[Nota da Reitoria] O que fazer para se proteger e evitar a proliferação do COVID-19

A Reitoria da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) orienta a comunidade acadêmica a tomar cuidados efetivos para se proteger e evitar a proliferação do vírus da COVID-19.

Considerando que a transmissão do vírus que causa a doença COVID-19 se dá, principalmente, por meio de gotículas de saliva que podem alcançar o rosto das pessoas ou a partir da respiração e da fala de quem está perto ou então a partir das mãos do próprio indivíduo e uso de objetos após contato desses com gotículas de saliva depositadas em algum tipo de superfície, para minimizar a possibilidade de transmitir ou contrair o vírus da COVID-19 deve-se:

1) Evitar proximidade menor que 2m (dois metros) de outras pessoas ao conversar com elas, assim como contatos físicos desnecessários, especialmente se o interlocutor estiver com febre e/ou algum sintoma respiratório.

2) Ao conversar com alguém com febre associada a algum outro sintoma respiratório, é prudente que ambos os interlocutores usem máscara facial.

3) Ao tossir ou espirrar, afastar-se das outras pessoas e, ainda assim, proteger a saída da boca e do nariz com um lenço descartável. Descartar o lenço em lixo adequado e lavar as mãos imediatamente.

4) Evitar ao máximo sair de casa, mesmo estando sadio. Não frequentar e não permanecer em ambientes fechados, com aglomeração de pessoas e sem ventilação. Caso sentir frio, agasalhar-se e, ainda assim, manter os ambientes abertos, ventilados e sem aglomerações.

5) Lavar frequentemente as mãos com água e sabão. Na impossibilidade, usar álcool em gel 70. Nunca levar as mãos ao rosto, olhos, boca ou nariz sem antes lavá-las.

6) Limpar com frequência as superfícies e objetos com detergente ou outros desinfetantes adequados, especialmente as superfícies que são tocadas por várias pessoas.

7) Sempre lavar as mãos após manipular dinheiro, documentos ou artigos que são tocados por várias pessoas.

8) Sempre lavar as mãos antes e após a higiene do rosto, olhos, boca ou nariz.

9) Não compartilhar artigos de uso pessoal, bem como copos, talheres e similares, sem lavagem prévia.

10) Não compartilhar capacetes de motocicleta.

11) Evitar ao máximo o uso de transporte coletivo e, em caso de necessidade, evitar aqueles que estiverem muito cheios. Trafegar com as janelas do veículo abertas, exceto em casos de risco maior.

12) Não assoar o nariz em ambientes públicos ou próximo a outras pessoas, preferindo fazer isso em banheiros e em condições privativas, lavando as mãos e o rosto imediatamente após.

13) Todas as vezes em que for lavar as mãos, usar água corrente e sabão.

14) Especialmente em banheiros públicos, abrir e fechar as torneiras com o cotovelo.

15) Em caso de febre associada a qualquer outro sintoma respiratório, procurar imediatamente orientação de profissional de saúde, isolar-se em quarentena no domicílio e não compartilhar toalhas, copos, talheres e outros artigos de uso pessoal. Usar máscara facial descartável cobrindo a boca e o nariz sistematicamente e trocá-la várias vezes ao dia, descartando a já utilizada em lixo adequado. Não permanecer ou dormir no mesmo quarto que outra pessoa e adotar também todas as medidas sugeridas de 1 a 14 acima. Em caso de dificuldade respiratória, dirija-se de imediato a um hospital.

Fontes: Ministério da Saúde, Conselho Federal de Medicina, Associação Médica Brasileira, World Health Organization

Mais informações:
https://coronavirus.saude.gov.br/
https://amb.org.br/coronavirus/
https://portal.cfm.org.br/images/PDF/2019_nota_coronavirus.pdf
https://www.who.int/emergencies/diseases/novel-coronavirus-2019/advice-for-public

Deixe um comentário

Arquivado em Campanhas, COVID-19, Saúde