Category Archives: COVID-19

ProGPe inaugura novo modelo para a realização de concursos com a retomada de 15 editais para a contratação de professores

Candidatos realizam prova seguindo os protocolos de biossegurança contra a Covid-19

Assim que a UFSCar avançou para a Fase 1 do Plano de Retomada das Atividades Presenciais, a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (ProGPe) se mobilizou para retomar a realização dos concursos públicos que estavam suspensos por conta da pandemia da Covid-19, uma vez que demandam a realização de etapas presenciais.

Para retomar os 15 editais de concursos para docentes para os campi São Carlos, Araras e Sorocaba, a ProGPe realizou uma força-tarefa, em parceria com a Secretaria Geral de Informática (SIn), Procuradoria Federal, Pró-Reitoria de Graduação (ProGrad), Prefeitura Universitária dos campi, Diretorias de Campus e dos Centros, os departamentos envolvidos e o Comitê Gestor da Pandemia (CGP), que viabilizou em pouco mais de um mês a realização dos concursos, com a primeira fase realizada na última semana.

“A pandemia impôs uma nova realidade e precisamos adaptar a realização dos concursos. Foram muitas reuniões e o trabalho incansável da equipe de provimento da ProGPe e de mais de 100 pessoas para propormos um novo modelo que contemple as etapas dos processos seletivos em formato híbrido, priorizando a saúde de todas as pessoas e a segurança dos processos”, comentou a Pró-Reitora da Gestão de Pessoas, Jeanne Liliane Marlene Michel.

A Pró-Reitora explicou também que foi montada uma equipe para definir toda a logística e acompanhar cada edital, com o mesmo cronograma e realização em quatro etapas: prova escrita, prova didática, avaliação do currículo pela banca e arguição do plano de trabalho.

A expectativa é de conclusão e homologação dos certames até o dia 1º de julho, uma vez que por este ser um ano eleitoral, a partir de 90 dias antes da data da eleição é vedada a contratação de qualquer servidor cujo concurso não tenha sido homologado previamente a esse prazo.

Karime Vieira Albuquerque, Chefe do Departamento de Provimento e Movimentação (DiDP/ProGPe), comentou que realizar um concurso neste formato está sendo um grande aprendizado para toda a equipe e evidenciou a importância do trabalho em equipe e do comprometimento de todas as pessoas e unidades envolvidas.

Maria Inez Carpi Migliati, Diretora da Divisão de Desenvolvimento de Pessoas da ProGPe, destacou também que, a partir desta primeira experiência, o modelo de concursos em formato híbrido será aprimorado para os editais futuros.

Além destes 15 editais, estão em andamento o concurso para técnico-administrativo para a função de assistente administrativo e o de médico do trabalho. Como a partir de julho os editais não podem mais ser realizados por conta do período eleitoral, conforme determinado pela Lei 9.504/97, a expectativa é que sejam retomados novamente e com força total a realização dos concursos no início de 2023.

Leave a Comment

Filed under COVID-19, Gestão de pessoas, Oportunidades, Processos seletivos

Vencendo a Covid-19: Restaurante Universitário retoma atendimento presencial nos quatro campi a partir de 7 de fevereiro

Os Restaurantes Universitários de todos os campi da UFSCar retomam o atendimento presencial à comunidade universitária, por meio do sistema de serviço self-service, no dia 7 de fevereiro. Até este momento, os RUs estavam operando com o sistema de retirada de refeições, entrega de kits de alimentos in natura e serviço de entrega domiciliar aos estudantes bolsistas. Durante a Fase 1 do Plano de Retomada, o RU de cada campus irá funcionar com a lotação máxima de 25% da capacidade total do refeitório e com regras específicas de biossegurança.

Para frequentar o RU, é necessário solicitar previamente as refeições, no prazo máximo de até as 14 horas do dia anterior. Os usuários de São Carlos devem fazer o pedido pelo formulário disponível na página do Facebook do RU de São Carlos. Nos demais campi, os pedidos devem ser feitos pelo contato de WhatsApp: Araras (19) 99712-3805, Sorocaba (15) 98176-7678 e Lagoa do Sino (15) 99755-0458.

