UFSCar abre inscrições para Dupla Diplomação com a França

Inscrições vão até 11/09. Podem se candidatar estudantes das Engenharias Elétrica, da Computação e Mecânica.

Estudantes dos cursos de Engenharia Elétrica, da Computação e Mecânica podem se candidatar para o Programa de Intercâmbio de Duplo Diploma da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) junto a Instituições ligadas ao Institut Polytechnique de Paris (IP Paris) – a TÉLÉCOM Paris e a ENSTA Paris. As inscrições estão abertas até 11 de setembro de 2020.

Participantes desta modalidade de intercâmbio finalizam sua graduação diplomados pelas  Universidades dos dois países. Para concorrer, o estudante deve ter integralizado no máximo 70% da carga horária do curso, apresentar bom desempenho acadêmico e possuir domínio da Língua Inglesa ou Francesa no momento da prova escrita. Caso aprovado, ao final da seleção o estudante deverá comprovar proficiência na Língua Francesa. Todos os requisitos estão disponíveis no Edital. Todos os requisitos estão disponíveis no Edital.

Marília Rosato, estudante de Engenharia de Materiais da UFSCar, acabou de retornar da França. Seus dois últimos anos de estudo foram na École Polytechnique de L’Université Grenoble-Alpes. “Posso dizer, com tranquilidade, que as expectativas eram grandes, mas eu definitivamente não podia imaginar a que ponto essa experiência seria engrandecedora, mudando meus planos e o curso que quero dar à minha carreira. Ao final de dois anos me vi muito envolvida, integrada à cultura francesa e espero poder retornar em breve para outra experiência”, conta a futura engenheira.

Juntamente com o diploma francês, o nível alcançado no Duplo Diploma corresponde ao grau de Mestre, na Europa, o que permite o ingresso em um Doutorado. Também é possível realizar estágios durante o período na França. “Realizei dois estágios: Um por 3 meses, ao final do meu primeiro ano de intercâmbio; o outro foi de ‘fim de estudos’, com duração de 6 meses. Este segundo também foi validado como estágio obrigatório do meu curso na UFSCar”, explica Marília Rosato.

Duplo Diploma na UFSCar – “Em 2019, foram assinados termos aditivos ao convênio de cooperação acadêmica entre a UFSCar e a ParisTech para estabelecimento de intercâmbio em duplo diploma com a TELECOM Paris e a ENSTA Paris no interesse dos cursos de graduação das Engenharias Mecânica, Elétrica e da Computação. Atualmente essas duas instituições fazem parte do Institut Polytechnique de Paris“, explica Maria Estela Pisani Canevarolo, Secretária-Geral de Relações Internacionais (SRInter) da UFSCar.

O início da Dupla Diplomação, na UFSCar, ocorreu no ano de 2011. O atual Vice-Reitor da UFSCar, Walter Libardi, é Professor do Departamento de Engenharia de Materiais (DEMa) e foi o primeiro coordenador do Programa para Dupla Diplomação UFSCar – Grénoble (França). “É gratificante ver que este projeto foi mantido, ampliado e que cada vez mais estudantes podem abraçar a oportunidade do Duplo Diploma. Na Reitoria, trabalhamos junto a diversas pessoas para fortalecer e ampliar esta possibilidade para mais cursos”, conta Walter Libardi.

Esta ação de internacionalização também se reflete nas publicações científicas. “Ampliamos a quantidade de publicações em periódicos em parceria com pesquisadores da França e de outros países. Isto resulta de um esforço coletivo: são estudantes, famílias e servidores da Universidade empenhados em transformar a nossa realidade social por meio do conhecimento”, finaliza a Reitora da UFSCar, Wanda Hoffmann.

Grenoble, França (Foto: Arquivo pessoal)

Arquivado em Gestão, Graduação, Idiomas, Internacionalização, Oportunidades

Lista Tríplice para reitor e vice-reitor da UFSCar é encaminhada ao MEC

Elaborada pelo Colégio Eleitoral, lista foi encaminhada ao MEC dentro do prazo previsto na legislação.

