Author Archives: Mariana Pezzo

“Nossa gestão será marcada pelo diálogo, transparência e defesa da Ciência”, diz Reitora em entrevistas

A Reitora da UFSCar, Ana Beatriz de Oliveira

Ana Beatriz de Oliveira tomou posse em 20 de janeiro (Foto: Arquivo pessoal)

A Reitora da UFSCar, Ana Beatriz de Oliveira, concedeu ao longo dos seus primeiros dias no cargo entrevistas às rádios Universitária, CBN e Diocesana, todas de São Carlos. Nas conversas, Oliveira falou sobre a importância da autonomia universitária e destacou alguns dos projetos da nova equipe de gestão.

A Reitora reforçou a indignação com a não nomeação do Reitor eleito, Adilson de Oliveira, e que sua gestão irá atuar com força para garantir a autonomia universitária. “Apesar do ocorrido, estou segura e preparada para implementar o projeto que construímos juntos e que é o de uma universidade integrada e multicampi”, disse.

Dentre os inúmeros projetos a serem implementados, a Reitora destacou o plano de enfrentamento à pandemia, que, a partir de uma postura ativa da Universidade, irá contar com um sistema interno de vigilância epidemiológica para cuidar da saúde física e mental da comunidade universitária.

A aproximação com a comunidade e a promoção da cultura científica também foram abordadas nas entrevistas. “Iremos criar o Instituto da Cultura Científica, que será uma importante ferramenta de conexão com a sociedade e vai permitir a constante troca de conhecimento e a popularização da Ciência. Através do ensino, da pesquisa e da extensão, a nossa gestão será pautada no diálogo constante com a comunidade interna e na aproximação com a sociedade”, disse.

Confira na íntegra as entrevistas:

Rádio Universitária (a partir de 36:59)

Rádio CBN

Rádio Diocesana (a partir de 57:10)

Leave a Comment

Filed under Entrevistas

Conselho Universitário manifesta reconhecimento e apoio à gestão da Reitora Ana Beatriz de Oliveira

Reitora Ana Beatriz de Oliveira em sua primeira reunião como Presidente do ConsUni

Reitora Ana Beatriz de Oliveira em sua primeira reunião como Presidente do ConsUni (Imagem: Captura de tela)

O Conselho Universitário (ConsUni) da UFSCar reuniu-se extraordinariamente na manhã desta quarta-feira (27/1), com pauta única relativa à não nomeação do Reitor eleito pela comunidade universitária, Adilson Jesus Aparecido de Oliveira, para a Administração Superior na Universidade nos próximos quatro anos.

Ao longo da reunião, foram reiterados pelos conselheiros o apoio e o reconhecimento da legitimidade da Reitora Ana Beatriz de Oliveira, integrante da equipe eleita nomeada Reitora no último dia 15. Após manifestações da Reitora, do Reitor eleito e da Vice-Reitora da UFSCar, Maria de Jesus Dutra dos Reis, o ConsUni debateu o tema e aprovou moção de apoio à nova gestão e, também, de mobilização permanente em defesa da autonomia universitária. A íntegra da moção pode ser conferida no site da Secretaria de Órgãos Colegiados.

No início da reunião, a Reitora fez um resgate histórico e lembrou como, na década de 1980, a escolha do Reitor William Saad Hossne não foi respeitada pela Ditadura Militar, o que inspirou a adoção do procedimento de compor a lista tríplice encaminhada ao Ministério da Educação apenas com nomes da equipe eleita pela comunidade universitária. “Tenho muito orgulho desta comunidade que aprendeu com a sua história e adotou um processo eleitoral que protegeu a Universidade de intervenção, nos permitiu estar aqui hoje, como equipe eleita pela significativa maioria nas três categorias que compõem a comunidade universitária”, registrou Ana Beatriz.

O Reitor eleito se dirigiu ao ConsUni para compartilhar o histórico do processo até a posse da agora Reitora da UFSCar, desde a judicialização promovida no âmbito interno à Universidade até a nomeação, na madrugada de 15 de janeiro, de Ana Beatriz de Oliveira. “Gostaria de estar presente neste ConsUni na posição para a qual a comunidade universitária me escolheu, com apoio de mais de 67% das pessoas que votaram, um apoio que cresceu após a eleição, na nossa luta pelo respeito à vontade desta comunidade”, lamentou o Reitor eleito. “Pensamos muito sobre a melhor solução, e não foi uma decisão fácil, depois de tanta luta e tanto trabalho. Mas não tenho nenhuma dúvida de que esta foi a melhor decisão para a Universidade, e não posso deixar de registrar o ponto positivo de termos a equipe escolhida empossada para colocar em prática o projeto debatido e escolhido pela comunidade”, compartilhou Adilson de Oliveira, abordando um ponto muito valorizado ao longo da reunião pelos conselheiros. “Estarei sempre à disposição da UFSCar e da Reitora para o que ela achar necessário. Não estarei em nenhum cargo da Administração Superior com o objetivo de não atrapalhar a excelente gestão que ela fará como Reitora desta Universidade, mas contribuirei com tudo que puder”, afirmou.

Além de reiterar seu compromisso com os princípios, diretrizes e ações registrados no projeto escolhido pela comunidade, a Reitora Ana Beatriz destacou junto ao Conselho alguns eixos que deverão marcar sua gestão, como o ambiente de diálogo, escuta, acolhimento, cuidado e negociação com todas as pessoas e grupos que compõem a Universidade; o restabelecimento e fortalecimento dos processos democráticos, abalados nos últimos anos; o trabalho integrado entre todas as pró-reitorias e demais unidades administrativas; e o aprimoramento da gestão multicampi. O marco histórico de retomada dos processos democráticos na UFSCar também foi um ponto afirmado por vários conselheiros na reunião.

Ana Beatriz de Oliveira comunicou que manteve a equipe administrativa construída pelo Reitor eleito e pela Vice-Reitora e informou a nomeação, na Pró-Reitoria de Extensão, de Ducinei Garcia, em substituição à agora Reitora, antes indicada ao cargo, com Fábio Gonçalves Pinto na pró-reitoria adjunta. A equipe completa pode ser conferida aqui.

Por fim, um outro ponto recorrente no debate foi o momento atual de enfrentamento da pandemia de Covid-19. A Vice-Reitora da UFSCar, nas suas manifestações, destacou a necessidade da Instituição avançar nas medidas de enfrentamento, para ser cuidadora não só da própria comunidade universitária, mas também de um “país em luto”. “Nossa luta imediata será política, pela autonomia, e social, pela sobrevivência com qualidade de vida de todas as pessoas”, expressou. A Reitora informou a realização de mais uma reunião extraordinária do ConsUni, na próxima sexta-feira (29/1), justamente para apresentação e debate de um plano de enfrentamento da pandemia.

Leave a Comment

Filed under Conselhos