Para garantir a segurança dos profissionais do RU e dos usuários, os espaços foram adaptados, respeitando a lotação máxima e o distanciamento físico entre as pessoas na distribuição das mesas e nos balcões com os alimentos.

As recomendações de biossegurança para os usuários incluem a higienização das mãos com água e sabonete ao entrar no salão, a higienização das mãos com álcool em gel 70% após passar a catraca e o uso de luvas descartáveis para manipular os utensílios de uso coletivo. Os usuários podem se servir à vontade com arroz, feijão, guarnição e salada. O prato principal e a sobremesa serão servidos pela equipe do RU.

É importante destacar que o serviço de entrega de refeições aos estudantes de Araras, Sorocaba e Lagoa do Sino está mantido.

Confira o horário de funcionamento do Restaurante Universitário nos quatro campi:

São Carlos
Segunda a sexta-feira (exceto feriado) – Almoço: 11 horas às 13 horas / Jantar: 17h30 às 18h30
Sábado, domingo e feriado – Almoço: 11h30 às 12h30 (entrega de almoço e jantar em conjunto)

Araras
Segunda a sexta-feira – Almoço: 11 horas às 12h30
O jantar será servido somente às terças-feiras das 18 horas às 19 horas
Manutenção do serviço delivery (almoço e jantar em conjunto)

Sorocaba
Segunda a sexta-feira Almoço: 11 horas às 12h30
O jantar será servido somente às segundas, terças e quartas-feiras das 18 horas às 19 horas
Manutenção do serviço delivery (almoço e jantar em conjunto)

Lagoa do Sino
Segunda a sexta-feira Almoço: 11 horas às 12h30
Manutenção do serviço delivery (almoço e jantar em conjunto)

Leave a Comment

Filed under Assuntos Comunitários e Estudantis, COVID-19, Infraestrutura, Permanência

ConsUni aprova regulamentação dos processos referentes à exigência do comprovante de vacinação contra a Covid-19

Logo Vencendo a Covid-19
Comprovação do esquema vacinal completo deverá ser apresentada por todas as pessoas da comunidade universitária (Arte: CCS/UFSCar)

O Conselho Universitário (ConsUni) aprovou, na última sexta-feira (28/1), os fluxos e processos referentes à exigência do comprovante vacinal contra a Covid-19 (Resolução ConsUni nº 69), conforme previsto na Resolução ConsUni nº 64.

A comprovação do esquema vacinal completo deverá ser apresentada por todas as pessoas da comunidade universitária e pelas que ingressarem na UFSCar a partir de matrícula de novos estudantes de graduação e pós-graduação, contratação de servidores efetivos e temporários, redistribuição de servidores, autorização e registro de voluntários, professores visitantes e pós-doutorandos.

A apresentação do comprovante poderá ser feita por meio de apresentação da carteira de vacinação contra a Covid-19 original, do certificado de vacinação digital emitido pelo aplicativo do Poupatempo (disponível neste link) ou pelo ConecteSUS (disponível neste link).

Os fluxos para a apresentação do documento serão diferentes para servidores, estudantes de graduação e de pós-graduação e prestadores de serviços. É fundamental que todas as pessoas confiram como é o fluxo para sua categoria, descritos na Resolução ConsUni nº 69, mais precisamente nos artigos: 2º (servidores efetivos, voluntários e professores substitutos ou visitantes), 3º (estudantes de graduação em atividade presencial – conforme a Resolução CoG nº 385), 4º (estudantes de graduação matriculados em atividades acadêmicas – conforme a Resolução CoG nº 391), 5º (estudantes de pós-graduação – conforme deliberação do CoG) e 6º (participantes dos programas de pós-graduação e pesquisadores externos que atuam em atividades de pesquisa na UFSCar).

