uma oportunidade ímpar. “Formar pessoas por meio do conhecimento e transformar realidades por meio da Ciência é o que nos move”, explica a Reitora. “É uma honra, para a UFSCar, atuar na 1ª Olimpíada Brasileira de Satélites do MCTI, com enorme potencial de transformar o futuro de crianças, jovens e adultos por todo País”, conclui Wanda Hoffmann.

Satélites no nosso dia a dia – São utilizados para comunicações, monitoramento ambiental, segurança de fronteira, serviços de localização e até em jogos. Na Olimpíada, o objetivo é aproximar estas tecnologias de estudantes de todas as idades.

“A área de Satélites é cativante. Queremos motivar os estudantes e capacitá-los para que possam criar, projetar e participar da 1ª Olimpíada Brasileira de Satélites – isso tudo em equipe e se desafiando a cada dia”, afirma o Prof. Dr. Rafael Vidal Aroca, Coordenador da Olimpíada na UFSCar.

Inscrições – O prazo para inscrição é de 15 a 17 de outubro, pela internet. Interessados de todo Brasil podem participar.

São 3 categorias:

1. Satélites e Inteligência Artificial
2. Arte espacial
3. Aplicações de satélites

OBS: Destacamos que este Desafio faz parte da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT). A 1ª Olimpíada Brasileira de Satélites ocorrerá em 2021.

Informações:
-> Edital – acesse aqui
-> Facebook da 1ª Olimpíada de Satélites MCTI – clique aqui
-> Site da 1ª Olimpíada de Satélites MCTI – clique aqui

*Rafael Vidal Aroca é Professor do Departamento de Computação (DC) da UFSCar, Diretor da Agência de Inovação da Universidade e Coordenador da 1ª Olimpíada Brasileira de Satélites MCTI.

Desafio da 1ª Olimpíada Brasileira de Satélites MCTI tem inscrições abertas

Leave a Comment

Filed under Divulgação científica, Efemérides, Eventos, Extensão, Gestão, Inovar, Oportunidades, Políticas de Educação e CTI, Prêmios

Estudantes da UFSCar poderão participar de capacitação à Indústria 4.0

Promovida pelo Ministério da Educação, Universidades com Unidades EMBRAPII poderão participar. A UFSCar foi credenciada em junho deste ano.

Lançado nesta quinta-feira (8), estudantes de Institutos e Universidades Federais com Unidades EMBRAPII poderão participar do Programa Capacitação 4.0. O lançamento foi feito pelo Ministério da Educação (MEC) em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e à Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII).

De modo remoto, estiveram presentes no lançamento a Reitora da UFSCar, Wanda Hoffmann, e o Diretor da Agência de Inovação da UFSCar, Rafael Vidal Aroca.

A capacitação abordará soft e hard skills – ou seja, habilidades socioemocionais, liderança, empreendedorismo, criatividade, data science, big data, inteligência artificial, aprendizado de máquina, dentre outros aspectos. “Investir em nossos estudantes, possibilitando que se capacitem cada vez mais, é trabalhar pela Ciência e pelo futuro do País”, afirma a Reitora da UFSCar, Wanda Hoffmann.

Conforme explica o Diretor da Agência de Inovação da UFSCar e Vice-Coordenador da Unidade EMBRAPII-CCET-UFSCar, Rafael Vidal Aroca, “termos uma Unidade EMBRAPII nos torna, enquanto Instituição, mais competitivos no cenário nacional. Nossa possibilidade de transformação da sociedade é potencializada”, conclui.

“O ensino técnico da UFSCar é sólido, mas trabalhar em níveis de chefia e gerência exige outras habilidades, como as de relacionamento, que são chamadas de soft skills“, ressalta Ernesto Chaves Pereira de Souza, Coordenador da Unidade EMBRAPII-CCET-UFSCar.

O Programa – A EMBRAPII será condutora do Programa Capacitação 4.0. Referência no setor de inovação e tecnologia industrial, em 2020 a UFSCar foi aprovada para possuir uma Unidade EMBRAPII. O credenciamento ocorreu em maio de 2020. Ao todo são 49 unidades credenciadas em todo o Brasil.

