UFSCar prestigia posse do novo presidente da FAPESP

A Reitora Wanda Hoffmann cumprimentou o presidente da FAPESP, Marco Antonio Zago. Fotos: Assessoria de Comunicação FAPESP

O novo Presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), Marco Antonio Zago, foi empossado na sexta-feira, dia 5 de outubro, na sede da entidade, em São Paulo, e a Reitora Wanda Hoffmann foi uma das autoridades da área de educação convidadas para a cerimônia. Zago compôs uma lista tríplice definida em 3 de setembro de 2018, em reunião do Conselho Superior da FAPESP, e entregue ao Governador do Estado para a escolha do novo Presidente da Fundação.
Marco Antonio Zago graduou-se pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, onde obteve os títulos de mestre e de doutor, tendo realizado pós-doutorado na Universidade de Oxford. Foi Reitor e Pró-Reitor de Pesquisa da USP, Presidente do CNPq, Coordenador do Centro de Terapia Celular de Ribeirão Preto (Cepid-FAPESP), Diretor Clínico do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto e membro da Comissão Nacional de Biossegurança.
A Fapesp é uma instituição pública de fomento à pesquisa acadêmica ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do governo do Estado de São Paulo. Com um orçamento anual correspondente a 1% do total da receita tributária do Estado, é considerada uma das maiores apoiadoras da pesquisa e financia a investigação, o intercâmbio e a divulgação da ciência e da tecnologia produzida em São Paulo.
A Reitora Wanda Hoffmann contou como foi o discurso do Presidente da FAPESP: “A posse de um novo Presidente é um momento de significado importante para a comunidade acadêmica. Em seu discurso, o Professor Zago fortaleceu o compromisso de avançar, de ampliar esforços e recursos para que a pesquisa e o desenvolvimento de São Paulo cresçam e que possam ajudar o Estado e o Brasil. Ele também falou de fortalecimento de parcerias com o setor privado do Estado como também com as mais de 150 entidades de pesquisa de São Paulo”.

Texto: Stela Martins (AECR/UFSCar)

Deixe um comentário

Arquivado em Eventos, Pesquisa