No dia 3 de setembro de 2020 foi encaminhada ao Ministro da Educação, Prof. Dr. Milton Ribeiro, a Lista Tríplice para os cargos de Reitor e Vice-Reitor da UFSCar. Em primeiro lugar na Lista Tríplice para o cargo de Reitor foi indicado o nome do Prof. Dr. Adilson Jesus Aparecido de Oliveira, do Departamento de Física da UFSCar. Em segundo e terceiros lugares foram indicados, respectivamente, a Profa. Dra. Ana Beatriz de Oliveira, do Departamento de Fisioterapia, e o Prof. Dr. Rodrigo Constante Martins, do Departamento de Sociologia.

Também foi encaminhada ao Ministério da Educação – MEC a Lista Tríplice para o cargo de Vice-Reitor da UFSCar tendo, em primeiro lugar da lista, o nome da Profa. Dra. Maria de Jesus Dutra dos Reis (Departamento de Psicologia) e, em segundo e terceiro lugares, respectivamente, o Prof. Dr. Ernesto Chaves Pereira de Souza (Departamento de Química) e a Profa. Dra. Jeanne Liliane Marlene Michel (Departamento de Enfermagem).

As Listas Tríplices foram elaboradas pelo Colégio Eleitoral, composto por todos os membros do Conselho Universitário – ConsUni, em reunião realizada no dia 28 de agosto de 2020. “Os procedimentos adotados para a elaboração e encaminhamento da Lista Tríplice foram idênticos aos adotados em anos anteriores, ratificando a história democrática da Universidade”, afirmou a Reitora Wanda Hoffmann, que assinou o ofício encaminhado ao MEC.

O mandato da atual Reitora da UFSCar, Profa. Dra. Wanda Hoffmann, vai até o dia 07 de novembro de 2020. A lista tríplice foi encaminhada, portanto, dentro do prazo previsto na legislação, que requer o encaminhamento da lista tríplice no mínimo sessenta dias antes do final do mandato do(a) atual Reitor(a).

Confira a íntegra do ofício encaminhado ao MEC aqui.

Arquivado em Acesso à informação, Efemérides, Gestão

UFSCar inicia projeto Compartilhando menos Lixo

Desenvolvido pela SGAS, ação quer conscientizar a comunidade para o consumo consciente e a geração de menos resíduos.

A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), por meio da Secretaria de Gestão Ambiental e Sustentabilidade (SGAS), lançou nesta segunda-feira (31), o projeto de extensão “Compartilhando Menos Lixo!” (ProEx 23112.013065/2020-13), com a apresentação do site.  O objetivo do projeto é ampliar as ações de consumo consciente para além da Universidade.

“O foco das ações será a conscientização sobre a importância da redução de materiais de uso único na comunidade de São Carlos. Queremos estimular mudança de hábitos e adaptação das práticas de consumo”, contou Raquel Boschi, Engenheira Agrônoma, da Secretaria de Gestão Ambiental e Sustentabilidade (SGAS) da UFSCar.

Um desses materiais de uso único é o plástico descartável. Segundo o Greenpeace, todos os anos, mais de 8 milhões de toneladas de lixo vão parar nas águas do planeta, e entre 60% a 90% dos resíduos são diferentes tipos de plástico. Ainda segundo a ONG, estudos indicam que, se o ritmo de consumo não diminuir e o descarte dos resíduos não for feito de forma adequada, em 30 anos teremos mais plástico do que peixes nos oceanos.

A proposta do “Compartilhando Menos Lixo!” é atingir consumidores e comerciantes, apresentando e discutindo possíveis alternativas para a geração de menos resíduos. O projeto também quer sensibilizar o poder público local para a criação de propostas e de novas regulamentações para tratar de questões da poluição e impactos ambientais, decorrentes da geração de resíduos sólidos.

Na Universidade, a Secretaria de Gestão Ambiental e Sustentabilidade (SGAS) realiza diferentes iniciativas para a redução de materiais de uso único, como os descartáveis. Há 16 anos, o projeto CANECAS estimula a adoção de canecas reutilizáveis para reduzir o uso de copos descartáveis nos Campi.