A UFSCar aguarda novas orientações do MEC para apresentar mais informações à comunidade.

A UFSCar foi aprovada para possuir uma Unidade EMBRAPII em maio de 2020 (Foto: Freepik)

Leave a Comment

Filed under Graduação, Inovar, Oportunidades, Pesquisa, Pós-graduação

Evento virtual apresenta a Olimpíada Brasileira de Robótica

Em uma simulação de ambiente hostil, apenas um robô completamente autônomo pode resgatar vítimas sem interferência humana. O objetivo é que este robô desvie dos escombros e leve as pessoas até uma região segura em que os humanos já possam assumir os cuidados. Esta é a prova prática da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR).

No Estado de São Paulo (SP), foram quase 1.000 equipes inscritas para a Etapa Prática, em 2019. Na modalidade teórica, mais de 500 participantes atingiram a nota de corte na primeira fase. São resultados significativos e que nos levam a crer que a robótica caminha para se tornar uma das grandes áreas de pesquisa. De natureza interdisciplinar, a robótica integra diversos conhecimentos.

UFSCar – A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) tem participação de destaque na Olimpíada Brasileira de Robótica – OBR. A Coordenação Nacional ficou, por 3 anos consecutivos (de 2016 a 2019), a cargo dos Professores Rafael Vidal Aroca (Departamento de Computação – DC) e Tatiana Pazelli (Departamento de Engenharia Elétrica – DEE). Em 2020, o Representante Estadual, em São Paulo (SP), é o Professor Rafael V. Aroca.

Evento – Hoje, às 16h, o Professor Rafael irá participar de apresentação da OBR a todos os interessados. O evento “Engrenando com Café” será on-line, com transmissão pelo YouTube.

Acesse aqui para assistir.

Saiba mais sobre a Olimpíada Brasileira de Robótica aqui.

Participante da Olimpíada Brasileira de Robótica (Foto: Jonal DHoje Interior)

Participante da Olimpíada Brasileira de Robótica (Foto: Jonal DHoje Interior)

Leave a Comment

Filed under Eventos, Extensão, Inovar, Políticas de Educação e CTI

UFSCar tem projetos selecionados em edital da CAPES para COVID-19

Ao todo, 545 propostas foram avaliadas e apenas 31 aprovadas, sendo 3 delas da UFSCar

A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) teve três projetos de pesquisa e formação de recursos humanos na pós-graduação stricto sensu selecionados pelo Edital nº 09/2020, do Programa de Combate a Epidemias da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). O resultado preliminar foi publicado na sexta-feira (19), no Diário Oficial da União. O edital, que recebeu 545 propostas, previa a escolha de 30. Devido à alta qualidade, 31 atingiram a avaliação máxima e serão implementados.

Os três projetos da UFSCar são: “Imunossensores flexíveis nanoestruturados de ouro e platina para a detecção da COVID-19”, coordenado pelo Professor Bruno Campos Janegitz, do Departamento de Ciências da Natureza, Matemática e Educação (DCNME), campus Araras; “Desenvolvimento de Tecidos Inteligentes para Meios Filtrantes com Caráter Biocida e Virucida”, coordenado pela Professora Mônica Lopes Aguiar, do Departamento de Engenharia Química (DEQ), campus São Carlos; “Diagnóstico, Prevenção e Tratamento – contribuição do PPGQ-UFSCar ao enfrentamento da COVID-19 e outras pandemias” coordenado pelo Professor Ronaldo Censi Faria, do Departamento de Química (DQ), campus São Carlos.

“O resultado da CAPES comprova a excelência da UFSCar em pesquisa e como a Universidade pode impulsionar o desenvolvimento científico no País. Mesmo nesse momento de pandemia, a UFSCar mantém seu protagonismo e está seguindo em frente, superando desafios e transformando a nossa sociedade”, disse a Reitora da UFSCar, Wanda Hoffmann.

Programa de Combate a Epidemias é um conjunto de ações de apoio a projetos, pesquisas e formação de recursos humanos para enfrentar a COVID-19 e estudar temas relacionados a endemias e epidemias. Duas dimensões estruturam o Programa: Ações Estratégicas Emergenciais Imediatas e Ações Estratégicas Emergenciais Induzidas em Áreas Específicas. No total, serão concedidas 2,6 mil bolsas e investimento de R$ 200 milhões ao longo de quatro anos.

