Seminário de Ensino de Graduação, que inicia hoje sua 11ª edição, traz novas possibilidades de práticas pedagógicas na graduação e a integração dos docentes

Folder da 11ª edição do SeGrad

Pandemia foi o tema escolhido pelas mudanças que trouxe no ambiente do trabalho e que refletem na vida como um todo (Divulgação)

Lançar novos olhares ao desenvolvimento profissional dos docentes com realidades diversas. Essa é a proposta do Seminário de Ensino de Graduação (SEGrad) que nesta segunda e terça-feira chega a sua 11ª edição com o tema “Pandemia, docência e condições de trabalho do Ensino Superior”.

Em atividade desde 2007, o SEGrad é um evento fundamental para acolher e entender as demandas dos docentes e proporciona momentos de discussão e reflexão junto a eles, conforme explica o Pró-Reitor de Graduação da UFSCar, Daniel Leiva. “Diante da diversidade do corpo docente, o SEGrad intensifica a integração entre eles e permite refletir sobre novas possibilidades de práticas pedagógicas no ensino de graduação”, destaca.

A técnica em assuntos educacionais na Divisão de Desenvolvimento Pedagógico (DiDPed) da Pró-Reitoria de Graduação (ProGrad), Ester Almeida Helmer, conta que a pandemia foi o tema escolhido pelas mudanças que trouxe no ambiente do trabalho e que refletem na vida como um todo.

“Nesses dois dias, vamos debater sobre as condições de trabalho levando em consideração a pandemia e os desafios que ela traz aos docentes. E esses desafios são vários, pois envolvem como ensinar no formato não presencial; o uso de novas tecnologias; a realização, ao mesmo tempo, das atividades de pesquisa, de extensão, de gestão, no ambiente familiar que também tem suas próprias demandas”, explica.

A 11ª edição do SEGrad tem um diferencial que é a sua construção de forma colaborativa, com a participação dos Centros dos quatro campi que construíram atividades buscando atender as suas próprias realidades.

Programação
O evento será realizado de forma online nesta segunda e terça-feira. A abertura será hoje às 9h30 com a mesa de debate “Pandemia, docência e condições de trabalho do Ensino Superior” que contará com a presença da Pró-Reitora de Gestão de Pessoas, Jeanne Liliane Marlene Michel; da Coordenadora do curso de Psicologia, Rachel de Faria Brino, e do Coordenador do curso de Administração,Fábio Grigoletto.
A programação inclui palestras, rodas de conversa, como por exemplo sobre o Ensino Não Presencial Emergencial (ENPE), e a oficina de edição, finalização e publicação de videoaulas. A programação completa e link de transmissão do evento estão disponíveis no site www.segrad.ufscar.br.

Deixe um comentário

Arquivado em Educação a distância, Eventos, Graduação, Sem categoria