Assistência estudantil: Pró-Reitores e estudantes realizam reunião de seguimento das providências relacionadas a novas ações na área

Na última terça-feira (26/4), representantes da Administração Superior da UFSCar realizaram reunião com representantes de estudantes que são bolsistas do Programa de Assistência Estudantil, com o objetivo de garantir o acompanhamento das providências em andamento relacionadas aos acordos firmados durante a ocupação da Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (ProACE) e da Reitoria. Participaram, pela Administração, a Pró-Reitora de Assuntos Comunitários e Estudantis em exercício, Maria Aparecida Mello, a Pró-Reitora de Graduação, Claudia Reyes, e o Pró-Reitor de Gestão de Pessoas Mauro Rocha Côrtes.

Na reunião, foi acordado um cronograma de encontros permanentes, a cada 10 dias, para que seja dada continuidade ao diálogo e ao processo de construção de soluções conjuntas iniciados durante as negociações. Também foi destacado o papel da representação dos estudantes na construção de estratégias que permitam a participação efetiva do conjunto de bolsistas nas discussões sobre demandas, necessidades e soluções a serem adotadas, para que possam ser firmados compromissos que contemplem todos esses aspectos e possam ser mantidos ao longo do tempo.

O principal ponto de pauta foi a implantação do auxílio alimentação emergencial. O grupo de representantes da Administração detalhou as diferentes etapas envolvidas, estimativas de prazos e responsabilidades. Neste momento, está sendo feita a coleta, por meio de formulário eletrônico, dos dados bancários de estudantes que já são bolsistas alimentação. Essa etapa vai até amanhã (29/4), e é essencial que o prazo seja cumprido, de modo que outras etapas não sofram atrasos. Para que o processo não seja interrompido frente a eventualidades que impeçam algumas pessoas de realizar o cadastro, quem não fizer o preenchimento até sexta receberá a bolsa posteriormente, retroativa ao primeiro mês de pagamento, que é o próximo mês de maio. Estudantes que estejam com dificuldades para abrir conta bancária – por exemplo, por serem menores de idade – devem procurar a Seção de Moradias da ProACE para orientações.

Paralelamente à coleta dos dados, é necessária a verificação das informações apresentadas. A ProACE já está realizando a verificação em relação ao vínculo de quem preencheu o formulário ao Programa de Assistência Estudantil – ou seja, em relação a serem ou não bolsistas alimentação – e, também, em relação a casos de preenchimento duplicado do formulário. A Secretaria Geral de Informática (Sin) está colaborando nessa etapa para compatibilização entre os dados informados e aqueles cadastrados no Sistema Integrado de Gestão Acadêmica (SIGA), com o objetivo de obter a maior precisão possível, já que, como informado na reunião, um dos principais problemas enfrentados no momento de pagamento de bolsas é a informação de dados incorretos por algumas pessoas, o que atrasa esse pagamento. Essa etapa de verificação está prevista para acontecer até o dia 3 de maio.

Depois, a Pró-Reitoria de Administração (ProAd) ficará responsável pelo cadastramento dos dados no Siafi (Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal), condição para a realização dos pagamentos. A previsão é que isto seja realizado de 4 a 6 de maio e que, até o dia 13, o Governo Federal tenha processado a liberação de recursos financeiros para o pagamento, que, considerando prazos bancários, deve acontecer até, no máximo, o dia 17 de maio. As bolsas já existentes – como, por exemplo, a Bolsa Moradia em Espécie – serão pagas normalmente no início do mês e, em junho, também o auxílio emergencial já estará na rotina de pagamentos, ou seja, será creditado no início do mês.

“Trabalhamos com prazos máximos, para não gerar falsas expectativas, mas há a possibilidade de que o pagamento seja feito antes, caso, por exemplo, consigamos todos os dados antes de sexta-feira. Assim, é fundamental o auxílio de estudantes para que as informações sobre os procedimentos sejam disseminadas”, destaca Mello. “Consideramos fundamental a compreensão do funcionamento da Administração, de nossas possibilidades e dificuldades, como também a compreensão e a valorização dos esforços empreendidos pelo grupo de profissionais que trabalha na implementação das decisões tomadas. Entendemos que isto faz parte da formação para a participação nesses processos de debate e tomada de decisões. Vemos como um dos nossos principais desafios encontrar, a partir do diálogo iniciado durante a ocupação, as maneiras de garantir a continuidade desse diálogo e, também, superarmos tensões e conflitos que eventualmente tenham existido anteriormente, ou que tenham surgido durante o movimento. Isto é fundamental para o sucesso das ações já acordadas e, muito mais do que isso, das políticas de apoio à permanência como um todo”, complementa Côrtes.

Comentários desativados em Assistência estudantil: Pró-Reitores e estudantes realizam reunião de seguimento das providências relacionadas a novas ações na área

Filed under Assuntos Comunitários e Estudantis, Gestão

Comments are closed.