Category Archives: Formação de professores

Consulta aos docentes e discentes baliza proposta de volta às aulas

Acesso aos meios virtuais dos estudantes e necessidades formativas dos professores para o ensino remoto foram os focos da pesquisa

A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), via Pró-Reitoria de Graduação (ProGrad), realizou ampla consulta sobre as condições de acesso aos meios virtuais dos estudantes de graduação e necessidades formativas dos docentes para o ensino remoto. A pesquisa balizou a proposta de volta às aulas que considera o ensino não presencial emergencial (Enpe).

Ao todo, 10.709 respostas válidas foram recebidas na consulta aos discentes, o que equivale a 87,7% dos alunos ativos. Entre aqueles que participaram da pesquisa, 6,3% disseram ter acesso muito precário ou limitado à Internet e 93,7% relataram ter amplo acesso.

Sobre o acesso aos dispositivos para realizar as atividades acadêmicas, 6,3% do total de respondentes declararam não ter acesso a um equipamento apropriado (não têm qualquer acesso ou usam smartphone compartilhado); outros 6,6% têm acesso apenas a um telefone próprio ou tablet; 9,3% conseguem usar um computador compartilhado e 77,7% têm computador próprio para o uso.

Com base nas respostas coletadas, a UFSCar elaborou uma proposta de concessão de suporte à inclusão digital dos estudantes matriculados nos cursos de graduação presenciais. O edital de seleção para acesso ao auxílio será aberto pela Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (ProACE), após homologação, pelo Conselho Universitário (ConsUni), da decisão já tomada no âmbito Conselho de Graduação (CoG), referente à abertura de calendário para oferta remota de atividades curriculares nos cursos presenciais. A proposta prevê auxílio financeiro aos estudantes para a compra de computadores, garantia de acesso à Internet e alocação de recursos para assinatura de biblioteca digital, que será disponibilizada gratuitamente a todos os discentes.

Sobre o isolamento social, 2,3% dos respondentes declararam não estar em isolamento. Todos os demais estão cumprindo a quarentena em isolamento total (39,9%) ou parcial (57,8%), sendo este último caracterizado por saídas eventuais para compras essenciais.

Entre os principais impactos causados pela pandemia de Covid-19, os estudantes apontaram efeitos financeiros e emocionais (angústias e incertezas), além de preocupações sobre atrasos nos cursos e na formação.
Para os alunos que, mesmo possuindo acesso à Internet e equipamentos, não se encontrarem neste momento em condições favoráveis para realizar as atividades acadêmicas, foi aprovado no CoG um conjunto de normativas que vão permitir que o estudante possa decidir participar ou não deste novo período letivo sem que corra risco de prejuízo acadêmico.

No levantamento, a preocupação da ProGrad era compreender as condições de acesso apropriadas e específicas para o aprendizado remoto. Isso porque a Universidade entende que 100% dos alunos têm acesso pontual à Internet, já que todos os procedimentos para ingresso na Instituição pressupõem alguma etapa realizada virtualmente. O resultado completo da consulta aos estudantes pode ser acessado no link Consulta Discente.

Consulta aos docentes – A ProGrad também ouviu os docentes sobre a oferta de atividades curriculares por meios virtuais. O principal objetivo da consulta foi levantar informações para subsidiar tanto as ações formativas que estão sendo planejadas e executadas pela própria ProGrad e pela Secretaria Geral de Educação a Distância (SEaD), quanto comunidade acadêmica nas discussões e processos decisórios da reestruturação das atividades de graduação ao longo da crise deflagrada pela Covid-19.

A consulta aos docentes recebeu 1.120 respostas válidas: 83,9% dos docentes efetivos da UFSCar e 55,8% dos professores substitutos participaram. Das demais categorias – visitantes, voluntários, colaboradores, pós-docs e sêniores – apenas 13 respostas foram encaminhadas.

A pesquisa apurou que os docentes estão muito ativos apesar do isolamento social, realizando atividades de pesquisa, gestão, extensão e ensino. Apenas 2,9% dos respondentes afirmaram que não estão realizando qualquer atividade e, entre esses, a maioria está? entre docentes substitutos, docentes afastados para estágio de pesquisa ou por licença maternidade/adotante ou docentes que exercem prioritariamente atividade prática.