Para o Prof. Bruno Campos Janegitz (DCNME/ Araras), coordenador de um dos projetos selecionados, o edital deu a Universidades a possibilidade de gerar novas tecnologias de diagnósticos. “Essa será uma grande oportunidade de reunir pesquisadores para propor sistemas de detecção simples, rápidos e de baixo custo para a sociedade. E isso é muito gratificante”, afirmou. O projeto será realizado em parceria com o Professor Fernando Vicentini, do Centro de Ciências da Natureza/ campus Lagoa do Sino, e com a Universidade Federal do Paraná (UFPR). O resultado final está previsto para ser divulgado a partir de 1º de julho e as atividades dos projetos devem começar a partir de 1º de agosto.

Ao todo, 545 propostas foram avaliadas e apenas 31 aprovadas, sendo 3 delas da UFSCar (Foto: Reitoria UFSCar)

Leave a Comment

Filed under COVID-19, Inovar, Permanência, Processos seletivos, Saúde

Professores da UFSCar podem orientar no Mestrado e Doutorado à Inovação

São até 20 bolsas de pós-graduação e 60 de Iniciação Tecnológica. Inscrições até 28 de junho.

Professores que orientam em Programas de Pós-Graduação da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) podem se inscrever para atuar no Programa de Mestrado e Doutorado Acadêmico para Inovação – MAI/DAI. O edital, aberto pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), prevê a colaboração entre o setor empresarial e a Universidade. O objetivo é contribuir para o aumento da capacidade inovadora e para o desenvolvimento científico-tecnológico do País.

O programa conta com até 10 bolsas de Mestrado, 10 de Doutorado e até 60 de Iniciação Tecnológica(estas, destinadas a estudantes da graduação). A implementação de bolsas de pós-graduação será feita em Programas de Pós-Graduação já existentes na UFSCar e destinam-se a estudantes que tenham sido selecionados pelos Programas da Universidade. Para participar, Professores da UFSCar devem preencher o formulário disponível na Agência de Inovação (acesse aqui). As inscrições vão até 28 de junho.

“A aprovação da UFSCar para participar do Mestrado e Doutorado para Inovação representa uma ótima oportunidade: viabiliza pesquisas, desenvolvimento de processos e produtos inovadores, parcerias e o fortalecimento da formação de nossos estudantes. Investir em pesquisa e inovação é investir em pessoas, e investir em pessoas é construir um País com visão de futuro e capaz de superar desafios cada vez mais complexos”, ressalta a Reitora da UFSCar, Wanda Hoffmann.

Empresas – Todas as empresas interessadas podem participar. A indicação, feita pelo Edital, é para que as empresas busquem Professores da Universidade para alinhamento da proposta e submissão conjunta. Para tanto, é possível utilizar a ferramenta de busca da UFSCar, o SAGINWeb – acesse aqui. Os programas de Pós-Graduação da UFSCar podem ser analisados por meio do Portal da Pró-Reitoria de Pós-Graduação (acesse aqui).

O Programa – Foi lançado pelo CNPq em 2019 e a UFSCar participa desde sua criação. “No ano passado implementamos 9 bolsas de Doutorado. Em 2020 teremos bolsas de Mestrado, Doutorado e Iniciação Tecnológica, totalizando até 80 bolsas. Nesta primeira fase do processo, empresas e Professores podem se inscrever para participar”, explica o Representante Institucional da UFSCar para proposição junto ao CNPq, Rafael Aroca.

Confira:
Edital do processo UFSCar – acesse aqui
Mais informações sobre o processo – acesse aqui
Plataforma para busca de projetos e pesquisas da UFSCar – acesse aqui.

Dúvidas podem ser endereçadas ao e-mail inovacao@ufscar.br

Inscrições vão até 28 de junho (Foto: CCS/ UFSCar)

Leave a Comment

Filed under Inovar, Oportunidades, Pesquisa, Pós-graduação, Processos seletivos