Em 2019, no campus de São Carlos, a SGAS desenvolveu o projeto “Desplastifica UFSCar” para motivar a comunidade universitária a redução do consumo de plástico. Em 1 semana de ação, foram coletados 1.143 itens, 581 só de copos descartáveis. Depois de identificar os locais com maior uso de copos descartáveis, a Secretaria entregou canecas reutilizáveis para os servidores. A segunda etapa do projeto, com a ampliação da distribuição de canecas, aconteceria no primeiro semestre de 2020, mas não foi possível devido a suspensão das atividades presenciais na Universidade.

Devido a pandemia da COVID-19, nesse momento, o desenvolvimento do projeto será feito de forma remota, com o uso das redes sociais da SGAS (InstagramFacebook e YouTube) para criação e divulgação de materiais didáticos, ações da comunidade e cursos.

Como participar – Na primeira fase do “Compartilhando Menos Lixo!”, a comunidade deve acessar o site do projeto e contar sua experiência com resíduos de uso único, participar das discussões sobre formas alternativas de embalagens, ser um agente disseminador de conhecimento, propor alternativas para a redução de resíduos, aplicar as alternativas na sua própria rotina e/ou apresentar as dificuldades de mudanças de hábitos.

A partir da participação da comunidade, a SGAS vai produzir e divulgar materiais educativos sobre consumo consciente e diminuição da geração de resíduos. Ao longo do segundo semestre serão realizados encontros virtuais e cursos relacionados ao tema. Outras informações podem ser obtidas pelo e-mail sgasproex@gmail.com, telefone (16) 3351-8278 e redes sociais da SGAS.

Imagem de Alexas_Fotos por Pixabay

Foto: Pixabay

Arquivado em Campanhas, COVID-19, Espaço físico, Eventos, Extensão, Gestão, Gestão ambiental

Laboratório a céu aberto em Lagoa do Sino

Projeto Fazenda Produtiva apoia a formação de futuros profissionais e gera recursos para o Campus


O Projeto “Fazenda Produtiva – Lagoa do Sino”, da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), desenvolvido no campus de Lagoa do Sino, é um exemplo de sucesso de integração entre ensino, pesquisa e extensão. O Projeto envolve toda a comunidade acadêmica e é um laboratório a céu aberto.

Com 643 hectares, a Fazenda mantém sua produtividade no plantio, colheita e comercialização de grãos (milho, soja e outros) e hortaliças. É cenário de prática das atividades de ensino, pesquisa e extensão do Centro de Ciência da Natureza (CCN). “Organizamos o sistema de ensino, pesquisa, extensão e produção agrícola do campus Lagoa do Sino para viabilizar as atividades. A integração com a comunidade da região também foi importante. Os resultados são muito positivos, destaque para o superávit de meio milhão de reais que está sendo revertido em melhorias no próprio campus”, contou a reitora da UFSCar, Wanda Hoffman.

O Projeto contribui para o enriquecimento das atividades acadêmicas e científicas e, simultaneamente, constrói um modelo de gestão sustentável para ser aplicado diretamente no campus de Lagoa do Sino. “O Projeto Fazenda Produtiva Lagoa do Sino é um projeto de extensão (ProEx 3813/2018-27 – Fazenda Produtiva de Lagoa do Sino – FP-LS) que, de forma direta e indireta, tem contribuído muito para o desenvolvimento de atividades acadêmicas e de pesquisas, além de gerar recursos que estão sendo investidos no próprio campus”, explica Aparecido Júnior Menezes, Pró-Reitor Adjunto de Administração MultiCampi.

Além de estudantes bolsistas, o projeto conta com estudantes voluntários que desempenham várias funções na Fazenda. Eles auxiliam na gestão ao mesmo tempo em que aperfeiçoam a prática profissional. São estudantes dos cursos de Administração, Ciências Biológicas, Engenharia Agronômica, Engenharia Ambiental e Engenharia de Alimentos. “Minha experiência foi extremamente enriquecedora no âmbito pessoal e profissional, pois tive contato com profissionais capacitados que agregaram no meu conhecimento”, contou Marcela Borges Munhoz, do 5º ano de Engenharia Agronômica.

“Participar do Projeto da Fazenda foi muito prazeroso, agregou muitos conhecimentos. Nós aprendemos com a rotina do dia a dia, visitando a Fazenda e checando o andamento de tudo. Foi uma oportunidade muito grande de exercer ali, a nossa profissão de administrador”, afirmou o estudante do curso de Administração, Marcelo Ferreira Soares Coelho.