43,8% dos docentes afirmaram ter pouca ou nenhuma familiaridade com os ambientes virtuais de aprendizagem e 36,9% consideram que não estão, ou estão pouco, preparados para conduzirem atividades curriculares por meios virtuais. As principais necessidades formativas apontadas pelos professores estão relacionadas ao uso de tecnologias de informação e comunicação, utilização dos ambientes virtuais de aprendizagem, produção de material didático em diferentes mídias, planejamento, estratégias metodológicas e avaliação.

Sobre os entraves para o ensino remoto durante a pandemia de Covid-19, 90,5% apresentam preocupação quanto a possíveis dificuldades dos estudantes relacionadas à falta de acesso à Internet, a equipamentos e a ambientes adequados ao estudo. Outros 61,4% demonstram preocupação com a dificuldade ou impossibilidade de adequar temas e transmitir conteúdos sem a presença física dos estudantes em sala de aula ou laboratório. A sobrecarga de trabalho, restrições de tempo e o estresse vinculado à crise também são motivos de preocupação bastante frequentes.

Com o objetivo de apoiar os professores neste processo emergencial de adequação das atividades, a ProGrad e a SEaD criaram uma sala virtual de assessoria pedagógica, aberta a todos os docentes da UFSCar, para estabelecer um canal de interlocução, partilha de aprendizagens e diálogo sobre como conduzir as atividades de ensino utilizando tecnologias digitais de informação e comunicação (TDIC) no atual contexto.

Além disso, estão sendo produzidas e transmitidas orientações técnicas para os professores, por meio de lives, que discutem temas relacionados a? prática docente em tempos de pandemia, todas as quartas-feiras, das 10h30 às 12 horas.

Informações sobre a sala de assessoria pedagógica, as lives e outras ações propostas pela ProGrad e SEaD podem ser consultadas aqui.

A SEaD também, via Inovae – Espaço de Apoio ao Ensino Híbrido, reuniu e disponibilizou uma série de materiais destinados a professores, estudantes e demais interessados para prática pedagógica apoiada em TDIC. O acesso pode ser feito no site.

O resultado completo da consulta aos docentes pode ser acessado no link Consulta Docente.

Leave a Comment

Filed under Avaliação, COVID-19, Educação a distância, Formação de professores, Graduação, Permanência, Políticas de Educação e CTI, Saúde, Segurança

Grupo de trabalho planeja atividades remotas para a graduação

Na tarde de terça-feira (23), o Grupo de Trabalho para Planejamento (GT Planejamento) definiu que vai indicar a realização de atividades de forma não-presencial nos cursos de graduação da UFSCar. O GT está avançando na elaboração de uma proposta referente a estas atividades, ao formato a ser adotado e ao cronograma.

O GT Planejamento é conduzido pela Pró-Reitoria de Graduação (ProGrad) e conta com a representação de professores, técnico-administrativos e estudantes. Por encaminhamento do GT, o Conselho de Graduação (CoG) já definiu reestruturar as atividades de ensino na Universidade de modo que, até o final de 2020, não sejam realizadas atividades presenciais.

Inclusão – Em outra frente de trabalho, estão sendo elaborados editais para prover acesso dos alunos aos meios digitais. A UFSCar também trabalha para compreender as necessidades formativas do corpo docente e técnico-administrativo da Universidade com objetivo de realizar ações que possam, efetivamente, apoiá-los.

Continuidade das atividades – A ProGrad ressalta que as atividades, durante a pandemia, não pararam. “Ao contrário, nós lançamos o Período Letivo Suplementar, que tem duração de 8 semanas e permitiu aos estudantes cursarem alguns tipos de atividades. Foram mais de 7 mil inscrições”, explica o Pró-Reitor de Graduação, Professor Ademir Donizeti Caldeira. O encerramento deste Período será no dia 03 de julho.

Formação docente – A Sala Virtual de Assessoria Pedagógica foi criada para realizar o acompanhamento pedagógico dos docentes da UFSCar durante o Período Letivo Suplementar. Agora, a Sala está aberta a todos os docentes da Universidade. A iniciativa se deu pela Pró-Reitoria de Graduação (ProGrad), em parceria com a Secretaria Geral de Educação a Distância (SEaD), e visa auxiliar os professores na adaptação de atividades didáticas a formatos não-presenciais.