O documento aprovado determina que atos normativos específicos sobre o fluxo de envio do comprovante poderão ser publicados para as áreas de circulação e acesso comum de estudantes e servidores, unidades especiais e outros.

A resolução regulamenta ainda que a Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (ProACE) será responsável por supervisionar se os comprovantes de vacinação dos estudantes da moradia estudantil foram enviados ao Núcleo Executivo de Vigilância em Saúde (NEVS) e adotar as providências necessárias caso a medida não seja cumprida.

Com relação aos trabalhadores das empresas de prestação de serviços, é de responsabilidade da empresa supervisionar a apresentação do comprovante vacinal, que deve ser exigido pelos fiscais de contrato, com supervisão da Pró-Reitoria de Administração (ProAd).

Outro item deliberado pelo ConsUni foi a proposta de alteração no anexo da Resolução ConsUni nº 64 (Resolução ConsUni nº 70), referente ao detalhamento do retorno gradual às atividades presenciais da UFSCar previstas para a Fase 1, com a inclusão de dois novos itens, que ampliam o entendimento de grupo de risco para demais pessoas da comunidade universitária, que não estavam descritas no documento.

O primeiro deles, item 1.4, recomenda que os estudantes e demais pessoas que desenvolvem atividades na UFSCar e se enquadram nas condições de vulnerabilidade para a Covid-19 não realizem atividades presenciais nesta fase do Plano de Retomada. Porém, as pessoas que tenham interesse voluntário em realizar as atividades habilitadas devem enviar ao Comitê Gestor da Pandemia, pelo Sistema Eletrônico de Informação (SEI), a cópia da carteira de vacinação e assinar o termo de autodeclaração de responsabilidade e ciência dos riscos envolvidos e da natureza voluntária de sua ação.

O outro item incluído, item 1.5, trata especificamente das pessoas gestantes e puérperas, e indica que permanece vedada sua participação em atividades presenciais, devido ao alto risco aos quais gestantes e puérperas estão expostas com relação à Covid-19, evidenciado pela docente do Departamento de Medicina (DMed) e atual coordenadora do NEVS, Carla Andreucci Polido, que fez uma apresentação (que pode ser conferida aqui) a respeito do impacto da Covid-19 sobre a saúde materna e o preocupante número de mortes maternas por Covid-19 no Brasil, que, em 2021, registrou uma média móvel de três mortes maternas por dia. As deliberações estão disponíveis na página da Secretaria dos Órgãos Colegiados (SOC) e na página do Vencendo a Covid-19, em Institucional – Normas e Fluxos.

Leave a Comment

Filed under Conselhos, COVID-19, Saúde

Conselho Universitário (ConsUni) realiza 257ª Reunião Ordinária nesta sexta

O Conselho Universitário (ConsUni) realiza hoje, às 9 horas, sua 257ª Reunião Ordinária. O destaque da pauta, que pode ser conferida na íntegra na página da Secretaria dos Órgão Colegiados (SOC), proposta de regulamentação dos fluxos e processos referentes à exigência de certificado de vacinação contra a Covid-19 no âmbito da UFSCar, conforme deliberação anterior do ConsUni. A reunião será transmitida ao vivo pelo canal UFSCar Oficial no YouTube.

Leave a Comment

Filed under Conselhos, COVID-19

Vencendo a Covid-19: ConsUni mantém UFSCar na Fase 1 do Plano de Retomada e calendário suplementar para atividades práticas começa dia 31

Logo Vencendo a Covid-19
Fase 1 permite a realização presencial de atividades de ensino prático e de pesquisa em laboratório (Arte: CCS/UFSCar)

O Conselho Universitário (ConsUni) deliberou pela permanência da UFSCar na Fase 1 do seu Plano de Retomada das Atividades Presenciais, que permite a realização presencial de atividades de ensino prático – incluindo todos os tipos de estágio e práticas profissionais – e atividades de pesquisa em laboratório sem a participação de pessoas sem vínculo direto com a UFSCar, além das atividades já aprovadas na Fase 0. Com essa decisão, está mantido o Calendário Acadêmico Suplementar, com atividades práticas para os estudantes de graduação, com início em 31 de janeiro. A reunião pode ser assistida no canal UFSCar Oficial no YouTube.