O Projeto também agregou conhecimento para Giovana Teixeira da Penha, estudante do 3º ano de Engenharia Agronômica. “Estagiar na Fazenda me permitiu aprender de forma prática e dinâmica os conteúdos abordados em sala de aula, agregando conhecimento tanto na minha vida profissional, como na minha vida pessoal”, contou.

Para Pâmella Antunes Meirelles de Freitas, do 4º ano do curso de Administração, o estágio apontou o caminho profissional. “Ao entrar na Fazenda, eu pude ver o que era o agronegócio. Vi a administração de uma nova forma e descobri qual é a área que eu quero trabalhar”.

Gestão da Fazenda Produtiva Lagoa do Sino – A gestão do projeto Lagoa do Sino é norteada por conceitos mais amplos de sustentabilidade – financeira, econômica e social. Do ponto de vista de sustentabilidade financeira, os responsáveis pelo Projeto buscam sempre o superávit, mapeando as despesas fixas, as despesas operacionais e quaisquer outras despesas (como seguro safra) que sejam identificáveis no processo produtivo.

Na parte ambiental, estão em andamento ações que promovam a diminuição do passivo ambiental e aumentem o monitoramento e a restauração ambiental, bem como a biodiversidade. O social busca identificar meios de transferir para a sociedade conhecimentos que promovam o bem estar econômico e social da comunidade regional e também da sociedade como um todo, reforçando o caráter extensionista da Universidade Federal de São Carlos.

Veja reportagem em vídeo.

foto: professor Paulo Guilherme Molin

Foto: Prof. Dr. Paulo Guilherme Molin

 

Arquivado em Espaço físico, Extensão, Gestão, Gestão ambiental

UFSCar lança novo edital para apoio à permanência estudantil

Inscrições têm início hoje (27) e seguem até o dia 31 de agosto. Não é necessário que o estudante esteja na cidade do campus para se candidatar e receber o auxílio.

Estudantes de graduação que não sejam atendidos pelo Programa de Assistência Estudantil (PAE) poderão se inscrever para o Edital n° 06/2020 da Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (ProACE) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). O objetivo é apoiar 520 estudantes em vulnerabilidade.

“Para se candidatar e receber o auxílio, o estudante deve se enquadrar nos critérios do Plano Nacional de Assistência Estudantil (PNAES) – que incluem ter renda per capita de até 1,5 salários mínimos. Não é necessário que o estudante esteja na cidade do campus (endereço acadêmico)”, ressalta o Prof. Dr. Leonardo Andrade, Pró-Reitor da ProACE. Além disso, podem participar do Edital calouros, veteranos e estudantes oriundos da transferência externa.

Para ser elegível o estudante não deve receber, no momento, nenhuma outra bolsa de assistência estudantil (PAE). O auxílio será no valor de R$ 139,64 a ser pago diretamente em conta corrente do beneficiário. Será realizada avaliação socioeconômica dos inscritos. Estes poderão, ou não, ter o recebimento do auxílio aprovado, de acordo com o previsto no Edital.

Documentação necessária para a candidatura:

• Preenchimento do formulário de avaliação socioeconômica – acesse aqui;
• Documentação de identificação do grupo familiar: Carteira de Identidade (RG) ou Carteira Nacional de Habilitação de todas as pessoas declaradas no grupo familiar, inclusive do candidato;
• Comprovação de emprego e de renda de todas as pessoas adultas declaradas.

Após o período de inscrições, a ProACE realizará a avaliação socioeconômica dos estudantes inscritos. O resultado classificatório (1º turno) será divulgado em 10/09. Haverá prazo para recursos e a classificação final será divulgada em 24/09.

De 21 a 25/09 haverá novo período para inscrição dos estudantes (2° turno) para recebimento do auxílio. O cronograma completo está disponível na página 8 do Edital.

Informações:
:: Edital completo – clique aqui

:: Para obter mais informações e sanar dúvidas, o contato deve ser feito pelo e-mail suportepermanencia@associal.com.br.

Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (Foto: Daniela Zigante/ Reitoria UFSCar)

Arquivado em COVID-19, Educação a distância, Equidade, Gestão, Graduação, Oportunidades, Permanência, Processos seletivos