Informações:
– FAQ da Pró-Reitoria de Graduação (ProGrad): clique aqui
– Sala Virtual de Assessoria Pedagógica: clique aqui

Inclusão é fundamental para continuidade das atividades (Foto: CCS/ UFSCar)

Leave a Comment

Filed under Assuntos Comunitários e Estudantis, COVID-19, Formação de professores, Gestão, Graduação, Permanência, Saúde

Resposta da UFSCar à COVID-19 mostra engajamento da comunidade

Devido à pandemia do novo Coronavírus, a UFSCar suspendeu as atividades acadêmicas presenciais no dia 14 de março, mas continuou a atuar de forma predominantemente remotaAs atividades presenciais continuaram apenas nos serviços essenciais, seguindo as orientações do Comitê de Controle e Cuidados em Relação à Covid-19 da UFSCar.

O evento virtual denominado “Marcha pela Ciência e pela Vida: UFSCar em Ação no Combate à COVID-19” foi realizado no mês de maio para reportar as ações da Universidade em resposta à COVID-19. Foram cerca de 60 mini palestras mostrando ações da UFSCar nas áreas de saúde, educação e inclusão. Também foram apresentadas ações da UFSCar para adaptação de suas rotinas de trabalho e a trajetória de sua atuação na linha de frente contra a COVID-19. “Nesse momento da pandemia, a comunidade UFSCar decidiu apoiar a sociedade. Buscamos caminhos e soluções para o enfrentamento da COVID-19. Este evento trouxe uma amostra do que é a UFSCar”, afirmou a Reitora da UFSCar, Wanda Hoffmann.

A UFSCar respondeu de forma espontânea às necessidades da sociedade. “A sociedade gritou por socorro e a UFSCar respondeu prontamente. Em 2 meses, foram formalizados 88 projetos de extensão voltados ao enfretamento da COVID-19, com participação de todos os Centros Acadêmicos da Universidade”, explicou o Pró-Reitor de Extensão, Roberto Ferrari Júnior. Os temas das iniciativas? Produção de protetores faciaisálcool 70%testes para diagnóstico da COVID-19; projeto de respiradores e outros equipamentos hospitalares; cartilhas de orientação e apoio aos mais diversos grupos em isolamento social; aplicativosapoio a empresas em dificuldades, dentre outros.

Como foi possível, para a UFSCar, passar a atuar de forma predominantemente remota? “Nos últimos 3 anos a UFSCar investiu em infraestrutura de hardware, software e melhoria da sua rede. A implantação do SEI (Sistema Eletrônico de Informação), o treinamento para uso do SEI a mais de 1.200 servidores docentes e técnico-administrativos e a digitalização de processos também foram fundamentais para a continuidade do trabalho durante a quarentena”, afirmou Márcio Merino Fernandes, Pró-Reitor de Administração.

Algumas ferramentas e serviços foram disponibilizados ou reforçados no início da quarentena, e a demanda aumentou fortemente. “Até o dia 26 de maio aconteceram quase 13 mil reuniões por meio do Google Meet, com cerca de 24 mil horas de encontros nesta plataforma. O Google Classroom, disponibilizado recentemente, já tem em torno de 300 salas criadas”, contou o Secretário-Geral de Informática, Erick Lázaro Melo.

Uma das estratégias para dar dinamismo às atividades de ensino de graduação ao longo da pandemia foi a criação de um Período Letivo Suplementar com o oferecimento de disciplinas de modo remoto. O foco destas disciplinas ofertadas foram atividades de monografia, trabalhos de conclusão de curso (TCC) e seus respectivos projetos, além de ACIEPES – Atividades Curriculares de Integração Ensino, Pesquisa e Extensão, que por sua característica extensionista viabilizam uma ação direta na sociedade. Foram oferecidas 75 disciplinas e 69 ACIEPES. Estas contam com o envolvimento de mais de 212 docentes e 7.941 estudantes de graduação da UFSCar, além de membros da comunidade externa. “O período letivo suplementar viabilizou as ofertas das ACIEPES e a formalização das atividades que já vinham ocorrendo. Inicialmente ofertamos cerca de 4 mil vagas, mas ao final nós tivemos quase 8 mil inscrições e aceitamos praticamente todos os inscritos”, afirmou Cláudia Gentile, Pró-Reitora Adjunta de Graduação.