Também foi aprovado ajuste no item 6.4 do Plano de Retomada (Resolução ConsUni nº 68). Na versão anterior, qualquer degeneração na curva epidêmica, observada por meio dos indicadores internos ou externos, implicava o retorno para a fase anterior do Plano. Agora, a degeneração implica em análise contingencial. A mudança segue recomendações do Núcleo Executivo de Vigilância em Saúde (NEVS) e do Comitê Gestor da Pandemia (CGP).

Foi deliberada também a necessidade de fortalecimento das ações educativas e de conscientização sobre medidas de biossegurança, bem como a criação de um mecanismo, a ser elaborado, que possa receber notificações de problemas e realizar abordagens educativas para garantir que as pessoas da comunidade sigam os protocolos.
No início da reunião, a Reitora, Ana Beatriz de Oliveira, apresentou detalhadamente os trabalhos realizados neste mês para balizar as propostas levadas ao ConsUni, a partir do acompanhamento do cenário epidemiológico, com destaque para o impacto da variante Ômicron, e de reuniões entre gestores da Universidade (especialmente os da área da Saúde), e com NEVS e CGP.

Em sua apresentação (que pode ser conferida neste link), a dirigente destacou como a Universidade se preparou para enfrentar a pandemia com o desenvolvimento da estrutura de vigilância epidemiológica, a normatização de planos de contingência, a elaboração dos protocolos, compra de equipamentos individuais de proteção, a conscientização sobre as medidas de biossegurança e a exigência da vacinação, e como o cumprimento destas medidas é fundamental para o controle da pandemia.

“Sabemos da necessidade de estarmos atentos aos indicadores epidemiológicos e os desafios que a pandemia ainda nos trará, mas estamos em um novo momento, com a vacinação em andamento e em que contamos com medidas não farmacológicas de biossegurança e protocolos preventivos que, se seguidos corretamente, nos permitem seguir na Fase 1”, registrou a Reitora.

Ela também enfatizou o impacto do afastamento das atividades acadêmicas presenciais na qualidade da formação oferecida e, além disso, na saúde mental de todas as pessoas envolvidas e, muito especialmente, de estudantes. Ao longo da reunião, conselheiros e conselheiras manifestaram reiteradamente a relevância de considerar neste momento, além do risco epidemiológico, os demais riscos envolvidos, com destaque à evasão.

“Manter a Universidade na Fase 1, com o início do Calendário Acadêmico Suplementar em 31 de janeiro, nos permite essa volta gradual e colocar em prática a nossa estratégia de vigilância epidemiológica para que possa ser aprimorada, no que for necessário, para o momento em que o número de atividades e aulas presenciais for aumentado, já que a expectativa é de que em maio iniciaremos o período letivo de 2022 de forma presencial, conforme previsto pelo Ministério da Educação”, lembrou a Reitora.

A Reitora informou também sobre a divulgação, na última quinta-feira (20/1), da orientação sobre o fornecimento de álcool em gel e de máscara que, conforme deliberado pelo ConsUni, será fornecida, pelo menos, a máscara cirúrgica para os estudantes em atividades de graduação, a partir da solicitação dos departamentos.


Ela comentou também a decisão de oferecer, neste momento, máscaras para servidores que não tenham acesso aos tipos de máscaras recomendados, destacando que o próprio servidor avalia se precisa ou não solicitar as máscaras e que todas que foram pedidas serão entregues. “Temos uma situação orçamentária ainda crítica e ainda não temos a Lei Orçamentária Anual (LOA) sancionada. Portanto, não sabemos o nosso panorama financeiro para 2022. Por isso, optamos por fazer essa experiência para a entrega de máscaras aos servidores, para entender a demanda e estudar a viabilidade do fornecimento”, destacou.

Leave a Comment

Filed under Conselhos, COVID-19, Saúde