Para auxiliar professores e alunos no desafio de estudar em ambientes virtuais, a Secretaria Geral de Educação a Distância (SEaD) criou o INOVAEH (Espaço de Apoio ao Ensino Híbrido), que reúne materiais destinados aos docentes, estudantes e demais interessados. O objetivo é a capacitação de professores nas novas tecnologias para que possam utilizá-las em suas atividades. Para os estudantes, o apoio é quanto à organização dos estudos.

O Hospital Universitário (HU-UFSCar) destinou 44 leitos para pacientes suspeitos ou confirmados e abriu sua Unidade de Terapia Intensiva (UTI), com 10 leitos destinado à COVID-19. Na Unidade Saúde-Escola – USE estão sendo realizados 8 projetos de extensão e 3 projetos de pesquisa relacionados à COVID-19. Tanto o HU quanto a USE passaram a utilizar o teleatendimento, o telemonitoramento e a teleorientação como formas de interação remota.

Os Restaurantes Universitários continuam a funcionar de modo adaptado, com foco no apoio aos estudantes que permanecem na Universidade. As bolsas de permanência estão sendo mantidas ao longo da quarentena. Além disso, a Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (ProACE) reportou ações de acolhimento e orientaçãomapeamento dos estudantes em vulnerabilidadediagnóstico de necessidadesdistribuição de máscaras e kits de limpeza para os apartamentos das moradias estudantis, suporte social, dentre outros serviços.

Toda a movimentação da Comunidade UFSCar para enfrentar a COVID-19, ao longo dos primeiros 54 dias da quarentena, deu origem a 414 produtos de informação nos veículos de divulgação institucionais (Portal da UFSCar, InfoRede, Redes Sociais, dentre outros). O impacto das ações da UFSCar na imprensa foi marcante: 442 reportagens em 210 veículos de divulgação de todo o Brasil. O novo Coronavírus trouxe inúmeros desafios e a UFSCar, Universidade ativa, dinâmica e diversa, está se reinventando com o compromisso de melhorar a vida da comunidade, seja ela interna ou externa. “Mais do que nunca, a UFSCar está trabalhando e mostrando que é uma Universidade imprescindível para a sociedade”, concluiu a Reitora Wanda Hoffmann.

Para saber mais sobre as ações da UFSCar no combate e enfrentamento à COVID-19 acesse o Portal COVID-19 UFSCar.

Acesse os vídeos contendo cada uma das palestras do Workshop Virtual da UFSCar:

Mesa 1 – UFSCar na Linha de Frente contra a COVID-19

Mesa 2 – UFSCar Marchando pela Saúde

Mesa 3 – UFSCar Marchando pela Educação

Mesa 4 – UFSCar Marchando pela Inclusão

Mesa 5 – UFSCar Marchando para Transformar Ciência em Qualidade de Vida

Mesa 6 – UFSCar Marchando para Adaptar-se a um Novo Momento

Mesa 7 – UFSCar Marchando para Informar a Sociedade

88 projetos de extensão foram formalizados em dois meses (Foto: CCS/ UFSCar)

Leave a Comment

Filed under Assuntos Comunitários e Estudantis, COVID-19, Divulgação científica, Educação a distância, Eventos, Extensão, Formação de professores, Gestão, Gestão ambiental, Gestão de pessoas, Graduação, Permanência, Pesquisa, Políticas de Educação e CTI, Pós-graduação, Saúde, TIC

Live sobre interação em ambientes virtuais acontece nesta quarta (20)

A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), por meio da Pró-Reitoria de Graduação (ProGrad) e da Secretaria de Ensino a Distância (SEaD), está organizando lives (transmissões ao vivo) para ampliar a assessoria e o apoio pedagógico aos docentes que realizam atividades no Período Letivo Suplementar.

live “Boas práticas de interação em ambientes virtuais” acontece nesta quarta-feira (20), às 15h30, por meio do Google Meet (clique aqui). O objetivo destas lives é promover a escuta dos docentes sobre as experiências, dificuldades e boas práticas vividas no ambiente virtual. “A ação foi proposta na sala virtual de assessoria pedagógica, criada para dar suporte às atividades realizadas nesse período”, afirmou Ester Almeida Helmer, da Divisão de Desenvolvimento Pedagógico (DiDPed), da ProGrad.

A atividade é aberta aos interessados na temática, em especial aos docentes da UFSCar que ofertaram atividades no Período Suplementar. No entanto, as lives vêm atraindo docentes de outras Instituições de Ensino Superior. O primeiro encontro aconteceu na semana passada com o tema “Devo ou não devo fazer videoaula?”. O conteúdo pode ser acessado na página da ProGrad (clique aqui)

No dia 27 de maio ocorrerá mais um encontro, a partir das 10h30, com o tema “Frequência e avaliação nos ambientes virtuais: o que considerar?”.

Informações:
– Dia 20 (quarta-feira), das 15h30 às 17h
“Boas práticas de interação em ambientes virtuais”
Acesso: clique aqui

– Dia 27 (quarta-feira), das 10h30 às 12h
“Frequência e avaliação nos ambientes virtuais: o que considerar?”
Acesso: clique aqui

Hoje, a partir das 15h30, acontece a live sobre boas práticas em ambientes digitais

Leave a Comment

Filed under COVID-19, Educação a distância, Eventos, Formação de professores, Graduação

Ciclo de estudos e pesquisas com profissionais da Educação conta com abertura da Reitora da UFSCar

No Núcleo de Formação de Professores, no último dia 21 de outubro, ocorreu a abertura do “1° Ciclo de Estudos e Pesquisa com Profissionais da Educação”. A iniciativa oferece atividades presenciais e à distância que têm o intuito de debater temas na área de formação inicial e continuada de professores, aproximando estudantes, pesquisadores e profissionais que atuam na Educação Básica e no Ensino Superior.

Mesa de abertura: Ademir Donizeti Caldeira (Pró-Reitor de Graduação); Wanda Hoffmann (Reitora da UFSCar); Márcia Onofre (Coordenadora do Núcleo de Formação de Professores da UFSCar)

Com o tema “Docência e Interdisciplinaridade: caminhos entrecruzados”, o Ciclo ofereceu atividades gratuitas e abertas a todos os interessados. Contou com o apoio das Pró-Reitorias de Graduação (ProGrad) e de Extensão (ProEx), da Unidade de Atendimento à Criança (UAC/ UFSCar), da Secretaria Geral de Educação à Distância (SEaD/ UFSCar), dentre outros.

Abertura de ciclo de estudos e pesquisas com profissionais da Educação

Participaram da mesa de abertura do 1° Ciclo de Estudos e Pesquisa com Profissionais da Educação a Reitora da Universidade, Wanda Hoffmann; o Pró-Reitor de Graduação, Ademir Donizeti Caldeira; e a Coordenadora do Núcleo de Formação de Professores, Márcio Onofre. Após a abertura, a Profa. Dra. Renata Prenstteter apresentou palestra sobre práticas e conceitos no contexto escolar.

No Núcleo de Formação de Professores também ocorre a mostra  fotográfica “Brincadeiras e interações na Unidade de Atendimento à Criança”. A mostra conta com fotografias do dia a dia desta Unidade da UFSCar que atende crianças desde o berçário. As fotos foram captadas ao longo de 2019 e abordam o dia a dia escolar, práticas de respeito à criança, ações que remetem à imaginação, questões psicológicas e afetivas.

Exposição da Unidade de Atendimento à Criança ocorre no Núcleo de Formação de Professores da UFSCar

 

Exposição da Unidade de Atendimento à Criança ocorre no Núcleo de Formação de Professores da UFSCar

 

Exposição da Unidade de Atendimento à Criança ocorre no Núcleo de Formação de Professores da UFSCar

Leave a Comment

Filed under Assuntos Comunitários e Estudantis, Eventos, Formação de professores, Gestão, Graduação